Ano 2017 - Volume 37, Número 12


Título
Achados hematológicos e fatores associados a positividade pelo vírus da leucemia felina (felv) e vírus da imunodeficiência felina em gatos do sul do Brasil, 37(12):1531-1536
Autores

Resumo
RESUMO.- Costa F.V.A., Valle S.F., Machado G., Corbellini L.G., Coelho E.M., Rosa R.B. & González F.H.D. 2017. Hematological findings and factors associated with feline leukemia virus (FeLV) and feline immunodeficiency virus (FIV) positivity in cats from southern Brazil. [Achados hematológicos e fatores associados a positividade pelo vírus da leucemia felina (felv) e vírus da imunodeficiência felina em gatos do sul do Brasil.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(12):1531-1536. Laboratório de Análises Clínicas Veterinárias, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves 9090, Porto Alegre, RS 91540-000, Brazil. E-mail: stella.valle@ufrgs.br

Através de um estudo retrospectivo, 493 gatos testados para FeLV e FIV foram selecionados para análise da associação entre as alterações hematológicas e a positividade no teste imunoenzimático. Variáveis individuais e hematológicas foram consideradas para verificar a influência dos resultados utilizando análise de regressão logística univariada e multivariada. Um total de 153 de 493 gatos avaliados foram positivos para o FeLV (31%), 50 foram positivos para o FIV (10,1%) e 22 foram positivos para FIV e FeLV (4,4%). Análise multivariada detectou uma associação significativa entre a infecção pelo FeLV e a idade abaixo de 1 ano (P=0,01), idade entre 1 a 10 anos (P=0,03) e raça mista (P=0,04). Gatos machos foram mais predispostos a serem positivos para FIV (P=0,002). Com base nas alterações hematológicas, gatos positivos para o FeLV tem maior odds para apresentar anemia, leucopenia e linfopenia que os negativos. Gatos positivos para FIV possuem maiores chances de apresentarem anemia que os gatos negativos. A identificação dos fatores associados à infecção relacionados ao perfil do animal e a correlação com os distúrbios hematológicos com a infecção, pode ser útil para detecção das doenças retrovirais em gatos.
Download / Visualização