Ano 2015 - Volume 35, Número 1


Título
Relação do grau de automutilação com as concentrações de metabólitos fecais de glicocorticoides em chimpanzés (Pan troglodytes, 35(1):62-66
Autores

Resumo
RESUMO.- Pizzutto C.S., Sgai M.G.F.G., Lopes D.A., Pessutti C., Nunes A., Furtado P.V., Oliveira C.A. & Guimarães M.A.B.V. 2015. Relation between the level of self-mutilation and the concentration of fecal metabolites of glucocorticoids in captive chimpanzees (Pan troglodytes). [Relação do grau de automutilação com as concentrações de metabólitos fecais de glicocorticoides em chimpanzés (Pan troglodytes).] Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):62-66. Shape Brasil, Rua Dr. Miranda de Azevedo 779, Apartamento 104, Pompéia, São Paulo, SP 05027-000, Brazil. E-mail: cspizzutto@yahoo.com.br

A influência do estresse de um ambiente nas variáveis endócrino-comportamentais de primatas vem sendo cada vez mais estudada por diversos autores, e mostram que comportamentos anormais associados a aumentos de glicocorticóides podem estar diretamente relacionados ao comprometimento do bem-estar. Neste trabalho foram utilizados 22 chimpanzés (Pan troglodytes) adultos, sendo 11 machos e 11 fêmeas mantidos em cativeiro de três instituições diferentes. Todos os animais tiveram seus comportamentos registrados pelo método de amostragem focal por intervalo de tempo, durante seis meses, totalizando 4800 registros para cada animal. Amostras fecais foram coletadas três vezes por semana, durante este período, para extração e dosagem de metabólitos fecais de glicocorticoides por radioimunoensaio. Os comportamentos estereotipados representaram 13,45+2,76% do total observado, sendo que dentre estes comportamentos a automutilação representou 38,28+3,98%. Os animais foram classificados em três graus diferentes, de acordo com o percentual da superfície corpórea com alopecia decorrente da automutilação. Foi encontrada uma correlação positiva de intensidade forte entre os graus de alopecia decorrentes de mutilação observados e as médias de concentrações de metabólitos fecais de glicocorticoides. Este resultado sugere fortemente que esta graduação de automutilação de um chimpanzé possa ser utilizada como uma ferramenta auxiliar importante nas avaliações das condições de adaptação do animal ao cativeiro, atuando como um indicador indireto da presença de estresse crônico.
Download / Visualização