Resultado da pesquisa (26)

Termo utilizado na pesquisa Alves A

#1 - Effect of different doses of dexamethasone on labor in Santa Inês ewes and its influence on the onset of labor and the expulsion of fetal membranes

Abstract in English:

The induction of labor aims to concentrate births to follow up better the parturient and the first care to the neonates. However, even if the labor induction technique with dexamethasone administration has been successfully described since the late 1970s, few studies report the technique of birth development and neonatal vitality in Santa Inês sheep. This study aimed to evaluate the efficiency of dexamethasone use in two doses (8 and 16mg) in labor induction of Santa Inês ewes at 145 days of gestation and to evaluate its effects on the birth characteristics. In this study, 58 ewes were used, raised in an extensive system in the experimental farms of UFBA, with confirmation pregnancy after fixed-time artificial insemination or controlled breeding. These female ewes were separated into three groups according to the dose of dexamethasone administered (G1 = 0mg, G2 = 8mg, and G3 = 16mg). From these births, 79 lambs were born. This study analyzed the period from induction of labor to birth, fetal presentation at birth, the weight of the placenta, and the period for placenta expulsion. The data were analyzed by the Statistical Analysis System (SAS v.9.1.3®, 2002), and the significance level considered for all analyzes was 5%. Births of induced groups occurred on average at 48.4±22.17 hours after induction, while the females with non-induced labor gave birth 131.96±41.9 hours on average after the placebo application (P<0.05), confirming the efficiency of both doses for induction of labor. The period from induction to birth did not differ (P>0.05) between the doses used. There were no differences in delivery about the fetal static relation, time to placental attachment, and weight. With this study, it can be concluded that the induction at 145 days of gestation with eight or 16mg of dexamethasone is a useful technique and does not alter the labor in Santa Inês sheep.

Abstract in Portuguese:

A indução do parto visa concentrar os nascimentos para melhor acompanhamento das parturientes e primeiros cuidados aos neonatos. Contudo, mesmo que a técnica de indução de parto, com administração de dexametasona, tenha sido descrita com sucesso desde o final da década de 70, existem estudos escassos que relatam a influência desta técnica sobre o parto em ovinos da raça Santa Inês. Dessa forma, o objetivo do estudo foi avaliar a eficácia da dexametasona em duas doses (8 e 16mg), para a indução do parto de ovelhas Santa Inês com 145 dias de gestação e avaliar os seus efeitos nas características de desencadeamento e finalização do parto. Para este estudo foram utilizadas 58 ovelhas, criadas em sistema extensivo nas fazendas experimentais da UFBA, com prenhez confirmada após inseminação artificial em tempo fixo ou monta controlada. Essas fêmeas foram separadas em três grupos, de acordo com a dose de dexametasona administrada (G1 = 0mg, G2 = 8mg e G3 = 16mg). Destes partos nasceram 79 cordeiros. Foram avaliados o período em horas da indução do parto aos nascimentos, a apresentação fetal ao nascimento, assim como o peso da placenta e o período para o delivramento. Os dados foram analisados pelo pacote estatístico Statistical Analysis System (SAS v.9.0®, 2002) sendo considerado para todas as análises o nível de significância de 5%. Os nascimentos dos grupos induzidos ocorreram em média com 48,4±22,1 horas após a indução, enquanto que as fêmeas com parto não induzido pariram em média 131,96±41,9 horas após aplicação do placebo (P<0,05), confirmando a eficácia de ambas as doses para indução do parto. O período da indução até o parto não diferiu (P>0,05) entre as doses utilizadas. Não ocorreram diferenças no parto em relação à estática fetal, tempo para o delivramento e peso da placenta nos diferentes grupos. Com este estudo, conclui-se que a indução de parto em ovelhas aos 145 dias de gestação com oito e 16 mg de dexametasona é uma técnica eficaz e que não altera o trabalho de parto nas ovelhas da raça Santa Inês.


