Ano 2013 - Volume 33, Número 9


Título
Resíduos de sanitizantes em vacas de leite após passagem por pedilúvio, 33(9):1076-1080
Autores

Resumo
RESUMO.- Goulart D.S., Orlando-Goulart C.F.P., Silva J.A., Freitas S.L.R., Caetano L.B.U., Fioravanti M.C.S. & Silva L.A.F. 2013. Sanitizer residues in the milk of cows which had passed through footbaths. [Resíduos de sanitizantes em vacas de leite após passagem por pedilúvio.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(9):1076-1080. Escola de Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Goiás, Cx. Postal 24267, Campus Universitário, Goiânia, GO 74690-970, Brazil. E-mail: dsgvet@hotmail.com

O sulfato de cobre e o hipoclorito de sódio são empregados na prevenção e tratamento das enfermidades digitais dos bovinos, mas os valores residuais desses elementos foram pouco estudados. Neste estudo, avaliou-se a presença de resíduos de cobre e cloretos totais no leite de vacas saudáveis após passagens dos animais em pedilúvio contendo soluções formuladas com estas substâncias e estimou-se os custos das soluções. Utilizou-se 14 vacas saudáveis distribuídas em dois grupos (GI e GII) de sete animais cada. Em GI, empregou-se solução de hipoclorito de sódio a 1% e, em GII, sulfato de cobre a 5%. As amostras de leite foram colhidas antes da passagem pelo pedilúvio (M0), após 24 (M1), 48 (M2) e 72 (M3) horas, além de 15 dias (M15) subsequentes à última passagem. Na análise estatística, a comparação entre momentos dentro de cada grupo foi realizada com teste de Friedman, seguido pelo teste de Dunn’s (p<0,05). Concluiu-se que os valores de cloretos totais e de cobre no leite de bovinos saudáveis, após passagens diárias dos animais em pedilúvio por um período de sete dias, apresentaram algumas variações consideradas insuficientes para provocarem danos à saúde humana e as soluções medicamentosas não apresentaram custos exorbitantes.
Download / Visualização