Ano 2017 - Volume 37, Número 11


Título
Análise de doenças do trato urinário inferior em cães, 37(11):1275-1280
Autores

Resumo
RESUMO.- Mendóza-López C.I., Del-Angel-Caraza J., Quijano-Hernández I.A. & Barbosa-Mireles M.A. 2017. Analysis of lower urinary tract disease of dogs. [Análise de doenças do trato urinário inferior em cães.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(11):1275-1280. Hospital Veterinario para Pequeñas Especies, Facultad de Medicina Veterinaria y Zootecnia, Universidad Autónoma del Estado de México, Jesús Carranza 203, Col. Universidad, CP 50130, Toluca, Mexico. E-mail: dlangel@uaemex.mx

Doenças do trato urinário inferior (DTUI) incluem várias condições clínicas que afetam a bexiga, próstata e uretra. O objetivo deste estudo foi determinar a frequência de diferentes doenças relacionadas, caracterizar a população afetada, e determinar os fatores de risco em cães. Os casos clínicos com DTUI foram diagnosticados através de exame físico, estudos laboratoriais e de imagem. Os cães machos apresentam uma maior predisposição para DTUI. Foram afectados cães com idades compreendidas entre os 3 meses a 18 anos, com uma mediana de oito anos, sendo as raças mais predispostas os Poodle, Labrador, Pastor Alemão, Schnauzer, Cocker Spaniel e Chihuahua. A etiologia DTUI apresentou as seguintes frequências: 34,02% foram originadas em infecção do trato urinário inferior; 22,68% em distúrbios miccionais; 20,61% em urolitíase; 14,43% em doença prostática; 8,24% em problemas traumáticos. Sessenta e sete por cento dos casos de DTUI estavam associados a doenças específicas, tais como infecções bacterianas do trato urinário não complicadas e complicadas, retenção urinária neurogénica e urolitíase por sílica.
Download / Visualização