Ano 2013 - Volume 33, Número 11


Título
Abortos por Neospora caninum em bovinos do sul de Minas Gerais, 33(11):1332-1338
Autores

Resumo
RESUMO.- Orlando D.R., Costa R.C., Soares B.A., Oliveira N.S.C., Nascimento L.C., Peconick A.P., Raymundo D.L. & Varaschin M.S. 2013. [Neospora caninum abortions in cattle in southern Minas Gerais, Brazil.] Abortos por Neospora caninum em bovinos do sul de Minas Gerais. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(11):1332-1338. Setor de Patologia Veterinária, Universidade Federal de Lavras, Cx. Postal 3037, Lavras, MG 37200-000, Brazil. E-mail: msvaraschin@dmv.ufla.br

Este estudo avaliou a participação de Neospora caninum em casos de abortos em bovinos provenientes de propriedades rurais da região sul de Minas Gerais por meio de análises histopatológicas, imuno-histoquímicas (IHQ) e pela reação em Cadeia de Polimerase (PCR). O material utilizado foi obtido de um estudo retrospectivo de casos de aborto recebidos pelo Setor de Patologia Veterinária da Universidade Federal de Lavras e de fetos necropsiados durante os anos de 2011 a 2013. De 60 fetos estudados, 30 (50%) tinham lesões microscópicas. Destes, 19 (63%) apresentaram lesões compatíveis com aborto por N. caninum, caracterizadas principalmente por encefalite não supurativa multifocal, necrose e gliose multifocal, assim como, miocardite e miosite não supurativa. Em 14 fetos chegou-se ao diagnóstico definitivo. Destes, cinco tiveram sua confirmação somente pela marcação IHQ e cinco foram positivos somente na PCR. Quatro fetos foram positivos tanto na IHQ quanto na PCR. Cinco fetos, provenientes do estudo retrospectivo apresentaram lesões compatíveis com N. caninum, mas a presença do protozoário não foi confirmada pela marcação IHQ. Os achados demonstram que o N. caninum é um importante agente associado ao aborto em bovinos na região sul de Minas Gerais. Para tanto, além das lesões microscópicas a associação entre a IHQ e a técnica de PCR foi essencial para a confirmação do diagnóstico.
Download / Visualização