Resultado da pesquisa (2)

Termo utilizado na pesquisa Amazônia Oriental

#1 - Livestock rabies in Pará state, Brazil: a descriptive study (2004 to 2013)

Abstract in English:

Rabies is an important zoonosis to public health associated with lethal encephalitis and economic losses. Analysis of its spatial distribution is a meaningful tool in understanding its dispersion, which may contribute to the control and prophylaxis of the disease. This study analyzed the spatial-temporal distribution of rabies outbreaks in livestock in Pará state, Brazil, from 2004 to 2013. We used records of neurological syndromes obtained from the state’s livestock authority (Adepará). The analysis recorded 711 neurological syndromes reports in livestock, of which 32.8% were positive for rabies. In 8% of the neurological syndromes (n=57) was not possible to perform the analysis because of bad-packaging conditions of the samples sent. Outbreaks involved at least 1,179 animals and cattle were the most affected animal species (76.8%). The numbers of reported neurological syndromes and of rabies outbreak shad strong positive correlation and exhibited decreasing linear trend. Spatially, most outbreaks occurred in two mesoregions in Pará (Northeast and Southeast). One of the justifications for this spatial distribution may be related with the distribution of the animals in the state, since these mesoregions are the largest cattle producers in Pará and have most of their territory deforested for pasture implementation.

Abstract in Portuguese:

A raiva é uma zoonose importante para a saúde pública associada à encefalite letal e às perdas econômicas. A análise de sua distribuição espacial é uma ferramenta importante no entendimento de sua dispersão, o que pode contribuir para o controle e a profilaxia da doença. Este estudo analisou a distribuição espaço-temporal do surto de raiva em rebanhos no estado do Pará, Brasil, entre 2004 e 2013. Foram utilizados registros de síndromes neurológicas obtidas junto à agência de defesa agropecuária do estado (Adepará). A análise revelou 711 notificações de síndromes neurológicas em herbívoros, das quais 32,8% foram positivas para raiva. Em 8% das síndromes neurológicas (n=57) não foi possível realizar as análises devido às más condições das amostras enviadas. Surtos envolveram pelo menos 1.179 animais e os bovinos foram a espécie animal mais afetada (76,8%). Os números de síndromes neurológicas relatadas e de surtos de raiva apresentam forte correlação positiva e exibem tendência linear decrescente. Espacialmente, a maioria dos surtos ocorreu em duas mesorregiões no Pará (Nordeste e Sudeste). Uma das justificativas para essa distribuição espacial pode estar relacionada à distribuição dos animais no estado, uma vez que essas mesorregiões são os maiores produtores de gado do Pará e possuem grande parte do seu território desflorestado para implantação de pastagens.


#2 - Hematologic and biochemical profile of buffaloes (Bubalus bubalis) in Eastern Amazonia, 34(Supl.1):57-63

Abstract in English:

