Ano 2014 - Volume 34, Número 10


Título
Produção lacrimal, pressão intraocular, microbiota, citologia e histologia conjuntival de coelhos Nova Zelândia, 34(10):1024-1028
Autores

Resumo
RESUMO.- Oriá A.P., Gomes Junior D.C., Arraes A.E., Estrela-Lima A., Pinna M.H., Meneses I.D.S. & Martins Filho E.F. 2014. Tear production, intraocular pressure and conjunctival microbiota, cytology and histology of New Zealand rabbits (Oryctolagus cuniculus). [Produção lacrimal, pressão intraocular, microbiota, citologia e histologia conjuntival de coelhos Nova Zelândia.] Pesquisa Veterinária Brasileira 34(10):1024-1028. Setor de Clínica Médica Veterinária, Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal da Bahia, Av. Adhemar de Barros 500, Ondina, Salvador, BA 40170-110, Brazil. E-mail: arianneoria@ufba.br

O objetivo deste estudo foi estabelecer valores de referência para testes diagnósticos oftálmicos em coelhos da raça Nova Zelândia (Oryctolagus cuniculus). 22 coelhos, machos, adultos foram utilizados. Foi mensurada a produção lacrimal através do teste lacrimal de Shirmer 1 (TLS1) e da Tira endodôntica de papel absorvente (EAPPTT) de duas marcas comerciais distintas. Tonometria de aplanação, identificação da microbiota conjuntival, , citologia e histologia conjuntival também foram realizadas. A média e desvio padrão do TLS1, EAPPTT1, EAPPTT2 e pressão intraocular foi 7,27±2,51 mm/min, 12,43±1,69 mm/min, 15,24±2,07 mm/min e 12,89±2,80 mmHg, respectivamente. Staphylococcus epidermidis, Staphylococcus sp. e Bacillus sp. mostraram-se predominantes. A citologia conjuntival evidenciou a presença de células epiteliais colunares, células escamosas superficiais queratinizadas, linfócitos, heterofilos, células sanguíneas, muco e bactérias. A histologia revelou epitélio estratificado caracterizado pela presença de células epiteliais colunares com grande número de células caliciformes. Os achados deste estudo poderão ser utilizados com fins terapêuticos ou experimentais.
Download / Visualização