Ano 2017 - Volume 37, Número 9


Título
Transmissão transplacentária de Neospora caninum em pequenos ruminantes infectados naturalmente do Nordeste do Brasil, 37(9):921-925
Autores

Resumo
RESUMO.- Nunes A.C.B.T., Yamasaki E.M., Kim P.C.P., Melo R.P.M., Ribeiro-Andrade M., Porto W.J.N. & Mota R.A. 2017. Transplacental transmission of Neospora caninum in naturally infected small ruminants from northeastern Brazil. [Transmissão transplacentária de Neospora caninum em pequenos ruminantes infectados naturalmente do Nordeste do Brasil.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):921-925. Laboratório de Doenças Infecto-contagiosas dos Animais Domésticos, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Dois Irmãos, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: rinaldo.mota@hotmail.com

Toxoplasma gondii e Neospora caninum são reconhecidos como protozoário causadores de aborto em ovinos e caprinos. Desta forma, objetivou-se descrever a transmissão transplacentária desses agentes em pequenos ruminantes na região Nordeste do Brasil. Foram examinados seis fetos caprinos e onze fetos ovinos, totalizando 78 amostras de diferentes tecidos (cérebro, fígado, pulmão, rim e coração) provenientes de propriedades rurais com histórico de aborto. As amostras foram analisadas por Reação em Cadeia da Polimerase (PCR), Histopatologia (HP) e Imunohistoquímica (IHQ), com a finalidade de associar o abortamento a T. gondii e/ou N. caninum. Nenhuma amostra foi positiva na PCR e IHQ para T. gondii. Algumas amostras de cérebro, fígado, pulmão, rim e coração de fetos de caprinos e ovinos foram positivas na PCR para N. caninum. Na histopatologia foi observado leve infiltrado mononuclear no fígado e necrose com calcificação no SNC de um caprino, associada à imunomarcação positiva para N. caninum na IHQ e PCR positiva. Os resultados confirmam a transmissão vertical de N. caninum em caprinos naturalmente infectados na região nordeste do Brasil.
Download / Visualização