Ano 2010 - Volume 30, Número 4


Título
Estabelecimento de um protocolo para obtenção de linhagens de células-tronco neuronais a partir do epitélio olfatório de cães, 30(4):363-372
Autores

Resumo
RESUMO.- Alves F.R., Emerson T.F., Ricardo R.G., Juliana C.D., Antônio A.N.M.J., Ambrósio C.E., Irina K. & Miglino M.A. 2010. Establishment of a protocol for obtention of neuronal stem cells lineages from the dog olfactory epithelium. Pesquisa Veterinária Brasileira 30(4):363-372. Departamento de Ciência Animal, Campus Universitário, Bairro Cibrazen, Bom Jesus, PI 64900-000, Brazil. E-mail: flavioribeiro@ufpi.edu.br

Foi realizado um estudo morfológico e por cultivo celular a partir de células provenientes da mucosa olfatória de cães, como forma de estabelecer um protocolo de cultivo, como uma proposta para o tratamento de lesões traumáticas e nervosas degenerativas nestes animais e futuramente, para que tais resultados possam ser aplicados a espécie humana. Foram utilizados doze cães sem raça definida, a termo, oriundos de castrações do Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo. O tecido da lâmina cribiforme do etmóide dos fetos foi coletado sob necropsia, em condições estéreis, 1 a 2 horas post mortem, por meio de incisão uterina e acesso da região fetal supracitada. Depois as células isoladas desse tecido foram adicionadas em médio DMEM/F-12 sob condições padrão (5% CO2, >37°C). As células obtidas a partir de biópsias do epitélio olfatório de cães apresentaram rápido crescimento após 24 horas de cultivo, demonstrando morfologia esférica, sendo encontradas flutuando ao redor do fragmento aderido à garrafa de cultura. Após 20 dias, foram verificados tipos celulares específicos, predominantemente elipsóides ou fusiformes, foram observadas in vitro. Sob avaliação por imunofluorescência indireta observaram-se células com expressão positiva para marcadores de precursores neuronais (GFAP, Neurofilamentos, oligodendrócitos e â-tubulina III). O índice de proliferação celular mostrou-se positivo para Ki67 com uma tendência de marcação de grupos celulares ao longo da região apical, enquanto a imunomarcação para PCNA mostrou-se predominantemente em grupos celulares residentes sobre a lâmina basal. A microscopia eletrônica de transmissão do epitélio olfatório de cães revelou células com citoplasma eletrodenso e mesma distribuição das células marcadas positivamente para PCNA. A atividade metabólica foi confirmada pela presença de eucromatina em muitas regiões celulares. Todos estes aspectos sustentam a hipotese sobre a presença de células progenitoras residentes entre as células basais do epitélio olfatório comprometidas com a renovação desse epitélio, particularmente a população de neurônios.
Download / Visualização