Ano 2013 - Volume 33, Número 1001


Título
Cultivo de células da fração mononuclear da medulla óssea e da fração vascular stromal do tecido adipose de equinos em diferentes meios, 33(Supl.1):20-24
Autores

Resumo
RESUMO.- Ribeiro G., Massoco C.O. & Lacerda Neto J.C. 2013. Culture of equine bone marrow mononuclear fraction and adipose tissue–derived stromal vascular fraction cells in different media. [Cultivo de células da fração mononuclear da medulla óssea e da fração vascular stromal do tecido adipose de equinos em diferentes meios.] Pesquisa Veterinária Brasileira 33(Supl.1):20-24. Departamento de Patologia Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: gesiane@usp.br

O objetivo deste estudo foi avaliar o cultivo de células da fração mononuclear da medula óssea e da fração vascular estromal do tecido adiposo de equinos em dois diferentes meios. Cinco cavalos foram submetidos à aspiração da medula óssea do esterno e à coleta de tecido adiposo da região glútea, próxima à inserção da cauda. A fração mononuclear e a fração vascular estromal foram obtidas das amostras e cultivadas em meio DMEM suplementado com soro fetal bovino a 10% ou em meio AIM-V. As culturas foram observadas uma vez por semana com um microscópio de luz invertida, com o intuito de se realizar uma análise qualitativa das características morfológicas das células, bem como do aspecto geral do cultivo celular. As unidades formadoras de colônia (CFU) foram contadas nos dias 5, 15 e 25 do cultivo celular. Durante a primeira semana, foram observadas diferenças entre amostras obtidas de mesma origem mantidas em diferentes meios. O número de colônias foi significativamente maior nas amostras de medula óssea em relação às amostras de tecido adiposo.
Download / Visualização