Ano 2015 - Volume 35, Número 1


Título
Olhos vermelhos na sala de necropsia: vinte casos de hifema em cães e gatos, 35(1):55-61
Autores

Resumo
RESUMO.- Martins T.B. & Barros C.S.L. 2015. Red eyes in the necropsy floor: twenty cases of hyphema in dogs and cats. [Olhos vermelhos na sala de necropsia: vinte casos de hifema em cães e gatos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):55-61. Programa de Pós-Graduação em Medicina Veterinária, Universidade Federal de Santa Maria, Camobi, Santa Maria, RS 97105-900, Brazil. E-mail: claudioslbarros@uol.com.br

Hifema, hemorragia na câmara anterior do olho, pode ser causada por vários mecanismos e pode facilmente ser detectada no exame oftálmico de rotina ou na necropsia como olho(s) vermelhos(s). O objetivo deste trabalho é relatar as causas de hifema diagnosticado como um achado postmortem em cães e gatos. Vinte casos, 14 cães e seis gatos de várias idades e raças, e de ambos os sexos foram incluídos no estudo. O hifema em cães e gatos teve uma apresentação unilateral (14 casos dos 20) ou bilateral (6/20), e a extensão da hemorragia variou de mínima a difusa. O hifema era secundário à doença sistêmica (15/20) ou ocorreu como lesão ocular primária em cinco dos 20 casos (quatro cães e um gato). O hifema primário foi sempre unilateral; em quatro desses casos, a causa foi traumatismo e o caso restante foi causado por uveíte facoclástica em um cão com catarata hipermadura bilateral. Várias causas de distúrbios hemorrágicos foram encontradas em relação ao hifema secundário: em ordem decrescente de frequência foram: vasculite (8/15), hipertensão sistêmica (5/15) e coagulopatias adquiridas (2/15). Os vários aspectos patológicos e a patogênese do hifema são descritos e discutidos.
Download / Visualização