Ano 2014 - Volume 34, Número 7


Título
Avaliação hematológica e histopatológica de tartarugas verdes de vida livre (Chelonia mydas) com e sem fibropapilomas do litoral norte do Estado de São Paulo, 34(7):682-688
Autores

Resumo
RESUMO.- Zwarg T., Rossi S., Sanches T.C., Cesar M.O., Werneck M.R. & Matushima E.R. 2014. Hematological and histopathological evaluation of wildlife green turtles (Chelonia mydas) with and without fibropapilloma from the north coast of São Paulo State, Brazil. [Avaliação hematológica e histopatológica de tartarugas verdes de vida livre (Chelonia mydas) com e sem fibropapilomas do litoral norte do Estado de São Paulo.] Pesquisa Veterinária Brasileira 34(7):682-688. Departamento de Patologia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Avenida Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-900, Brazil. E-mail: ticianamzsd@yahoo.com.br

Realizou-se hemograma de 47 tartarugas verdes, Chelonia mydas, provenientes de uma população de vida livre do litoral do estado de São Paulo, Brasil. Dessas, 29 apresentavam fibropapilomas e 18 não apresentavam formação tumoral. Fez-se avaliação macroscópica e histopatológica dos tumores de 21 tartarugas verdes com fibropapilomatose. Foram coletados dados biométricos dos animais, avaliação de tamanho, localização e quantidade dos tumores. As formações papilomatosas apresentaram morfologia, localização, tamanho, coloração e textura variados. Observou-se um estroma hiperplásico, rico em vasos sanguíneos e grande quantidade de tecido conjuntivo, resultando em um espessamento da derme. As formações foram classificadas como papilomas e/ou fibropapilomas, dependendo da proliferação epitelial e/ou de estroma, respectivamente. Os parâmetros hematológicos apresentaram variação, em função do acometimento tumoral, somente para Hemoglobina Corpuscular Média (HCM), sendo observados valores menores em animais com fibropapilomas.
Download / Visualização