Ano 2016 - Volume 36, Número 1001


Título
Avaliação do eletrocardiograma utilizando os sistemas Einthoven e base-ápice em vacas e neonatos saudáveis da raça Holandesa, 36(Supl.1):1-7
Autores

Resumo
RESUMO.- Cedeno D.A.Q., Lourenço M.L.G., Daza C.A.B., Pagnani Filho P. & Chiacchio S.B. 2016. Electrocardiogram assessment using the Einthoven and base-apex lead systems in healthy Holstein cows and neonates. [Avaliação do eletrocardiograma utilizando os sistemas Einthoven e base-ápice em vacas e neonatos saudáveis da raça Holandesa.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(Supl.1):1-7 Departamento Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Distrito de Rubião Junior, Cx. Postal 560, Botucatu, SP. 18618-970, Brazil. E-mail: mege@fmvz.unesp.br

Tem como objetivo descrever o comportamento eletrocardiográfico de parâmetros em vacas da raça Holandesa grávidas e recém-nascidos durante o período perinatal. Os eletrocardiogramas foram realizados utilizando um eletrocardiógrafo computadorizado. Os animais selecionados para o estudo foram 23 vacas e 18 neonatos. Exames eletrocardiográficos maternos foram realizadas em 35, 28, 21, 14, 7 dias e um dia de pré-parto e nos neonatos foram avaliados em seis momentos; no momento do nascimento, 7, 14, 21, 28 e 35 dias após o parto. As avaliações foram realizadas em vacas pré e pós-parto e no grupo de neonatos entre fêmeas e machos. Para cada duração da gravação eletrocardiográfica analisou-se onda P e amplitude, intervalo PR e da duração do complexo QRS, R, S amplitude de onda e polaridade, QT e duração do intervalo RR. Mudanças na frequência cardíaca, segmento ST e polaridade da onda T foram registradas. A média do eixo eléctrico do complexo QRS foi calculada. Em vacas, há mudanças significativas na amplitude das ondas P, R, S, T, e a duração dos complexos QRS e intervalos PR e ST. A diferença entre as vacas leiteiras multíparas e primíparas estava na amplitude da onda T. Concluiu-se que o sistema base-ápice é adequado para monitorar o ritmo cardíaco em vacas da raça Holandesa e o Einthoven em neonatos. Nos neonatos durante o primeiro mês de vida, não houve diferenças nas ondas P, Q, S e T, em intervalos PR, QRS, e ST e na orientação do eixo. Houve diferença significativa na duração do intervalo QT. Entre os sexos, a diferença estava na amplitude Q. O presente estudo incorporou os bezerros e vacas da raça Holandesa em um único estudo, em busca de informações em relação a duração e morfologia dos parâmetros do ECG. Conclui-se portanto que, com o aumento da idade, ocorrem alterações nos componentes do ECG, associadas com as variações na distância entre o elétrodo de registo e o coração. O estudo contribui, fornecendo valores de referência de bovinos da raça Holandesa para avaliações clínicas.
Download / Visualização