Ano 2010 - Volume 30, Número 4


Título
Segurança e eficácia da técnica de biópsia transtorácica percutânea para avaliação histopatológica do parênquima pulmonar de ovinos clinicamente sadios, 30(4):328-334
Autores

Resumo
ABSTRACT.- Silva A.A., Ferreira D.O.L., Porto C.D., Santarosa, B.P., Sequeira J.L. & Gonçalves R.C. 2010. [Safety and effectiveness of the transthoracic percutaneous lung biopsy technique for histopathological evaluation of the lung parenchyma in healthy sheep.] Segurança e eficácia da técnica de biópsia transtorácica percutânea para avaliação histopatológica do parênquima pulmonar de ovinos clinicamente sadios. Pesquisa Veterinária Brasileira 30(4):328-334. Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-000, Brazil. E-mail: andrezamedvet@yahoo.com.br

Foram analisados os resultados e complicações decorrentes do emprego da técnica de biopsia pulmonar transtorácica percutânea em 20 ovinos clinicamente sadios. Os animais foram submetidos ao exame clínico seguido da biopsia com agulha semi-automática no 7º espaço intercostal direito, 5cm acima do olécrano. Foram analisados o número de tentativas para a execução do procedimento e o tamanho dos fragmentos. As amostras obtidas foram avaliadas histologicamente. Posteriormente ao abate, foi realizado o exame pos mortem para avaliação de complicações da técnica e das eventuais lesões provocadas. Entre todos os animais submetidos à biopsia apenas dois demonstraram resistência a técnica, sendo obtidos fragmentos pulmonares de 4-7mm de comprimento, com média de 1,8±1 tentativas por fragmento. As principais alterações relacionadas à técnica foram tosse, dispnéia inspiratória, elevação das freqüências cardíaca e respiratória e aumento do ruído broncobronquiolar. Ao exame post mortem observou-se hemorragia dos músculos intercostais e pleura visceral em todos os animais. Das 20 tentativas de execução da técnica, 18 obtiveram sucesso, enquanto que em duas o fígado foi equivocadamente puncionado. As amostras de tecido pulmonar foram consideradas representativas, pois foi possível a visualização de estruturas íntegras, incluindo bronquíolos e alvéolos. Podemos concluir que a biopsia pulmonar é segura e eficaz para obtenção de amostras pulmonares com fins de diagnóstico histológico.
Download / Visualização