Ano 2017 - Volume 37, Número 8


Título
Doenças infecciosas supurativas do sistema nervoso central de ruminantes domésticos, 37(8):820-828
Autores

Resumo
RESUMO.- Konradt G., Bassuino D.M., Prates K.S., Bianchi M.V., Snel G.G.M., Sonne L., Driemeier D. & Pavarini S.P. 2017. Suppurative infectious diseases of the central nervous system in domestic ruminants. [Doenças infecciosas supurativas do sistema nervoso central de ruminantes domésticos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(8):820-828. Setor de Patologia Veterinária, Departamento de Patologia Clínica Veterinária, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves 9090, Prédio 42505, Porto Alegre, RS 91540-000, Brazil. E-mail: saulo.pavarini@ufrgs.br

Neste trabalho são descritas as doenças neurológicas infecciosas supurativas de ruminantes domésticos na Região Sul do Brasil. Foram avaliados laudos de 3.274 bovinos, 596 ovinos e 391 caprinos, dos quais 219 bovinos, 21 ovinos e sete caprinos foram diagnosticados como doenças inflamatórias no sistema nervoso central. As doenças neurológicas infecciosas supurativas corresponderam a 54 casos (28 bovinos, 19 ovinos e sete caprinos). As enfermidades observadas foram meningoencefalite por Listeria monocytogenes (oito ovinos, cinco caprinos e quatro bovinos), leptomeningite e meningoencefalite supurativa (14 bovinos, dois caprinos e um ovino), abscessos cerebrais (seis bovinos e dois ovinos) e medulares (sete ovinos); e empiema basilar (quatro bovinos e um ovino). Através do isolamento bacteriano foram identificados: L. monocytogenes (9/54 casos), Echerichia coli (7/54 casos), Trueperella pyogenes (6/54 casos) e Proteus mirabilis (1/54 casos). Todos os casos diagnosticados como listeriose por histologia foram positivos na imuno-histoquímica para L. monocytogenes, e 12/17 casos de leptomeningite e meningoencefalite supurativa foram positivos na imuno-histoquímica para E. coli. A meningoencefalite por L. monocytogenes representou a principal enfermidade neurológica em ovinos e caprinos, seguido dos abscessos medulares em ovinos. A leptomeningite e meningoencefalite supurativa foi a doença neurológica supurativa mais frequente em bovinos e o principal agente causador da lesão foi E. coli. O empiema basilar, frequentemente, diagnosticado em bovinos, foi relacionado com lesões traumáticas, principalmente, de cavidade nasal e o principal agente causador foi T. pyogenes.
Download / Visualização