Ano 2011 - Volume 31, Número 10


Título
Detecção de núcleoproteína-RNA do vírus rábico em diversos órgãos fora do sistema nervoso central de morcegos hematófagos infectados naturalmente, 31(10):922-925
Autores

Resumo
RESUMO.- Vieira L.F.P., Pereira S.R.F.G., Galante A.C., Castilho J.G., Oliveira R.N., Brandão P.E. & Kotait I. 2011. Detection of rabies virus nucleoprotein-RNA in several organs outside the central nervous system in naturally-infected vampire bats. [Detecção de núcleoproteína-RNA do vírus rábico em diversos órgãos fora do sistema nervoso central de morcegos hematófagos infectados naturalmente.] Pesquisa Veterinária Brasileira 31(10):922-925. Setor de Virologia e Viroses, Laboratório de Sanidade Animal, Hospital Veterinário, Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias, Universidade Estadual do Norte Fluminense, Av. Alberto Lamego 2000, Parque Califórnia, Campos dos Goytacazes, RJ 28013-602, Brazil. E-mail: luizuenf@yahoo.com.br

A raiva é uma doença neurológica, mas o vírus da raiva se dispersa para diversos órgãos fora do sistema nervoso central (SNC). Antígeno ou RNA do vírus da raiva já foram detectados em vários órgãos, tais como glândula salivar, pulmão, rim, coração e fígado. O presente trabalho teve como objetivo identificar a presença do vírus da raiva em órgãos não neuronais de morcegos hematófagos infectados naturalmente, e pesquisar a presença do vírus na glândula salivar de morcegos hematófagos sadios. Dos cinco morcegos positivos para a raiva no SNC pelas técnicas de imunofluorescência direta e isolamento viral em células N2A, 100% (5/5) foram positivos para a raiva nas amostras de língua e coração, 80% (4/5) no rim, 40% (2/5) nas amostras de glândula salivar e pulmão, e 20% (4/5) no fígado pela técnica de RT-PCR. Todos os nove morcegos negativos no SNC, pela imunofluorescência e isolamento viral, foram negativos na glândula salivar pela RT-PCR. Possíveis consequências para a epidemiologia e patogênese da raiva são discutidas.
Download / Visualização