Ano 2014 - Volume 34, Número 1


Título
Detecção sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos na Ilha de Marajó, Pará, 34(1):11-14
Autores

Resumo
RESUMO.- Silva J.B., Lopes C.T.A., Souza M.G.S., Gibson A.F.B., Vinhote W.M.S., Fonseca A.H., Araújo F.R. & Barbosa-Neto J.D. 2014. [Serological and molecular detection of Anaplasma marginale in water buffaloes on Marajó Island, State of Pará, Brazil.] Detecção sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos na Ilha de Marajó, Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(1):11-14. Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR-465 Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: jenevaldo@hotmail.com

O objetivo do estudo foi testar a prevalência sorológica e molecular de Anaplasma marginale em búfalos do municipio de Soure, Ilha de Marajó, estado do Pará, Brasil. Para a pesquisa sorologica foram selecionados randomicamente 800 animais e para a pesquisa molecular 50 destes animais foram aleatoriamente escolhidos. Para quantificar a prevalência sorológica utilizou-se o ensaio de imunoadsorção enzimático indireto (iELISA) com antígeno total contendo proteínas de superfície externa e para quantificar a prevalência molecular utilizou-se a reação em cadeia da polimerase (PCR), envolvendo a amplificação de fragmento gênico da proteína de superfície maior 5 (MSP5). A prevalência de animais positivos no ELISA para A. marginale foi de 25% (200/800). Na PCR foi detectada a presença de A. marginale em 2% (1/50) dos animais. Embora apenas um animal tenha sido positivo na PCR, observou-se que o mesmo foi negativo no ELISA. A presença do agente, mesmo em baixa prevalência, mostra que os bubalinos podem funcionar como um importante reservatório desse patógeno para os rebanhos bovinos da região norte do Brasil.
Download / Visualização