Resultado da pesquisa (2)

Termo utilizado na pesquisa Antonelli A.C.

#1 - Cattle Tick Fever in semi-arid of Pernambuco

Abstract in English:

This study aimed to determine the seroprevalence of Babesiosis and Anaplasmosis in cattle from the municipalities of Ouricuri and Petrolina, state of Pernambuco, Brazil, and to define the risk factors for the occurrence of the diseases. Blood samples were collected for serologic testing by Indirect Immunofluorescence Assay (IFA). Sanitary epidemiological questionnaires were applied to the producers aiming to identify possible risk factors. Ticks were collected, identified and tested by Polymerase Chain Reaction (PCR) for the diagnosis of infection by Anaplasma marginale, Babesia bigemina and Babesia bovis. The study was conducted with 861 cattle, being 468 in Petrolina and 393 in Ouricuri. The seroprevalence of A. marginale, B. bigemina and B. bovis in Petrolina was of 35.0% (164/468), 35.9% (168/468) and 32.3% (151/468), respectively; and in Ouricuri was 45.5% (179/393), 38.6% (152/393), and 54.9% (216/393), respectively. Co-infection for Anaplasma spp. and Babesia spp. was observed in 31.6% and 32.1% samples of Petrolina and Ouricuri, respectively. The detection of DNA of Babesia spp. by PCR was possible in 5.8% (8/137) ticks; which 62.5% (5/8) was detected later infection with B. bovis; and 23.3% (32/137) with A. marginale. The presence of ticks, the use of acaricide, age, race, and county of residence of the animals were identified as risk factors for TBD by univariate analysis and multivariate. This study allowed the characterization of the municipalities studied as enzootic instability areas for these hemoparasitic, and consequently alert for adoption of adequate control measures and new studies.

Abstract in Portuguese:

Este estudo objetivou determinar a soroprevalência da Babesiose e Anaplasmose em bovinos dos municípios de Ouricuri e Petrolina, estado de Pernambuco, Brasil; e definir os possíveis fatores de risco para a ocorrência dessas doenças. Amostras de sangue foram coletadas para realização de teste sorológico por Imunofluorescência Indireta (RIFI). Questionários epidemiológicos sanitários foram aplicados aos produtores com o objetivo de identificar possíveis fatores de risco. Carrapatos foram coletados, identificados e testados por Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) para o diagnóstico da infecção por Anaplasma marginale, Babesia bigemina e Babaesia bovis. O estudo foi conduzido com 861 bovinos, sendo 468 de Petrolina e 393 de Ouricuri. A soroprevalência de A. marginale, B. bigemina e B. bovis em Petrolina foi de 35,0% (164/468), 35,9% (168/468) e 32,3% (151/468), respectivamente; e em Ouricuri foi de 45,5% (179/393), 38,6% (152/393) e 54,9% (216/393), respectivamente. A co-infecção por Anaplasma spp. e Babesia spp. foi observada em 31,6% e 32,1% de amostras de Petrolina e Ouricuri, respectivamente. A detecção de DNA de Babesia spp. por PCR foi possível em 5,8% (8/137) carrapatos, dos quais em 62,5 % (5/8) foi detectada posteriormente infecção por B. bovis, e em 23,3% (32/137) por A. marginale. A presença de carrapatos, o uso de acaricidas, idade, raça, e o município de residência dos animais foram identificados como fatores de risco para TPB pela análise univariável e multivariável. Este estudo permitiu caracterizar os municípios estudados como de instabilidade enzoótica para esses hemoparasitos, e consequentemente, alertar para adoção de medidas adequadas de controle e realização de novos estudos.


#2 - Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil, 35(9):767-774

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com For the determination of copper concentration and its antagonists, 160 serum and liver samples were used, from goat and sheep sent to the municipal slaughterhouse of Petrolina. The samples were correlated with the same animal, in order to prevent errors in data collection. Serum ceruloplasmin activity was determined by colorimetric method. For determination of minerals, the samples were diluted six to twenty times with Milli-Q water. For determining concentrations of mineral elements in the liver, the samples were digested until achieving a solution that maintained the initial sample and minerals totally liquid, without the presence of solid particles which could clog the capillary suction of the spectrometer and prevent reading of samples. The concentrations of copper, molybdenum, iron and zinc were determined by optical emission spectrometry (ICP). Thus, the experiment was conducted to determine the occurrence and distribution of copper deficiency in the San Francisco valley of Pernambuco. No copper deficiency was revealed in this region of the state of Pernambuco, when the mean levels of hepatic copper were evaluated. Zinc levels were within a normal range, whereas iron levels were higher in sheep, and lower levels of molybdenum in goats. It was also found that the activity of ceruloplasmin was an indicator of serum copper.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva Júnior S.S., Antonelli A.C., Soares G.W.N., Gomes I.M.M. & Rocha Filho J.F. 2015. [Determination of copper and other minerals in goats and sheep of the San Francisco river valley in Pernambuco, Brazil.] Determinação de cobre e outros minerais em caprinos e ovinos criados no sertão do vale do Rio São Francisco, Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(9):767-774. Departamento de Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Rodovia BR-407 Km 12, Lote 543, Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho s/n, C1, Petrolina, PE 56300-990, Brazil. E-mail: salvador.veterinario@hotmail.com Para a determinação dos teores de cobre e de seus antagonistas, foram utilizadas 160 amostras de soro e de fígados, de caprinos e ovinos enviados ao matadouro municipal de Petrolina. As amostras de fígado e soro foram correlacionadas para o mesmo animal, a fim de evitar erros na obtenção dos dados. No soro a atividade da ceruloplasmina foi determinada por método colorimétrico. Para a determinação dos minerais, as amostras foram diluídas de seis a vinte vezes com água Milli-Q. Para determinação das concentrações dos elementos minerais no fígado, as amostras foram digeridas até que se obtivesse uma solução que mantivesse os minerais da amostra inicial e que fosse totalmente liquida, sem a presença de partículas sólidas que pudessem obstruir os capilares de sucção do espectrômetro e assim impedir as leituras das amostras. As concentrações de cobre, molibdênio, ferro e zinco foram determinadas através de espectrometria óptica por emissão de plasma (ICP). Desta forma, foi conduzido o experimento objetivando determinar a ocorrência e distribuição da carência de cobre no território do sertão do vale do rio São Francisco em Pernambuco. Foi observado que não houve carência de cobre nesta região do estado de Pernambuco, quando se avaliou os níveis médios de cobre hepático,. Os níveis de zinco estavam dentro de um padrão de normalidade, enquanto que os níveis de ferro foram mais elevados em ovinos, e os níveis de molibdênio mais reduzidos em caprinos. Verificou-se também que a atividade de ceruloplasmina foi um indicador dos níveis séricos de cobre.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV
-->