Ano 2014 - Volume 34, Número 11


Título
Avaliação Triplex Doppler dos testículos de cães de tamanhos diferentes, 34(11):1135-1140
Autores

Resumo
RESUMO.- Souza M.B., Mota Filho A.C., Sousa C.V.S., Monteiro C.L.B., Carvalho G.G., Pinto J.N., Linhares J.C.S. & Silva L.D.M. 2014. Triplex Doppler evaluation of the testes in dogs of different sizes. [Avaliação Triplex Doppler dos testículos de cães de tamanhos diferentes.] Pesquisa Veterinária Brasileira 34(11):1135-1140. Laboratório de Reprodução de Carnívoros, Universidade Estadual do Ceará, Campus do Itaperi, Av. Doutor Silas Munguba 1700, Itaperi, Fortaleza, CE 60714-903, Brazil. E-mail: mirley.souza@gmail.com

Este trabalho teve como objetivo verificar se existem diferenças nos parâmetros dopplervelocimétricos entre cães de diferentes portes. Para tanto, foram utilizados 20 cães, sendo 10 cães de pequeno porte e 10 cães de grande porte. Foram avaliados pelo Triplex Doppler para localização da artéria testicular nos segmentos de cordão espermático, marginal ao testículo e intratesticular. Após isso, o Doppler espectral foi acionado para cálculo dos parâmetros de velocidade de pico sistólico (VPS), velocidade diastólica final (VDF) e índices de resistência (IR) e pulsatilidade (IP). O volume testicular médio do testículo esquerdo foi significativamente maior que o direito em ambos os grupos. Ao Doppler, foram observadas diferenças dos valores entre os portes, sendo as velocidades no cordão espermático superiores nos animais de grande porte (P < 0,05) e dentro dos grupos também foram observadas diferenças entre as regiões da artéria testicular. Diante do exposto, conclui-se que existem diferenças nos parâmetros dopplervelocimétricos quando comparados animais de diferentes portes, além disso, os parâmetros dopplervelocimétricos são diferentes dependendo da região em que são mensurados.
Download / Visualização