Ano 2017 - Volume 37, Número 1


Título
Efeito imunomodulador da β- glucana usada como aditivo alimentar em jundiás (Rhamdia quelen), 37(1):73-78
Autores

Resumo
RESUMO.- Di Domenico J., Canova R., Soveral L.F., Nied C.O., Costa M.M., Frandoloso R. & Kreutz L.C. 2017. Immunomodulatory effects of dietary β-glucan in silver catfish (Rhamdia quelen). [Efeito imunomodulador da β- glucana usada como aditivo alimentar em jundiás (Rhamdia quelen).] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(1):73-78. Laboratório de Microbiologia e Imunologia Aplicada, Programa de Pós-Graduação em Bioexperimentação, Universidade de Passo Fundo, Campus I, Bairro São José, BR-282 Km 171, Passo Fundo, RS 99052-900, Brazil. E-mail:lckreutz@upf.br

O uso da β-glucana como suplemento alimentar foi avaliado em jundiás. A β-glucana foi adicionada à ração na proporção de 0.01%, e 0.1% e fornecida aos peixes por 21, para avaliar dados hematológicos e parâmetros do sistema imune natural, ou 42 dias, para avaliar ganho de peso e resistência ao desafio com Aeromonas hydrophila. A adição da β-glucana na dieta não afetou o ganho de peso e não induziu alterações hematológicas nem alterações nos níveis de aglutininas e mieloperoxidase sanguínea. No entanto, a atividade hemolítica natural do sistema do complemento foi significativamente maior nos peixes alimentados com β-glucana. Além disso, nos peixes alimentados com β-glucana e desafiados com A. hydrophila, o número de bactérias isoladas do sangue foi significativamente menor, e a sobrevivência ao desafio foi significativamente maior do que nos peixes que não receberam β-glucana. Consequentemente, concluímos que a β-glucana tem potencial imunomodulador quando adicionada à dieta, nas condições experimentais aqui indicadas, e contribui para aumentar imunidade natural e a resistência dos jundiás ao desafio com patógenos específicos.
Download / Visualização