Ano 2009 - Volume 29, Número 11


Título
Resposta hematológica e imunológica de tilápia do Nilo após administração de vacina polivalente por diferentes vias, 29(11):874-880
Autores

Resumo
RESUMO.- Silva B.C., Martins M.L., Jatobá A., Buglione Neto C.C., Vieira F.N., Pereira G.V., Jerônimo G.T., Seiffert W.Q. & Mouriño J.L.P. 2009. Hematological and immunological responses of Nile tilapia after polyvalent vaccine administration by different routes. [Resposta hematológica e imunológica de tilápia do Nilo após administração de vacina polivalente por diferentes vias.] Pesquisa Veterinária Brasileira 29(11):874-880. Laboratório de Diagnóstico e Patologia em Aqüicultura, Departamento de Aqüicultura, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Santa Catarina, Rodovia Ademar Gonzaga 1346, Itacorubi, Florianópolis, SC 88034-001, Brazil. E-mail: bcs85@hotmail.com

Este estudo avaliou a eficácia da administração de vacina polivalente (bacterina), contra Aeromonas hydrophila, Pseudomonas aeroginosa e Enterococcus durans, por diferentes vias de aplicação em tilápia do Nilo, analisando parâmetros hematológicos e imunológicos no 7º e 21º dia após vacinação. Os tratamentos consistiram de: tilápias não vacinadas; tilápias vacinadas via injeção intraperitoneal (i.p.) contendo 2x108 bactérias inativadas·mL-1; tilápias alimentadas com ração contendo vacina na proporção de 2x107 bactérias inativadas·g-1, durante 5 dias; tilápias vacinadas por banho de imersão em 2x107 bactérias inativadas·mL-1, durante 20 minutos. Os peixes vacinados apresentaram maior porcentagem de hematócrito, número de eritrócitos e leucócitos durante o período do experimento, em relação aos não vacinados. O título de aglutinação do soro dos peixes vacinados intraperitonealmente foi superior nos dois períodos de avaliação para todas as bactérias. Apenas no 21º dia os peixes vacinados oralmente e por imersão apresentaram título de aglutinação superior aos peixes não vacinados para A. hidrophyla e E. durans. O soro dos peixes vacinados apresentou maior atividade antimicrobiana para P. aeroginosa e E. coli, do que os peixes não vacinados, nos dois períodos. As diferentes vias de administração da vacina estimularam a resposta hematológica e imunológica da tilápia do Nilo após 21 dias de vacinadas, sendo que o número total de leucócitos, linfócitos, título aglutinante do soro dos vacinados i.p. foi maior do que os demais.
Download / Visualização