Ano 2016 - Volume 36, Número 2


Título
Prevalência do SNP c.421G>T no gene ADAMTS2 responsável pela dermatosparaxia em ovinos White Dorper no Brasil, 36(2):73-76
Autores

Resumo
RESUMO.- Andrade D.G.A., Dalanezi F.M, Trecenti A.S., Cunha P.H.J., Borges A.S. & Oliveira-Filho J.P. 2016. Prevalence study of SNP c.421G>T in the ADAMTS2 gene responsible for dermatosparaxis in White Dorper sheep in Brazil. [Prevalência do SNP c.421G>T no gene ADAMTS2 responsável pela dermatosparaxia em ovinos White Dorper no Brasil.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(2):73-76. Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Junior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: zefilho@fmvz.unesp.br

A dermatosparaxia é uma doença autossômica recessiva do tecido conjuntivo, clinicamente caracaterizada pela fragilidade e hiperextensibilidade da pele. A dermatosparaxia em ovinos White Dorper é causada pelo polimorfismo de base única (SNP) c.421G>T no gene ADAM metalopeptidase com trombospondina tipo 1 motif, 2 (ADAMTS2). O objetivo deste estudo foi investigar a prevalência deste SNP em ovinos White Dorper no estado de São Paulo, Brasil. Foram coletadas amostras de sangue de 303 ovinos White Dorper. O DNA foi purificado destas amostras sanguíneas e utilizado em uma reação em cadeia da polimerase (PCR) para amplificação da região do gene contendo SNP c.421G>T. Os produtos das PCR foram sequenciados para determinar o genótipo dos animais. A prevalência do SNP na população estudada foi de 15,5%, estes achados indicam que medidas de controle efetivas devem ser utilizadas para prevenir a disseminação deste SNP no rebanho brasileiro de White Dorper.
Download / Visualização