#2 - Polioencephalomalacia (PEM) in calves associated with excess sulfur intake

Abstract in English:

Polioencephalomalacia (PEM) is the morphological characterization for softening of brain gray matter, and excess sulfur intake is one of its main causes. This study describes an outbreak of this disease in 1-to-3-month-old calves in a farm located in Santa Catarina state, Brazil. The herd consisted of 27 Jersey male calves whose diet was composed of initial feed, ground whole corn, and mineral salt. From this herd, 10 animals became ill, showing signs of apathy, anorexia and blindness, evolving to generalized weakness and death. Necropsy was performed in three of these animals, which showed flattening of the cerebral convolutions in addition to softened, yellowish areas in the cerebral cortex. Histopathological examination revealed deep laminar necrosis associated with perineuronal and perivascular edema, as well as neurons with wrinkled, eosinophilic, or vacuolated cytoplasm. The following sulfur doses were observed: 8,010mg/kg in corn, 6,385mg/kg in initial feed, 1,060mg/kg in mineral salt and 2.3mg/L in water, reaching dose values ​​far above the accepted, totaling a daily intake of approximately 6,533.5mg sulfur/animal/day. As differential diagnosis, lead was dosed in the kidneys and liver of the three calves, with negative results. Also, the calf that sickened last was treated with 20mg/kg thiamin and 0.2mg/kg dexamethasone (IM; QID) for three days and eventually recovered. According to anatomopathological findings, excess sulfur intake and therapeutic diagnosis, sulfur poisoning was suggested as the cause of PEM in these 1-to‑3-month-old calves. Occurrence of PEM is rare in calves at such a young age.

Abstract in Portuguese:

A polioencefalomalacia (PEM) é a caracterização morfológica para o amolecimento da substância cinzenta encefálica, e uma de suas principais etiologias é a ingestão excessiva de enxofre. Este trabalho descreve um surto desta enfermidade em bezerros de um a três meses de idade em uma propriedade de Santa Catarina. O lote era composto por 27 bezerros machos da raça Jersey, com alimentação composta por ração inicial, milho inteiro triturado e sal mineral. Deste lote, 10 animais adoeceram, apresentando sinais de apatia, anorexia e cegueira, com evolução para fraqueza generalizada. Nove bezerros morreram e três foram submetidos a necropsia, que demonstraram achatamento das circunvoluções cerebrais além de áreas de amolecimento e coloração amarelada no córtex cerebral. Realizou-se exame histopatológico que evidenciou necrose laminar profunda associada a edema perineuronal e perivascular, além de neurônios com citoplasma enrugado, eosinofílico ou vacuolizado. A dosagem de enxofre resultou em 8010mg/Kg no milho, 6385mg/Kg na ração, 1060mg/Kg no sal mineral e 2,3mg/L na água, atingindo valores muito acima do tolerado, totalizando a ingestão diária de cerca de 6533,5mg de enxofre/animal/dia. Como diagnóstico diferencial realizou-se dosagem de chumbo de amostras de rim e fígado dos três bezerros com resultado negativo. Ainda, o último bovino a adoecer foi tratado com 20mg/Kg de tiamina e 0,2mg/Kg de dexametasona IM, QID, durante três dias e recuperou-se. De acordo com os achados anatomopatológicos e o excesso de enxofre na dieta, sugere-se que a intoxicação por enxofre seja a causa de PEM nestes bezerros de um a três meses de idade, sendo essa enfermidade rara em bovinos tão jovens.


#3 - Osseous malformation in calves and its relationship with ingestion of apple pomace in pregnant cows

Abstract in English:

Three outbreaks of osseous malformation in claves born of cows fed apple pomace throughout pregnancy are described. This study was carried out from historical surveys on properties where apple pomace was used in cattle feeding. The outbreaks occurred in the municipalities of Lages, Santa Catarina state, from 2007 to 2012, and Ipê, Rio Grande do Sul state, from 2011 to 2012. These calves presented bone deformity characterized mainly by arthrogryposis and chondrodysplasia of the anterior limbs. At necropsy, the observed changes were restricted to bending and thickening of the anterior limbs and skull. Microscopically, a disorganized, irregular, misaligned hypertrophic zone was observed in the humeral‑radio-ulnar joints, in addition to absence of growth zone, thin bone trabeculae, and closed epiphyseal growth plate.

Abstract in Portuguese:

Descrevem-se 3 surtos de malformações ósseas em bezerros, nascidos de vacas prenhes alimentadas com bagaço de maçã. Estudos foram realizados a partir de levantamento de históricos em propriedades onde bagaço de maçã foi utilizado na alimentação de bovinos. Os surtos ocorreram nos municípios de Lages em Santa Catarina, de 2007 a 2012, e Ipê em Rio Grande do Sul, de 2011 a 2012. Dentre 20 e 69,2% dos bezerros apresentavam deformidade de membros, caracterizada principalmente por membros anteriores curvos e curtos. Na necropsia as alterações observadas restringiam-se ao encurvamento e engrossamento dos membros e do crânio. Microscopicamente nas articulações úmero-radio-ulnar, foi observado zona hipertrófica desorganizada, irregular e sem alinhamento, além de ausência da zona de crescimento e trabéculas ósseas finas e placa epifisária fechada.


