Ano 2012 - Volume 32, Número 2


Título
Prevalência e fatores de risco associados à Leptospira spp. em rebanhos bovinos da região centro-sul do estado do Paraná, 32(2):99-105
Autores

Resumo
RESUMO.- Hashimoto V.Y., Dias J.A., Spohr K.A.H., Silva M.C.P., Andrade M.G.B., Müller E.E. & Freitas, J.C. 2012. [Prevalence and risk factors for Leptospira spp. in cattle herds in the south central region of Paraná state.] Prevalência e fatores de risco associados à Leptospira spp. em rebanhos bovinos da região centro-sul do estado do Paraná. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(2):99-105. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Universidade Estadual de Londrina, Rodovia Celso Garcia Cid 380, Cx. Postal 6001, Londrina, PR 86051-990, Brazil. E-mail: freitasj@uel.br

O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp e os fatores de risco associados à infecção em rebanhos bovinos com atividade reprodutiva da região centro-sul do estado do Paraná. Foram utilizados o delineamento estatístico, as amostras sorológicas e as informações referentes às propriedades empregadas no estudo da brucelose bovina no estado do Paraná dentro do Contexto do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose. Foram estudadas 1.880 fêmeas com idade igual ou superior a 24 meses, provenientes de 274 rebanhos não vacinados contra a Leptospira spp. Para o diagnóstico sorológico da infecção foi utilizada a prova de soroaglutinação microscópica (SAM) com 22 sorovares de Leptospira spp. Em cada propriedade foi aplicado um questionário epidemiológico, a fim de obter informações epidemiológicas e práticas de manejo empregadas. Dos 274 rebanhos analisados, 181 foram considerados positivos para a Leptospira spp., com a prevalência de rebanhos de 66,06% (I.C.95%=60,12-71,65%). Presença de ≥ 43 bovinos (OR=3,120; I.C=1,418-6,867), compra de reprodutores (O.R=2,010; I.C=1,154-3,500), aluguel de pasto (O.R=2,925; I.C=1,060-8,068), presença de piquete de parição (O.R=1,981; I.C=1,068-3,676) foram identificados como fatores de risco para a infecção para qualquer sorovar de Leptospira spp. na análise de regressão logística multivariada. Os fatores de risco para a infecção pelo sorovar Hardjo foram presença de ≥43 bovinos (O.R=3,622; I.C=1,512-8,677), compra de reprodutores (O.R=3,143; I.C=1,557-6,342), aluguel de pasto (O.R=4,070; I.C=1,370-12,087) e presença de eqüinos (O.R=2,981; I.C=1,321-6,726). Estes resultados indicam que a infecção pela Leptospira spp está amplamente distribuída na região centro-sul do estado do Paraná e que fatores elacionados às características das propriedades e ao manejo estão associados à infecção.
Download / Visualização