Ano 2011 - Volume 31, Número 4


Título
Estudo eletrocardiográfico de equinos de salto sadios, 31(4):355-361
Autores

Resumo
RESUMO.- Diniz M.P., Michima L.E.S. & Fernandes W.R. 2011. [Electrocardiographic study in healthy showjumping horses.] Estudo eletrocardiográfico de equinos de salto sadios. Pesquisa Veterinária Brasileira 31(4):355-361. Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, Bloco 12/14, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: marianaperesdiniz@yahoo.com.br

Avaliou-se o eletrocardiograma de 100 equinos sadios praticantes de hipismo clássico modalidade salto, com idades entre 4 e 19 anos, sendo 61 machos e 39 fêmeas, com média de 516,3 kg. Observou-se frequência cardíaca média de 40,20 ±13,33 bpm, sendo o ritmo cardíaco mais freqüente o sinusal (56%). As alterações de ritmo cardíaco estiveram presentes em 38% dos animais estudados, sendo a mais presente o marcapasso migratório (22%), seguido de bloqueio atrioventricular de 2º grau (4%), bloqueio atrioventricular de 1º grau (3%), contração ventricular prematura (2%), contração atrial prematura (1%). Não se observou correlação entre as variáveis estudadas (freqüência cardíaca, ritmo e arritmias) e a capacidade atlética, a idade e o sexo. O escore cardíaco após analise estatística não diferiu entre os grupos quanto ao desempenho atlético, a faixa etária e o sexo. O escore cardíaco, nesta amostra, não se mostrou um parâmetro confiável para se predizer o futuro atlético ou o nível de treinamento do eqüino.
Download / Visualização