Ano 2011 - Volume 31, Número 9


Título
Avaliação clínica da utilização do maleato de enalapril e furosemida em cães com doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral, classe funcional Ib, 31(9):791-797
Autores

Resumo
RESUMO.- Franco R.P., Pereira G.T. & Camacho A.A. 2011. Clinical evaluation of enalapril maleate and furosemide usage in dogs with degenerative myxomatous mitral valve, chf functional class Ib.[Avaliação clínica da utilização do maleato de enalapril e furosemida em cães com doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral, classe funcional Ib.] Pesquisa Veterinária Brasileira 31(9):791-797. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinária, Universidade do Estado de São Paulo, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: vetrpf@yahoo.com.br

A doença degenerativa mixomatosa da válvula mitral (DDMVM) é uma cardiopatia de alta incidência na clínica médica de pequenos animais, acometendo mormente cães idosos e raças de pequeno porte. Desta forma, foi realizada uma investigação científica objetivando avaliar clinicamente a utilização dos fármacos maleato de enalapril e furosemida em cães com a referida enfermidade na classe funcional Ib da ICC, antes e após a terapêutica implantada. Para isso, utilizaram-se 16 cães portadores da valvulopatia supracitada, distribuídos em dois grupos; com o primeiro recebendo furosemida (n=8) e o segundo maleato de enalapril (n=8), durante 56 dias. Os cães foram avaliados em quatro momentos (T0, T14, T28 e T56 dias) quanto aos sinais clínicos e parâmetros hematológicos e bioquímico-séricos, que incluíram concentrações séricas da enzima conversora da angiotensina (ECA) e aldosterona, como também avaliações radiográficas, eletrocardiográficas, ecodopplercardiográficas e da pressão arterial. Os resultados quanto aos parâmetros clínicos, avaliações hematológicas e bioquímicas séricas não revelaram alterações significativas em ambos os grupos, mas reduções significativas nos valores de ECA e aldosterona no grupo que recebeu o maleato de enalapril foram identificadas. Ao exame radiográfico observou-se reduções nos valores de VHS e na variável onda Pms do eletrocardiograma em ambos os grupos, mas sem alterações nos valores da pressão arterial. Por sua vez, o ecodopplercardiograma evidenciou diminuição significativa das variáveis DIVEd/s nos grupos estudados e na FEC% nos cães que receberam somente enalapril. Portanto, a análise dos resultados encontrados indicou que a monoterapia fundamentada no maleato de enalapril apresentou melhor eficiência no controle do quadro clínico em pacientes da classe funcional Ib da ICC.
Download / Visualização