Ano 2015 - Volume 35, Número 12


Título
Avaliação da cavidade orofaríngea da tartaruga da Amazônia Podocnemis expansa (Schweigger, 1812), 35(12):1002-1008
Autores

Resumo
RESUMO.- Silveira T.B., Agostinho E.S., Santos F.G.A., Oliveira A.C.P., Medeiros L.S., Carvalho Y.K. & Miglino M.A. 2015. [Evaluation of the oropharyngeal cavity of Giant South American turtle Podocnemis expansa (Schweigger, 1812).] Avaliação da cavidade orofaríngea da tartaruga da Amazônia Podocnemis expansa (Schweigger, 1812). Pesquisa Veterinária Brasileira 35(12):1002-1008. Centro de Ciências Biológicas e da Natureza, Medicina Veterinária, Universidade Federal do Acre, Campus Universitário, BR-364 Km 4, Distrito Industrial, Rio Branco, AC 69920-900, Brazil. E-mail: ykaracas@yahoo.com.br

Os quelônios são importantes como fonte alimentar e econômica para as comunidades da região amazônica. Sendo assim, a caça, a pesca e a procura por ovos destes animais tem ocorrido frequentemente. Podocnemis expansa (Tartaruga da Amazônia) é o maior quelônio de água doce da América do Sul. É uma espécie largamente distribuída, porém, nota-se que aspectos anatômicos da espécie são insuficientemente descritos. O objetivo desse estudo foi descrever a cavidade orofaríngea desses quelônios. Foram utilizadas 12 cabeças de P. expansa adultas, de ambos os sexos, com idade entre 3 a 8 anos, com peso corpóreo de 5 a 22kg (média de 7,5kg). P. expansa conta com a presença de rafontecas afiadas e bem desenvolvidas que, associadas à musculatura potente da mandíbula e à língua volumosa e bem distribuída no assoalho da orofaringe, atuam na apreensão e deglutição do alimento, garantindo uma maior adaptação em diversos ambientes.
Download / Visualização