#4 - Isolation, cultivation and immunofluorescence characterization of lamellar keratinocytes from equine hoof by using explants

Abstract in English:

The importance of the hoof to the horse health is clear, and the current knowledge regarding the cellular aspects of hoof keratinocytes is poor. Studies on equine keratinocyte culture are scarce. Developing keratinocyte cultures in vitro is a condition for studies on molecular biology, cell growth and differentiation. Some methods have already been established, such as those for skin keratinocyte culture. However, few methodologies are found for lamellar keratinocytes. The objective of this study was to standardize the equine hoof keratinocyte isolation and cultivation, and then characterize the cell immunophenotype. For this, the primary culture method used was through explants obtained from three regions of the equine hoof (medial dorsal, dorsal, and lateral dorsal). After the cell isolation and cultivation, the cell culture and its explants were stained with anti-pan cytokeratin (pan-CK) (AE1/AE3), vimentin (V9), p63 (4A4), and Ki-67 (MIB-1) antibodies. Cells were grown to third passage, were positive for pan-CK, p63 and Ki-67, and few cells had vimentin positive expression. As for the explants, the epidermal laminae were not stained for vimentin or Ki-67. However, some cells presented positive pan-CK and p63 expression. This study demonstrated the viability of lamellar explants of equine hooves as a form of isolating keratinocytes in primary cultures, as well as characterized the proliferation ability of such keratinocytes in monolayers.

Abstract in Portuguese:

É notória a importância do casco na saúde dos equinos, mas o conhecimento em nível celular é pouco entendido. Estudos envolvendo o cultivo de queratinócitos equinos são escassos. Sabe-se que o desenvolvimento de cultivos de queratinócitos in vitro é uma condição para estudos sobre a biologia molecular, crescimento e diferenciação celular. Alguns métodos já estão estabelecidos, como para cultivo de queratinócitos de pele, mas poucas metodologias são encontradas para queratinócitos lamelares. O objetivo desse estudo foi padronizar o cultivo de queratinócitos provenientes de casco equino visando futuramente associar ao estudo da medicina regenerativa para assim estabelecer um modelo experimental in vitro e indicar o uso criterioso de terapias regenerativas para a laminite equina. Desta forma, o cultivo em monocamada e a caracterização de queratinócitos lamelares foram realizados. Para isso, o método de cultura primária utilizado foi através de explantes obtidos de três regiões do casco (dorso-medial, dorsal e dorso-lateral). As células foram caracterizadas para os marcadores anti pan-cytokeratin (AE1/AE3), vimentin (V9), p63 (4A4) e Ki-67 (MIB-1) nos cultivos e nos explantes. As  células foram cultivadas até terceira passagem, tendo marcação positiva para pan-CK, p63 e Ki-67 e fraca marcação para vimentina. Já as lâminas epidermais não tiveram marcação de vimentin e Ki-67, porém marcaram acentuadamente para pan-CK e p63. Este estudo demonstrou a exiquibilidade do uso de explantes lamelares do casco de equinos, como forma de isolamento de queratinócitos em cultivos primários, bem como caracterizou a habilidade de proliferação desses queratinócitos em monocamada.


#5 - Mycobacteriae diagnosed in domestic cats in the backland of Paraiba, Brazil

Abstract in English:

