Ano 2013 - Volume 33, Número 3


Título
Eficácia de bactéria inativada (bacterina), proteína da membrana externa e extrato de fimbrias no controle de infecção experimental por Salmonella Enteritidis (SE) em galinhas, 33(3):326-330
Autores

Resumo
RESUMO.- Menão M.C., Astolfi-Ferreira C.S., Knöbl T. & Ferreira A.J.P. 2013. Efficacy of bacterin-, outer membrane protein- and fimbriae extract-based vaccines for the control of Salmonella Enteritidis experimental infection in chickens. [Eficácia de bactéria inativada (bacterina), proteína da membrana externa e extrato de fimbrias no controle de infecção experimental por Salmonella Enteritidis (SE) em galinhas.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(3):326-330. Departamento de Patologia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, São Paulo, SP 05508 270, Brazil. E-mail: ajpferr@usp.br

A eficácia de três vacinas de Salmonella Enteritidis fagotipo 4, produzidas na forma de bacterina, proteínas de membrana externa (OMP) e extrato bruto de fímbrias (FE) foi avaliada para proteção de aves infectadas experimentalmente. As aves foram vacinadas por via intramuscular com duas doses de cada vacina as 12 e 15 semanas de idade e desafiadas com 109 UFCs de Salmonella Enteritidis fagotipo 4 às 18 semanas de idade, por via oral. A eficácia foi determinada através do reisolamento da bactéria nas fezes e no fígado e baço, e os anticorpos foram mensurados no soro. Os resultados demonstraram que a vacina produzida com a bacterina foi mais eficaz em comparação às outras vacinas examinadas, para reduzir a excreção fecal e a invasão de órgãos após o desafio por SE.
Download / Visualização