Ano 2016 - Volume 36, Número 6


Título
Caracterização genotípica de Escherichia coli isolados de leite com mastite e da mosca dos estábulos Stomoxys calcitrans, 36(6):479-484
Autores

Resumo
RESUMO.- Castro B.G., Souza M.M.S., Regua-Mangia A.H. & Bittencourt A.J. 2016. Genetic relationship between Escherichia coli strains isolated from dairy mastitis and from the stable fly Stomoxys calcitrans. [Caracterização genotípica de Escherichia coli isolados de leite com mastite e da mosca dos estábulos Stomoxys calcitrans.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(6):479-484. Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário de Sinop, Av. Alexandre Ferronato 1200B, Setor Industrial, Sinop, MT 78557-270, Brazil. E-mail: castrobg@ufmt.br

A mosca dos estábulos Stomoxys calcitrans é descrita como um importante dispersor de agentes infecciosos aos bovinos. Dentre os agentes veiculados por esta mosca a bactéria Escherichia coli ganha relevância devido ao seu potencial em desenvolver alterações gastroentéricas, bem como mastite bovina ambiental. Desta forma, objetiva-se com este estudo isolar e acessar a diversidade genética e relação de clonalidade entre isolados de E. coli provenientes de casos de mastite e de moscas dos estábulos utilizando a técnica da Amplificação Randômica do DNA Polimórfico (RAPD). A tipagem molecular revelou elevado polimorfismo genético sugerindo que esses microrganismos têm origem não clonal. Perfis eletroforéticos idênticos entre si foram observados entre amostras isoladas de diferentes moscas, quartos mamários de uma mesma vaca, bem como de diferentes vacas dentro de uma mesma propriedade. Esses resultados revelam a circulação de uma mesma linhagem bacteriana e sugerem o papel da Stomoxys calcitrans na dispersão bacteriana. Considerando o elevado potencial patogênico dessa espécie bacteriana, nossos achados alertam para uma vigilância sanitária mais efetiva.
Download / Visualização