This report describes two cases of domestic cats infected with Mycobacterium sp. in the backland of Paraiba, Northeast Brazil. The animals manifested nonspecific clinical signs, characterized by progressive weight loss, dyspnea, cough and generalized lymphadenomegaly in one cases, and clinical evolution of one and seven months respectively. Macroscopically the lesions were restricted to superficial and/or deep lymph nodes and pulmonary parenchyma, characterized by multifocal or multifocal to coalescent, yellowish and irregular nodules that presented multifocal areas with yellowish, friable and caseous as well as multifocal to coalescent, white and firm areas. Histologically, it was observed lymphadenitis and granulomatous pneumonia in both cases, varying in intensity of inflammatory response and degree of mineralization. The granulomas were constituted by macrophages and epithelioid cells, some with marked necrosis and central mineralization, surrounded by a large amount of connective tissue. In the first case there were also discrete and random granulomatous hepatitis. In both cases alcohol-acid-resistant bacilli were visualized inside the cytoplasm of macrophages in Ziehl-Neelsen staining; there was immunostaining for Mycobacterium sp. in the cytoplasm of macrophages. Through PCR was identified only the genus Mycobacterium in Case 1, and Mycobacterium bovis in Case 2. The diagnosis of Mycobacterium sp. In the cats was performed based on anatomopathological findings and immunohistochemistry. The PCR was performed the etiological diagnosis of mycobacteriosis in Case 1 and tuberculosis by M. bovis in Case 2. The diagnosis of diseases caused by mycobacteria in cats, especially those in which M. bovis was involved, is extremely important for public health highlighting the zoonotic potential of this species, since many infected animals may be asymptomatic or show nonspecific clinical signs.

Abstract in Portuguese:

Descrevem-se dois casos de infecção por Mycobacterium sp. em gatos domésticos no sertão da Paraíba, Nordeste do Brasil. Os animais apresentavam emagrecimento progressivo, dispneia, tosse e linfadenomegalia generalizada em um dos casos, com evolução clínica de um e sete meses, respectivamente. Macroscopicamente as lesões estavam restritas aos linfonodos superficiais e/ou profundos e parênquima pulmonar, caracterizadas por nódulos multifocais ou multifocais a coalescentes, amarelados, irregulares que ao corte apresentavam áreas multifocais a coalescentes amareladas, friáveis e caseosa, além de áreas multifocais brancacentas e firmes. Histologicamente, verificou-se linfadenite e pneumonia granulomatosa caracterizada por áreas centrais de necrose e mineralização central circundadas por macrófagos, células epiteliais e tecido conjuntivo fibroso. No primeiro caso havia ainda hepatite granulomatosa discreta e aleatória. Em ambos os casos, foram visualizados bacilos álcool-ácido resistentes livres e no citoplasma de macrófagos na coloração de Ziehl‑Neelsen. Houve imunomarcação para Mycobacterium sp. no citoplasma de macrófagos em ambos os casos. Na PCR, identificou-se apenas o gênero Mycobacterium no Caso 1 e Mycobacterium bovis no Caso 2. O diagnóstico de infecção por Mycobacterium sp. nos felinos foi realizado com base nos achados anatomopatológicos e imuno-histoquímica. Pela PCR foi realizado o diagnóstico etiológico de micobacteriose no Caso 1 e tuberculose por M. bovis no Caso 2. O diagnóstico das doenças causadas por micobactérias em felinos, principalmente aquelas em que M. bovis esteja envolvido, é de extrema importância para a saúde pública, destacando o potencial zoonótico desta espécie, pois muitos animais infectados podem ser assintomáticos ou apresentarem sinais clínicos inespecíficos.


#6 - Stray dogs in urban fragments: relation between population’s perception of their presence and socio-demographic factors

Abstract in English:

Stray dogs are associated with environment and public health impacts. São Paulo is a city with approximately 2.5 million owned dogs and until the time of writing no studies describing the distribution of the stray dog population have been conducted in this city. Therefore, no scientific support for intervention plans is available. The objective of this study was to evaluate the association of local sociodemographic and environmental factors with the population perception of presence of stray dogs in urban fragments of São Paulo city. A convenience sample of six urban fragments was selected. In-depth interviews were performe, using a systematic random sample of households in each study area, between October/2010 and January/2011 to identify socio-demographic factors of interest and determine the population’s perception of stray dogs. Additionally, the presence of stray dogs was estimated by photographic mark-recapture method. The degree of human-dog proximity and environmental factors such as waste handling were associated to the sighting of stray dogs. Stray dogs were observed in two of the six study areas, agreeing with the greater population perception of this issue on those areas. Intervention in these factors and encouragement of responsible ownership are two potential solutions for management and reduction of problems associated with the presence of stray dogs.

