Ano 2012 - Volume 32, Número 7


Título
Detecção de chamados de ultrassom em capivara, 32(7):663-666
Autores

Resumo
RESUMO.- Nogueira S.S.C., Barros K.S., Almeida M.H., Pedroza J.P., Nogueira Filho S.L.G. & Tokumaru R.S. 2012. Ultrasound call detection in capybara. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(7):663-666. Laboratório de Etologia Aplicada, Departamento de Ciências Biológicas, Universidade Estadual de Santa Cruz, Rodov. Ilhéus-Itabuna Km 16, Ilhéus, BA 45662-900, Brazil. E-mail: seleneuesc@gmail.com

O repertório vocal de algumas espécies de animais tem sido considerado uma ferramenta não invasiva para predizer o distresse. Em ratos, emissões de ultrassom foram registradas como indicador de distresse. O repertório vocal de capivaras foi relatado recentemente e parece haver a presença de chamados em ultrassom que ainda não foram confirmados. Assim para associar o estado de bem-estar empobrecido em capivaras e a possibilidade de ocorrência de ultrassom em seu repertório vocal, o presente estudo teve como objetivo rastrear a presença deste tipo de vocalização em 11 animais submetidos a três condições diferentes: 1) sem contenção; 2) média contenção e 3) alta contenção. O rastreamento revelou a presença de faixas de frequência de 31,8±3,5 kHz em adultos e 33,2±8,5 kHz em filhotes. Estas emissões encontradas na faixa de ultrassom ocorreram apenas durante a alta contenção, quando contidos fisicamente ou feridos durante o manejo. Concluímos que tais emissões, com componentes de ultrassom, estão relacionadas à dor e ao distresse de contenção pois não ocorreram quando os animais estavam livres de contenção. Assim sugerimos que esta vocalização pode ser usada como uma ferramenta adicional para acessar o estado de bem-estar em capivaras.
Download / Visualização