Ano 2017 - Volume 37, Número 10


Título
Distribuição espacial e abundância de carrapatos (Acari: Ixodidae) em remanescente de Mata Atlântica, Nordeste do Brasil, 37(10):1085-1090
Autores

Resumo
RESUMO.- Fonseca C.F., Lima D.C.V., Souza D.S., Silva S.G.N., Lima J.R.B., Oliveira J.B., Moura G.J.B. & Aléssio F.M. 2017. [Spatial distribution and abundance of ticks (Acari: Ixodidae) in Atlantic forest remaining, northeastern Brazil.] Distribuição espacial e abundância de carrapatos (Acari: Ixodidae) em remanescente de Mata Atlântica, Nordeste do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(10):1085-1090. Instituto de Ciências Biológicas, Universidade de Pernambuco, Rua Arnóbio Marques 310, Santo Amaro, Recife, PE 50100-130, Brazil. E-mail: filipe.alessio@gmail.com

A distribuição espacial e a abundância de carrapatos em estágio de vida livre foram examinadas em fragmentos de Mata Atlântica no Nordeste do Brasil. O estudo foi realizado em Unidades de Conservação de Proteção Integral Mata do Tapacurá e Mata do Camucim, localizadas no município de São Lourenço da Mata, Pernambuco. Os carrapatos foram capturados pelo método da bandeira de flanela em seis parcelas de 200m2, sendo três parcelas estabelecidas em uma borda de mata adjacente a uma matriz agropastoril e outras três parcelas estabelecidas na borda de mata adjacente ao lago de barragem. Foram capturados 2652 carrapatos do gênero Amblyomma, sendo duas ninfas identificadas como Amblyomma dissimile com distribuição espacialmente agregada, demonstrados pela relação variância/média e o índice de agregação de Lloyd. Houve variação significativa na abundância de carrapatos entre as parcelas (H=26,79, p<0,005) sendo encontrados mais carrapatos na borda da mata adjacente à matriz agropastoril. Quanto as variáveis ambientais, houve correlação positiva entre a cobertura de dossel e a densidade de carrapatos (rs=0,31, p<0,05). No presente estudo observou-se que em estágios de vida livre, notadamente larvas e ninfas, a distribuição espacial e a abundância de carrapatos são fortemente influenciadas por áreas mais fechadas das matas. A maior presença de carrapatos próximos à matriz agropastoril poderia facilitar a migração de carrapatos entre ambientes silvestres e ambientes antrópicos.
Download / Visualização