Abstract in Portuguese:

A presença de cães errantes está associada a impactos no meio ambiente e na saúde pública. São Paulo é uma cidade com aproximadamente 2.5 milhões de cães domiciliados e até o presente momento, não foram desenvolvidos estudos que descrevam a distribuição da população errante na cidade. Desta forma, não há suporte científico para planejar intervenções. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre os fatores sociodemográficos e ambientais da população local com a frequência com que relataram a visualização de cães errantes em fragmentos urbanos da cidade de São Paulo. Foi definida uma amostra de conveniência composta por seis fragmentos urbanos, onde um questionário foi aplicado em uma amostra sistemática dos domicílios de cada área de estudo. Este questionário, aplicado entre outubro de 2010 e janeiro de 2011, determinou os fatores socio-econômicos de interesse e a percepção da presença de cães errantes pela população. Também foi estimada a presença de cães pelo método de marcação e recaptura fotográfica. Foi possível estabelecer uma relação entre a visualização de cães errantes pela população local e o grau de proximidade com cães e o manejo de resíduos do domicílio. Cães errantes foram observados em duas das seis áreas trabalhadas, em concordância com a maior percepção da sua presença pela população local. Intervenções nestes fatores e incentivo a guarda responsável são duas ações com potencial de contribuir para redução dos problemas causados pela presença de cães errantes.


#7 - Solutions of Zinc oxide and silver nitrate as an alternative to bovine udder antisepsis, 37(10):1049-1056

Abstract in English:

ABSTRACT.- Alves A.P.P., Amorim V.S., Vieira D.S., Peixoto R.M., Oliveira H.P. & Costa M.M. 2017. [Solutions of Zinc oxide and silver nitrate as an alternative to bovine udder antisepsis.] Soluções de óxido de zinco e de nitrato de prata como alternativa para antissepsia de tetos de bovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(10):1049-1056. Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407, Lote 543, PSNC-C1, s/n, Petrolina, PE 56300-990, Brasil. E-mail: appatec@hotmail.com This study aimed to analyze the zinc oxide and silver nitrate solutions as an alternative antiseptic for cow teats (in situ), considering the lack in the literature about these compounds uses in mastitis prophylaxis. First microdilution tests med and MBC (Minimal Bactericidal Concentration were perfor in order to determine the antimicrobial activity of zinc oxide and silver nitrate solutions over 30 Staphylococcus spp. isolates, obtained from cows with mastitis. All strains tested showed sensitivity to both solutions, but the silver nitrate solution had lower MBC values (3,05 to 97,65ug/ml) compared with zinc oxide solution  MBCs (97,65 to 6,250 ug/ml). Subsequently, the antiseptic teat tests were conducted (in situ) by immersing the teats in same antimicrobial solutions tested in the first experiment. Therefore, 40 teats were used (n = 40) originating from slaughtered cows were divided into 4 groups of 10 teats, to test test zinc oxide 3% (30mg/mL) and silver nitrate 1% (10mg/mL) solutions and their respective controls. The teats were submitted to mesophilic count on the teat surface (CFU/cm2) before and after immersion in tested solutions. As a result, all the solutions (zinc oxide and silver nitrate) had a significant reduction in CFU/cm2 until 60 minutes after immersion (M 0’ to 60 M’). Silver nitrate solution showed a reduction of CFU/cm2 significantly higher compared to the group treated with zinc oxide solution. These results validate the potential use of zinc oxide and silver nitrate solutions in dairy cows as a pre- and post-dipping antiseptic.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Alves A.P.P., Amorim V.S., Vieira D.S., Peixoto R.M., Oliveira H.P. & Costa M.M. 2017. [Solutions of Zinc oxide and silver nitrate as an alternative to bovine udder antisepsis.] Soluções de óxido de zinco e de nitrato de prata como alternativa para antissepsia de tetos de bovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(10):1049-1056. Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407, Lote 543, PSNC-C1, s/n, Petrolina, PE 56300-990, Brasil. E-mail: appatec@hotmail.com Este trabalho teve como objetivo analisar o potencial das soluções de óxido de zinco e de nitrato de prata como alternativa para antissepsia de tetos de bovinos (in situ), considerando a escassez de literatura a respeito do uso destes compostos na profilaxia de mastites. Primeiramente foram realizados ensaios de microdiluição e CBM (Concentração Bactericida Mínima) a fim de verificar a atividade antimicrobiana das soluções de óxido de zinco e de nitrato de prata sobre 30 isolados de Staphylococcus spp., obtidos de casos de mastite. Todos os isolados apresentaram sensibilidade às duas soluções testadas, mas a solução de nitrato de prata apresentou menores valores de CBMs (3,05 a 97,65 &#956;g/mL), quando comparada as CBMs da solução de óxido de zinco (97,65 a 6.250&#956;g/mL). Posteriormente, foram conduzidos os ensaios de antissepsia dos tetos (in situ) através da imersão dos mesmos nas soluções antimicrobianas testadas. Para isso, foram utilizados 40 tetos (n=40) oriundos de vacas abatidas, os quais foram divididos em 4 grupos de 10 tetos, destinados ao teste das solução de óxido de zinco a 3% (30mg/mL), de nitrato e prata 1% (10mg/mL) e seus respectivos controles. Os tetos foram submetidos à contagem de microrganismos mesófilos na superfície dos tetos (UFC/cm2) antes e após a imersão nas soluções testadas. Como resultado, todas as soluções (de óxido de zinco e de nitrato de prata) apresentaram significativa redução de UFC/cm2 até aos 60 minutos após a imersão (M 0’ a M 60’). A solução de nitrato de prata apresentou redução de UFC/cm2 significativamente maior, quando comparado ao grupo testado com solução de óxido de zinco. Tais resultados validam o potencial das soluções de óxido de zinco e nitrato de prata para utilização no pré e pós-dipping em vacas leiteiras.


