Ano 2011 - Volume 31, Número 2


Título
Sparrows (Passer domesticus L.) as intermediary hosts of Toxoplasma gondii in poultry farms from the “agreste” region of Pernambuco, Brazil, 31(2):169-172
Autores

Resumo
RESUMO.- Vilela S.M.O., Silva J.S.A., Pinheiro Junior J.W., Moraes E.P.B.X., Saukas T.N., Gondim L.F.P. & Mota R.A. 2011. Sparrows (Passer domesticus L.) as intermediary hosts of Toxoplasma gondii in poultry farms from the “agreste” region of Pernambuco, Brazil. [Pardais (Passer domesticus L.) como hospedeiro intermediário do Toxoplasma gondii em granjas avícolas no agreste de Pernambuco.] Pesquisa Veterinária Brasileira 31(2):169-172. Laboratório de Doenças Infecto-Contagiosas dos Animais Domésticos, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Dois Irmãos, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: rinaldo.mota@hotmail.com

Objetivou-se com este trabalho identificar a infecção por Toxoplasma gondii em pardais domésticos (Passer domesticus, Linneaus 1758) procedentes de granjas avícolas no agreste do estado de Pernambuco. Foram utilizados 151 pardais (Passer domesticus) capturados em oito granjas de frango de corte, matrizes e poedeiras comerciais. Para a pesquisa de anticorpos anti-T. gondi utilizou-se o teste de hemaglutinação indireta, aqueles animais que apresentaram titulação 1:16 foram encaminhados para pesquisa do DNA por meio da técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) seguida do Nested-PCR. Das 151 amostras analisadas observou-se que 91 (60,3%) foram reagentes e 60 (39,7%) não reagentes. Na análise da distribuição de freqüência dos animais infectados por granja constatou-se que em apenas uma (12,5%) não foi capturado animal reagente para T. gondii. Das dez amostras que foram encaminhadas para pesquisa do DNA do T. gondii, observou-se que três (30,00%) foram positivas ao PCR e quatro (40,00%) ao Nested-PCR. A ocorrência de anticorpos anti-T. gondii e a identificação molecular do agente confirmam a infecção natural por T. gondii em pardais em granjas avícolas no Brasil. Outros estudos devem ser conduzidos para elucidar a real importância destes animais na cadeia epidemiológica e sua eficiência da transmissão do parasito para felinos. Para tal serão necessárias pesquisas que utilizem técnicas de isolamento do parasito e molecular para determinar o perfil genômico do agente presente nestas granjas.
Download / Visualização