Ano 2010 - Volume 30, Número 6


Título
Evidência molecular de Brucel-la sp. em Cervídeos (Ozotoceros bezoarticus) do Pantanal Sul-Mato-Grossense, 30(6):503-509
Autores

Resumo
RESUMO.- Elisei C., Pellegrin A., Tomas W.M., Soares C.O., Araújo F.R., Funes-Huacca M.E. & Rosinha G.M.S. 2010. [Molecular evidence of Brucella sp. in deer (Ozotoceros bezoarticus) of the southern Pantanal.] Evidência molecular de Brucel-la sp. em Cervídeos (Ozotoceros bezoarticus) do Pantanal Sul-Mato-Grossense. Pesquisa Veterinária Brasileira 30(6):503-509. Sanidade Animal, Embrapa Gado de Corte, BR 262 Km 4, Caixa Postal 154, Campo Grande, MS 79002-970, Brazil. E-mail: rosinha@cnpgc.embrapa.br

A presença de Brucella spp. entre animais silvestres pode influenciar a taxa de reprodução destes hospedeiros, além de atuarem como fonte de infecção natural para os animais domésticos e humanos. O objetivo deste estudo foi identificar a presença de Brucella spp. em 44 amostras de sangue de veado campeiro (Ozotoceros bezoarticus) do Pantanal do Sul-Mato-Grossense, utilizando a técnica de PCR. Observou-se que 20,4% (9/44) das amostras foram positivas. A sequência consenso de nucleotídeo obtida no sequenciamento do isolado de veado campeiro apresentou 514 pb e 95% de identidade com virB5 de B. abortus (best hits acesso nr AF226278, e-value 0.0), já na análise filogenética a amostra de Brucella isolada de veado campeiro apresentou-se muito próximo de B. suis. A alta porcentagem de amostras positivas sugere que a brucelose pode ser um problema entre os veados campeiros na área estudada e que estes animais podem representar riscos para outros animais domésticos e silvestres.
Download / Visualização