#8 - Pseudomonas spp.: contamination sources in bulk tanks of dairy farms, 37(9):941-948

Abstract in English:

ABSTRACT.- Vidal A.M.C., Saran Netto A., Vaz A.C.N., Capodifóglio E., Gonçalves A. C.S., Rossi G.A.M., Figueiredo A.S. & Ruiz V.L.A. 2017. Pseudomonas spp.: contamination sources in bulk tanks of dairy farms. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):941-948. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Avenida Duque de Caxias Norte 225, Pirassununga, SP 13635-900, Brazil. E-mail: letticie@usp.br This study focused on isolating Pseudomonas spp. during milking process in ten dairy farms with manual and mechanical milking systems during dry and rainy seasons, and evaluating DNA homology and patterns of distribution between isolates, in order to identify main sources of milk contamination by Pseudomonas spp. A total of 167 isolates of Pseudomonas spp. were obtained from water, milkers’ hands, cows’ teats, teat cups, cooling tanks and raw milk. Bacteria of Pseudomonas spp. genus were isolated from 85 and 82 sampling points in dairy farms with manual and mechanical milking system, respectively. A significant difference (p=0.02) on Pseudomonas spp. isolation was observed among samples of surface of cows’ teats before and after pre-dipping, but no significant difference (p>0.05) was observed among milking systems or seasons. The possibility of the same Pseudomonas spp. patterns are distributed in different farms and seasons using Amplified Fragment Length Polymorphism (AFLP) technique was demonstrated. Milkers’ hands, surface of cows’ teats, teat cups and cooling tanks were associated with raw milk contamination with Pseudomonas spp. on farms with manual and mechanical milking system, showing that regardless of the type of milking system and season, proper hygiene procedures of equipment, utensils and workers’ hands are essential to avoid contamination of the milk and, therefore, improve milk quality.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Vidal A.M.C., Saran Netto A., Vaz A.C.N., Capodifóglio E., Gonçalves A. C.S., Rossi G.A.M., Figueiredo A.S. & Ruiz V.L.A. 2017. Pseudomonas spp.: contamination sources in bulk tanks of dairy farms. [Pseudomonas spp.: fontes de contaminação em tanques de expansão em fazendas leiteiras.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(9):941-948. Departamento de Medicina Veterinária, Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Avenida Duque de Caxias Norte 225, Pirassununga, SP 13635-900, Brazil. E-mail: letticie@usp.br Este estudo se propôs a isolar Pseudomonas spp. durante o processo de ordenha em dez fazendas com sistemas manuais e mecanizados, durante as estações seca e chuvosa, além de avaliar a homologia do DNA e seus padrões de distribuição entre os isolados, a fim de se determinar as principais fontes de contaminação do leite. Cento e sessenta e sete isolados de Pseudomonas spp. foram obtidos a partir de amostras de água, mãos de ordenhadores, tetos, teteiras, tanques de resfriamento e leite cru armazenado, sendo 85 e 82 pontos de amostragem em fazendas com sistemas de ordenha manual e mecânico, respectivamente. Diferença estatisticamente significativa foi encontrada entre os isolados observados entre a superfície dos tetos antes e após o pré-dipping (p=0,02), mas nenhuma diferença foi encontrada entre sistemas de ordenha ou estações (p>0,05). A possibilidade do mesmo padrão de Pseudomonas spp. estar distribuído em diferentes fazendas ou estações foi avaliada pela técnica de Polimorfismo do Tamanho de Fragmento Amplificado (AFLP). As mãos de ordenhadores, superfície dos tetos das vacas, teteiras e tanques de resfriamento foram associados com a contaminação do leite cru, demonstrando que independente do tipo de ordenha e estação, a higiene adequada de equipamentos, utensílios e mãos dos ordenhadores é essencial para evitar contaminação do leite, e consequentemente aumentar sua qualidade.