ABSTRACT.- Fontes D.G., Monteiro M.V.B., Jorge E.M., Oliveira C.M.C., Ritter R.A., Barbosa J.D., Silva Filho E. & Monteiro F.O.B. 2014. [Hematologic and biochemical profile of buffaloes (Bubalus bubalis) in Eastern Amazonia.] Perfil hematológico e bioquímico de búfalos (Bubalus bubalis) na Amazônia Oriental. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(Supl.1):57-63. Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal na Amazônia, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR 316, km 61, Bairro Saudade Castanhal, PA 68740-970, Brazil. E-mail: deisegaia@yahoo.com Complete blood cell count and biochemical testing are exams routinely used in assessing the health of domestic animals, including buffaloes. In the Amazon region, research on this subject is scarce. Thus, the aim of this study was to establish reference intervals for hematology and blood chemistry of Bubalus bubalis raised in eastern Amazon and evaluate the effects of age and sex on biochemical and hematological values. Seventy-three (n=73) Murrah buffaloes were divided into three groups, group 1 (G1, n=22): animals from two to eight months, group 2 (G2, n=23): animals from nine months to two years and group 3 (G3, n=28): animals over two years. Blood counts and biochemical analyzes were performed on automated equipment. The reference intervals were established as recommended by Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Tukey and Kruskal-Wallis tests were used to evaluate the effect of gender and age, with differences considered significant when P <0.05. There was influence of age on the values of red blood cells (RBC), packed cell volume (PCV), hemoglobin , leukocytes, lymphocytes, eosinophils, neutrophils, platelets, mean platelet volume (MPV), Mean Corpuscular Volume (MCV), Mean Corpuscular Hemoglobin (HCM), Red Blood Cell Distribution Width (RDW) and the proportion of neutrophil: lymphocyte (N:L). The gender affected MCV and the Platelets Distribution Width (PDW), which were higher (P<0.05) in females, while RDW was higher in males. Comparing the biochemical parameters among age groups, it was found that age influenced the activity of the enzymes aspartate aminotransferase (AST) and alkaline phosphatase (ALP) and the concentrations of creatinine, total protein and direct bilirubin. Creatinine concentrations and direct bilirubin were significantly higher in animals of older age. The gender affected the activity of AST and the concentration of direct bilirubin, which were higher (P <0.05) in males. Hematological and biochemical values set in this study can be used as a reference for buffaloes bred in eastern Amazon.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Fontes D.G., Monteiro M.V.B., Jorge E.M., Oliveira C.M.C., Ritter R.A., Barbosa J.D., Silva Filho E. & Monteiro F.O.B. 2014. [Hematologic and biochemical profile of buffaloes (Bubalus bubalis) in Eastern Amazonia.] Perfil hematológico e bioquímico de búfalos (Bubalus bubalis) na Amazônia Oriental. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(Supl.1):57-63. Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal na Amazônia, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR 316, km 61, Bairro Saudade Castanhal, PA 68740-970, Brazil. E-mail: deisegaia@yahoo.com O hemograma e as dosagens bioquímicas são exames rotineiramente utilizados na avaliação da saúde dos animais domésticos, incluindo os búfalos. Na região Amazônica pesquisas nessa temática ainda são escassas. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi estabelecer intervalos de referência para hematologia e bioquímica sanguínea de Bubalus bubalis criados na Amazônia Oriental e avaliar os efeitos da idade e do sexo sobre os valores bioquímicos e hematológicos obtidos. Foram utilizados 73 animais da raça Murrah, divididos em três grupos, o grupo 1 (G1, n=22) com animais de dois a oito meses, grupo 2 (G2, n=23) com animais de nove a dois anos e o grupo 3 (G3, n=28) com animais com mais de dois anos. Os hemogramas e as análises bioquímicas foram realizados em equipamentos automatizados. Os intervalos de referência foram estabelecidos conforme as recomendações do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI). Para avaliar o efeito do sexo e da idade foram utilizados os testes de Tukey, e Kruskal-Wallis, sendo as diferenças consideradas significativas quando P<0,05. Houve influencia da idade sobre os valores de hemácias (He), hematócrito (Ht), hemoglobina (Hb), leucócitos, linfócitos, eosinófilos, neutrófilos, plaquetas, volume plaquetário médio (VPM), índices hematimétricos (Volume Globular Média - VGM, Hemoglobina Corpuscular Média - HCM, e Coeficiente de variação eritrocitário - RDW) e relação neutrófilo:linfócito (N:L). O sexo influenciou o valor do VGM e do índice de amplitude de distribuição do tamanho da plaqueta (PDW) que foram maiores (P<0,05) nas fêmeas, enquanto o RDW foi maior nos machos. Na comparação dos parâmetros bioquímicos entre as faixas etárias, verificou-se que a idade influenciou a atividade das enzimas aspartato aminotransferase (AST) e fosfatase alcalina (FA) e as concentrações de creatinina, proteínas totais e bilirrubina direta. As concentrações de creatinina e bilirrubina direta foram significativamente maiores nos animais da maior faixa etária. O sexo influenciou a atividade da AST e a concentração de bilirrubina direta, que foram maiores (P<0.05) nos machos. Os valores hematológicos e bioquímicos estabelecidos podem ser utilizados como referência para búfalos criados na Amazônia Oriental.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV