Ano 2014 - Volume 34, Número 6


Título
Hemogasometria venosa de equinos finalistas de provas de enduro de 90 km, 34(6):589-592
Autores

Resumo
RESUMO.- Dumont C.B.S., Bello C.A.O., Vianna A.R.C.B., Godoy R.F. & Lima E.M.M. 2014. Venous hemogasometry of equines finalists in 90 km endurance races. [Hemogasometria venosa de equinos finalistas de provas de enduro de 90 km.] Pesquisa Veterinária Brasileira 34(6):589-592. Departamento de Anatomia Veterinária, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Universidade de Brasília, ICC Ala Sul, Campus Darcy Ribeiro, Cx. Postal 4508, Brasília, DF 70760-701, Brazil. E-mail: limaemm@unb.br

Diante do exercício, os sistemas orgânicos podem sofrer desequilíbrios hidroeletrolíticos e ácido-base, especialmente em se tratando dos gases sanguíneos, demonstrando variações decorrentes de diferentes causas, sejam elas respiratórias e ou metabólicas. O entendimento das adaptações fisiológicas que ocorrem em resposta ao exercício é de fundamental importância na busca do ótimo desempenho. Desta forma buscou-se mensurar os gases sanguíneos venosos (pO2, pCO2), bem como, a saturação de oxigênio (SatO2) em equinos saudáveis, Puro Sangue Árabe finalistas de competições de enduro de 90 km. Foram avaliados 14 equinos Puro Sangue Árabe (PSA), nove machos e cinco fêmeas, com seis a 12 anos de idade, finalistas em provas de enduro de 90 km. Houve redução significativa da pO2, pCO2 e SatO2 após o exercício, entretanto os valores se mantiveram dentro da normalidade, não alterando o desempenho atlético dos animais, indicando alterações transitória e caracterizando um caráter de resposta fisiológica ao exercício realizado. Os equinos, finalistas em provas de 90 Km, demonstraram processo ventilatório eficiente, sem quaisquer alterações no desempenho atlético e portanto estando adaptados ao tipo de exercício imposto.
Download / Visualização