#9 - Portulaca elatior (Portulacaceae) poisoning in cattle, 37(8):785-789

Abstract in English:

ABSTRACT.- Oliveira Neto T.S., Riet-Correa F., Barbosa F.M.S., Nascimento H.H.L., Carvalho L.R.R.A., Alves A.J. & Lucena R.B. 2017. [Portulaca elatior (Portulacaceae) poisoning in cattle.] Intoxicação por Portulaca elatior (Portulacaceae) em bovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(8):785-789. Departamento de Ciências Veterinárias, Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias, Campus II, Areia, PB 58397-000. E-mail: lucena.rb@gmail.com An outbreak of acute poisoning in cattle caused by the ingestion of Portulaca elatior occurred in the northeastern Brazil. The outbreak resulted from ingestion of the plant provided by the farmer. Four out of five cattle were poisoned and two died. Clinical signs included abdominal pain, muscle trembling, intense salivation, mild bloat and dehydration. The course of the disease ranged from 10 to 18 hours. Gross findings included dehydration, reddening of the mucosa of forestomachs, abomasum, and intestine, with ulcerations of the ruminal mucosa. The presence of Portulaca leaves in the rumen was noted in both cases. The main histologic lesions were superficial to full thickness degeneration and necrosis of the stratified epithelium lining the forestomachs, necrosis and inflammation of the intestinal mucosa, and lymphoid necrosis. The serum activities of AST and GGT and serum were within normal ranges. The diagnosis of poisoning associated with ingestion of P. elatior was based on the epidemiology, clinical signs and lesions. The lack of information about the toxicity of P. elatior was the main cause for the accident of poisoning.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Oliveira Neto T.S., Riet-Correa F., Barbosa F.M.S., Nascimento H.H.L., Carvalho L.R.R.A., Alves A.J. & Lucena R.B. 2017. [Portulaca elatior (Portulacaceae) poisoning in cattle.] Intoxicação por Portulaca elatior (Portulacaceae) em bovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(8):785-789. Departamento de Ciências Veterinárias, Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Agrárias, Campus II, Areia, PB 58397-000. E-mail: lucena.rb@gmail.com Descreve-se um surto de intoxicação aguda em bovinos causado pela ingestão de Portulaca elatior na região nordeste do Brasil. O surto resultou da ingestão a partir da administração da planta no cocho pelo criador para os bovinos. Quatro de cinco bovinos foram intoxicados e dois morreram. Os sinais clínicos incluíram dor abdominal, tremores musculares, intensa salivação, timpanismo moderado e desidratação. O curso clínico da doença variou de 10 a 18 horas. Os achados macroscópicos incluíram desidratação, avermelhamento das mucosas dos pré-estômagos, abomaso e intestinos, além de ulceração da mucosa ruminal. Nos dois casos foi notada a presença de fragmentos de Portulaca no interior do rúmen. Os achados histológicos foram de degeneração e necrose das camadas superficiais do epitélio dos pré-estômagos, necrose e inflamação da mucosa intestinal e necrose linfoide. As atividades de AST e GGT estavam dentro dos valores de normalidade. O diagnóstico de intoxicação associado à ingestão de P. elatior foi baseado na epidemiologia, sinais clínicos e lesões. A ausência de informação sobre a toxicidade de P. elatior foi a principal causa para a ocorrência da intoxicação acidental.


