Ano 2013 - Volume 33, Número 11


Título
Mycoplasma agalactiae em sêmen e leite de caprinos do Estado de Pernambuco, 33(11):1309-1312
Autores

Resumo
RESUMO.- Alves B.H.L.S., Silva J.G., Mota A.R., Campos A.C., Pinheiro Júnior J.W., Santos S.B. & Mota R.A. 2013. Mycoplasma agalactiae in semen and milk of goat from Pernambuco State, Brazil. [Mycoplasma agalactiae em sêmen e leite de caprinos do Estado de Pernambuco.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(11):1309-1312. Laboratório de Bacterioses dos Animais Domésticos, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Av. Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: sanbsantos@gmail.com

Em caprinos e ovinos as micoplasmoses causam sérias perdas econômicas associadas com poliartrites, mastites, agalaxia, conjuntivite, pneumonias e falhas reprodutivas. Esta última pode envolver repetição de cio, vulvovaginite granular, infertilidade e abortos. O objetivo desse estudo foi verificar a ocorrência de Mycoplasma agalactiae (Ma) em sêmen e leite de caprinos naturalmente infectados procedentes de regiões semiáridas do Estado de Pernambuco, Nordeste do Brasil. Foram usadas 39 amostras de sêmen e 81 de leite, as quais foram submetidas à extração do DNA genômico usando um kit comercial, seguindo as instruções do fabricante. A reação da PCR foi realizada de acordo com protocolo previamente descrito na literatura. Os resultados revelaram a presença de DNA de Ma nas amostras de sêmen com uma frequência de 17,9% (7/39) e no leite a frequência encontrada foi de 3,7% (3/81). Os resultados obtidos no presente estudo confirmam a eliminação de DNA de Ma nas amostras de sêmen e leite analisadas. A presença deste agente nos rebanhos caprinos pode ser considerada um risco para doenças reprodutivas e surtos de agalaxia contagiosa na região Nordeste do Brasil.
Download / Visualização