#10 - Comparative study of double spin and use of E-PET filter (Equine Platelet Enhancement Therapy) to obtain platelet rich plasma in horses, 37(3):215-220

Abstract in English:

ABSTRACT.- Conceição M.L., Alvarenga M.L., Souza J.B., Mattos L.H.L., Rodrigues C.A., Watanabe M.J., Hussni C.A. & Alves A.L.G. 2017. [Comparative study of double spin and use of E-PET filter (Equine Platelet Enhancement Therapy) to obtain platelet rich plasma in horses.] Plasma rico em plaquetas: estudo comparativo entre a obtenção através da dupla centrifugação e filtro E-PET (Equine Platelet Enchancement Therapy). Pesquisa Veterinária Brasileira 37(3):215-220. Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: anaalves@fmvz.unesp.br The platelet-rich plasma (PRP) consists of a high concentration of platelets in a small volume of plasma, four times greater (average) than the serum concentration. The use of PRP is justified by the high concentration of growth factors present in granules in the platelets, which have several functions such as cell proliferation, chemotaxis, angiogenesis and differenciation, which extend the power of tissue repair. There are several protocols to obtain PRP in horses described in the literature, among which are highlighted the double centrifugation, automated and filters. There are substantial differences in the PRP content depending on its method of production, especially when it concerns the amount of leukocytes, platelets and concentration of growth factors. Thus, the aim of this study was to compare the use of platelet concentrates obtained by double centrifugation protocol and obtained by the filter E-PET (Equine Platelet Enhancement Therapy) taking into account the platelet and leukocyte final concentration, the quantification of growth factors (TGF&#946; and PDGF-BB) and the facility to do those methods. Nine horses were used to obtain PRP by double centrifugation and through the E-PET filter, with no statistical difference (p>0.05) between the methods relative to the platelet and leukocyte concentration; however, there was statistical difference (p=0.002 and p=0.004 respectively) compared with the concentration of TGF&#946; and PDGF-BB. It was concluded that the E-PET filter proved to be a more effective method possible to use in the field and to provide a higher concentration of growth factors (TGF&#946; and PDGF-BB).

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Conceição M.L., Alvarenga M.L., Souza J.B., Mattos L.H.L., Rodrigues C.A., Watanabe M.J., Hussni C.A. & Alves A.L.G. 2017. [Comparative study of double spin and use of E-PET filter (Equine Platelet Enhancement Therapy) to obtain platelet rich plasma in horses.] Plasma rico em plaquetas: estudo comparativo entre a obtenção através da dupla centrifugação e filtro E-PET (Equine Platelet Enchancement Therapy). Pesquisa Veterinária Brasileira 37(3):215-220. Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Campus de Botucatu, Distrito de Rubião Júnior s/n, Botucatu, SP 18618-970, Brazil. E-mail: anaalves@fmvz.unesp.br O plasma rico em plaquetas (PRP) consiste em uma alta concentração de plaquetas em um pequeno volume de plasma, sendo, em média, quatro vezes maior que a concentração sérica. O uso de PRP é justificado pela alta concentração de fatores de crescimento presentes em grânulos no interior das plaquetas, que possuem diversas funções como proliferação celular, quimiotaxia, angiogênese e diferenciação celular, que ampliam o poder de reparação tecidual. Há diversos protocolos para obtenção do PRP em equinos descritos na literatura, dentre os quais destacam-se os de dupla centrifugação, os automatizados e os filtros. Há diferenças substanciais no conteúdo do PRP dependendo do seu método de obtenção, principalmente no que se diz respeito à quantidade de leucócitos, plaquetas e concentração de fatores de crescimento. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi comparar a utilização do concentrado de plaquetas obtido por protocolo de dupla centrifugação e o obtido pelo filtro E-PET (Equine Platelet Enhancement Therapy), levando-se em consideração a concentração plaquetária e leucocitária final, a quantificação de fatores de crescimento (TGF&#946; e PDGF-BB) e a facilidade de realização entre tais métodos. Utilizou-se nove animais para a obtenção de PRP por dupla centrifugação e através do filtro E-PET, não havendo diferença estatística (p>0,05) entre os métodos de obtenção em relação à concentração plaquetária e leucocitária, entretanto, houve diferença estatística (p=0,002; p=0,004, respectivamente) em relação a concentração de TGF&#946; e PDGF-BB. Dessa forma, concluiu-se que o filtro E-PET mostrou-se um método mais efetivo, sendo possível sua utilização à campo, além de proporcionar uma maior concentração de fatores de crescimento TGF&#946; e PDGF-BB.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV