Resultado da pesquisa (6)

Termo utilizado na pesquisa Barros Filho I.R.

#1 - Prevalence of bovines persistently infected with bovine viral diarrhea virus (BVDV) in dairy cattle herds in Paraná State, Brazil

Abstract in English:

This study aimed to establish the prevalence of animals persistently infected (PI) with bovine viral diarrhea virus (BVDV) in dairy farms at Parana State, Brazil. Samples were collected from 6,465 female Holstein Friesian Dairy Cattle, including animals less than two years old, females over two years old who had not given birth at the farm, and mothers of calves diagnosed as persistently infected. The cattle came from 40 dairy herds distributed in 10 municipalities in the State of Paraná. The samples were obtained from May 2015 to August 2018. The diagnosis of PI animals was made with an antigen-capture ELISA test. We detected PI animals in fifteen herds sampled (37.5%), ranging from one to sixteen animals per herd. The prevalence in Parana State’s municipalities was 1.78%, ranging from 0.3 to 8.9% at positive herds. The analysis of the individual herds shows significant dissemination of the BVDV in Parana’s municipalities, including endemic areas. With this, we highlight the need for measures to raise awareness among producers about the existence and importance of bovine viral diarrhea (BVD) in dairy herds, reinforcing the PI animals’ role in disease epidemiology and the economic impact caused by the maintenance of these farm animals.

Abstract in Portuguese:

Com o intuito de se estabelecer a prevalência de animais persistentemente infectados (PI) com o BVDV em propriedades leiteiras no estado do Paraná. Foram coletadas amostras de 6.465 bovinos, fêmeas, da raça Holandês Preto e Branco (HPB). Amostraram-se animais com idade inferior a dois anos, fêmeas com mais de dois anos que não haviam tido partos na propriedade, e mães de bezerros que foram diagnosticados como persistentemente infectados. Os bovinos foram provenientes de 40 rebanhos leiteiros, distribuídos em 10 municípios no Estado do Paraná. A coleta deu-se no período de maio de 2015 a agosto de 2018. O diagnóstico dos animais PI foi feito por meio do teste de ELISA de captura de antígeno. Animais PI foram detectados em quinze rebanhos amostrais (37,5%), oscilando entre um e dezesseis animais por rebanho. A prevalência nos municípios do estado Paraná foi de 1,78%, oscilando entre 0,3 a 8,9% nos rebanhos positivos. Com a alta prevalência de animais PI observada, quando analisados os rebanhos amostrais individualmente, é possível afirmar que há uma disseminação importante do BVDV em municípios paranaenses, destacando inclusive áreas endêmicas. Com isso, vê-se a necessidade de medidas de conscientização dos produtores sobre a existência e importância da BVD nos rebanhos, destacando o papel dos animais PI na epidemiologia da doença, bem como o impacto econômico causado pela manutenção desses animais nos rebanhos.


#2 - One-step laparoscopic abomasopexy versus abomasopexy via right paralumbar fossa to treat left abomasal displacement in dairy cows

Abstract in English:

This study aimed to compare the clinical and metabolic results obtained by use of one-step laparoscopic abomasopexy and right paralumbar fossa abomasopexy for the treatment of left displaced abomasum in dairy cows. Thirty Holstein-Friesian dairy cows were randomly placed in two groups: G1, with 15 animals treated by one-step laparoscopic abomasopexy; and G2, with 15 animals treated by right paralumbar fossa ventral abomasopexy. Concentrations of sodium, potassium, chloride, bicarbonate, base excess (BE), pH, partial pressure of carbon dioxide (pCO2) strong ion difference (SID), anion gap (AG), glucose, β-hydroxybutyrate (BHBA) and non-esterified fatty acids (NEFA) were measured before (M0) and 24 (M1), 48 (M2) and 72 (M3) hours following surgery. Laparotomy was statistically faster than laparoscopy. Hypochloremia was observed only in G2 at M0. Hypokalemia and hypocalcemia were observed in both groups at M0, increasing after surgery. Metabolic alkalosis in both groups before surgery was characterized by high bicarbonate, pCO2, and BE, which decreased in subsequent time points, as well as blood pH. Glucose was statistically increased and NEFA and BHBA were statistically decreased in G2 compared to G1. In G1, NEFA and BHBA decreased significantly following surgery. Both surgical techniques restored abomasal flow and feed intake in both groups. Based in acid-base status, one-step laparoscopy showed no additional advantage in comparison with abomasopexy via right paralumbar fossa.

Abstract in Portuguese:

Este estudo objetivou comparar as técnicas de abomasopexia por laparoscopia em um passo e abomasopexia por laparotomia pelo flanco direito, no tratamento do deslocamento de abomaso à esquerda (DAE) em vacas leiteiras quanto a recuperação clínica no pós-operatório, utilizando parâmetros clínicos, metabólicos e eletrolíticos. Trinta vacas Holandesas preto e brancas foram distribuídas de forma aleatória em dois grupos: G1 com 15 animais tratados pela técnica de abomasopexia em um passo; e G2, com 15 animais tratados pela abomasopexia por laparotomia pelo flanco direito. Foram mensuradas as concentrações séricas de sódio, potássio, cloro, bicarbonato, excesso de base (BE), pH sanguíneo, pressão parcial de gás carbônico (pCO2), diferença de íons fortes (SID), ânion gap AG), glicose, β-hidroxibutirato (BHBA) e ácidos graxos não esterificados (NEFA). As variáveis foram mensuradas antes da operação e 24, 48 e 72 horas após operação. A laparotomia foi estatisticamente mais rápida do que a laparoscopia no tratamento do DAE. Hipocloremia foi observada somente nas vacas do G2 antes da cirurgia. Alcalose metabólica em ambos os grupos antes da operação foi caracterizada pelo aumento do bicarbonato, pCO2 e BE, os quais diminuíram significativamente nos momentos subsequentes, assim como o pH sanguíneo. A concentração de glicose apresentou aumento significativo no G2 em comparação ao G1, enquanto o BHBA e o NEFA estavam estatisticamente diminuídos. Ambas as técnicas restauraram o fluxo abomasal e o consumo de alimentos em ambos os grupos. Baseado no equilíbrio ácido-base, a técnica de laparoscopia não demonstrou vantagens sobre a técnica cirúrgica tradicional.


#3 - Serosurvey of bluetongue, caprine arthritis-encephalitis (CAE) and Maedi-Visna in Barbary sheep (Ammotragus lervia) of a southern Brazilian zoo

Abstract in English:

Bluetongue (BT) is an infectious and non-contagious disease of compulsory notification which may affect domestic and wild ruminants, transmitted by Culicoides spp. midges. Despite the high morbidity and mortality in sheep, role of wild animals in the BT cycle remains unclear. Caprine arthritis-encephalitis (CAE) and Maedi-Visna virus (MVV) have been reportedly found in goats and sheep, but not described in wildlife species. Accordingly, serum samples from 17 captive Barbary sheep (Ammotragus lervia) from Curitiba zoo, southern Brazil, were tested for bluetongue, caprine arthritis-encephalitis (CAE) and Maedi-Visna viruses by agar gel immunodiffusion (AGID) and enzyme linked immunosorbent assay (ELISA). Antibodies for bluetongue were observed in 6/17 (35.3%) Barbary sheep by AGID test and in 7/17 (41.2%) by ELISA. All samples were negative for the presence of antibodies against caprine arthritis-encephalitis (CAE) and Maedi-Visna viruses. These findings indicate that Barbary sheep may be infected by bluetongue virus and act as wildlife reservoir in both captive and free-range environments.

Abstract in Portuguese:

A língua azul é uma doença infecciosa e não contagiosa, de notificação obrigatória, que pode afetar ruminantes domésticos e silvestres, transmitida por mosquitos do gênero Culicoides spp. Apesar da alta morbidade e mortalidade em ovelhas, o papel de animais silvestres no ciclo do vírus da língua azul é desconhecido. A artrite encefalite caprina (CAE) e Maedi-visna vírus (MVV) tem sido encontrados em cabras e ovelhas, porém não há descrição em espécies selvagens. Amostras de soro de 17 aoudads (Ammotragus lervia), mantidos em cativeiro no Zoológico de Curitiba, Sul do Brasil, foram testadas para os vírus da língua azul, da artrite encefalite caprina (CAE) e Maedi-visna, utilizando imunodifusão em gel de ágar e o teste de ELISA (enzyme linked immunosorbent assay). Foram observados anticorpos para o vírus da língua azul em 35,3% (6/17) aoudads utilizando a imunodifusão em gel de ágar e 41,2% (7/17) no ELISA. Todas as amostras foram negativas para a presença de anticorpos contra os vírus da artrite encefalite caprina e Maedi-visna. Esses resultados indicam que os aoudads podem ser infectados pelo vírus da língua azul e atuar como um reservatório silvestre tanto em cativeiro quanto em vida livre.


#4 - Fractional excretion of electrolytes and paradoxical aciduria in dairy cows with left displaced abomasum

Abstract in English:

The fractional excretion of electrolytes is used to assess renal function and interpret electrolyte and acid-base imbalances. Left displaced abomasum is a common disorder in dairy cows, which causes hypokalemic, hypochloremic metabolic alkalosis. There is limited information on fractional excretion of electrolytes in cows with displaced abomasum. This study aimed to measure the fractional excretion of sodium, potassium, and chloride and paradoxical aciduria in dairy cows with displaced abomasum. Blood and urine samples were collected from 30 dairy cows before and 24, 48, and 72 h after surgery. The cows were divided into two groups (G1: laparoscopy and G2: laparotomy) with 15 cows each. The concentrations of chloride, sodium, potassium, and creatinine were measured in serum and urine. Urinary pH and packed cell volume were measured. Fractional excretion of sodium, potassium, and chloride and urinary strong ion difference [SID]urine were calculated using published formulas. Cows in both groups showed hypokalemic, metabolic alkalosis before surgery; however, hypochloremia was observed only in G2. Potassium concentration significantly increased 24, 48, and 72 h after surgery in G1 and 48 and 72 h after surgery in G2. There were no significant changes in fractional excretion of sodium, chloride, and potassium and urinary pH and [SID]urine between treatments and time points. Paradoxical aciduria was observed before and 24 h following surgery in G1. Fractional excretion and urinary SID are valuable tools to understand hypochloremic, hypokalemic alkalosis in dairy cows with displaced abomasum, as well as paradoxical aciduria and return of abomasal flux.

Abstract in Portuguese:

A excreção fracionada de eletrólitos é calculada para verificar a função renal e auxiliar na interpretação de distúrbios eletrolíticos e ácido-base. O deslocamento de abomaso à esquerda é frequente em vacas leiteiras, ocasionado alcalose hipoclorêmica e hipocalêmica. Há pouca informação na literatura sobre excreção fracionada de eletrólitos em vacas com deslocamento de abomaso. Este estudo objetivou mensurar a excreção fracionada de sódio, potássio e cloro e a acidúria paradoxal em vacas leiteiras com deslocamento abomasal. Amostras sanguíneas e urinárias foram coletadas de 30 vacas antes e 24, 48 e 72 horas após operação. As vacas foram divididas em dois grupos (G1: laparoscopia e G2: laparotomia) com 15 animais cada. As concentrações de cloro, sódio, potássio e creatinina foram dosadas no soro e urina. Mensurou-se pH urinário e o hematócrito. A excreção fracionada e diferença de íons fortes urinário [SID]urina foram calculados utilizando fórmulas publicadas. Vacas de ambos os grupos apresentaram alcalose hipocalêmica antes da operação. Não houve alterações significativas na excreção fracionada de sódio, potássio e cloro, no pH urinário e na [SID]urina entre os tratamentos e momentos. Acidúria paradoxal foi observada no G1 antes e 24h após operação. A excreção fracionada e [SID]urina são ferramentas importantes para interpretar a alcalose hipoclorêmica e hipocalêmica em vacas leiteiras com deslocamento de abomaso, como também a acidúria paradoxal e o retorno do fluxo abomasal.


#5 - Serological survey of anti-Leptospira spp. antibodies in Barbary sheep (Ammotragus lervia) at the Curitiba Zoo, southern Brazil

Abstract in English:

Leptospirosis is a worldwide zoonosis, affecting humans, domestic and wild animals. The present study aimed to evaluate prevalence of anti-Leptospira spp. antibodies in Barbary sheep at the Curitiba zoo. Microscopic agglutination test (MAT) was performed using 17 serogroups. Antibodies against Leptospira spp. were observed in 23.5% samples and Icterohaemorrhagiae was the only prevalent serogroup. The presence of anti-Leptospira antibodies in Barbary sheep indicates exposure to leptospires; thus monitoring and preventive measures are necessary in zoo’s captive animals, since they can act as sentinels of environmental exposure in an area with high movement of people.

Abstract in Portuguese:

A leptospirose é uma zoonose mundial que afeta seres humanos, animais domésticos e selvagens. O presente estudo objetivou avaliar a prevalência de anticorpos anti-Leptospira spp. em aoudads do zoológico de Curitiba. Foi realizado o teste de Soroaglutinação microscópica (SAM) utilizando 17 sorogrupos. Anticorpos contra Leptospira spp. foram observados em 23.5% das amostras de aoudads e Icterohaemorrhagiae foi o único sorogrupo prevalente. A presença de anticorpos em aoudads indica exposição a leptospiras portanto monitoramento e medidas preventivas são necessários em animais confinados em zoológicos, uma vez eles podem atuar como sentinelas de exposição ambiental em uma área com alta circulação de pessoas.


#6 - Epidemiological and clinical aspects of the epizootic botulism of cattle in the State of São Paulo

Abstract in English:

In order to investigate epidemiological and clinical aspects of beef cattle mortalities caused by botulism, a syndrome popularly known as "doença da vaca caída", studies were carried out in 32 naturally affected 4 to 9 year old cows, 27 belonging to the Nellore breed and 5 to crossbred Nellore, all from 27 farms located in municipalities near Botucatu, State of São Paulo. The epidemiological anel clinical features were based, respectively, on the farm and herd managements, and on the general physical examination of the cows. Mouse bioassay anel complement microfixation tests were performed to detect the presence of botulinum toxins in liver samples. The results showed that the disease occurs in beef cattle of range breeding systems, reared under inadequate mineral nutrition and deficient health management. Pregnant and milking cows represented the group at risk, anel the incidence was higher during the rainy season (December to March), with morbidity and mortality rates of 3,2 ± 3,6%. Clinical examination revealed cows with no alterations of vital signs, behavior, visual and auditory acuities and skin sensation; but revealed ruminai hypomotility, anorexia, dehydration, flaccid para or tetraparesis with permanent recumbency, and a paretic or paralytic tongue. The diagnosis of botulism, involving type C and D toxins, was consistent with the epidemiological and clinical findings.

Abstract in Portuguese:

Com o objetivo de verificar aspectos epidemiológicos e clínicos da mortalidade de vacas de corte causada pelo botulismo, popularmente conhecida como "doença da vaca caída", estudaram-se 32 vacas (27 da raça Nelore e 5 mestiças), entre 4 e 9 anos de idade, naturalmente acometidas, e pertencentes a 27 propriedades rurais distintas, localizadas em 17 municípios próximos a Botucatu, Estado de São Paulo. As caracterizações da epidemiologia e do conjunto de sintomas basearam-se, respectivamente, no histórico dos rebanhos acometidos e no exame clínico das vacas estudadas, com análise estatística descritiva. Empregaram-se as provas de inoculação em camundongos e de microfixação de complemento para a detecção de toxinas botulínicas em amostras de fígado colhidas durante a necropsia dos animais. Os resultados apontaram a ocorrência da doença em rebanhos de corte, explorados extensivamente, com manejas de suplementação mineral e sanitário inadequados. A incidência foi maior de dezembro a março, em vacas prenhes ou lactantes, com coeficientes de morbidade e mortalidade de 3,2 ± 3,6%. Clinicamente observaram-se funções vitais, comportamento, visão, audição e sensibilidade cutânea normais, porém hipotonia ruminal, anorexia, desidratação, para ou. tetraparesia flácidas com decúbito permanente e diminuição ou ausência do tônus da língua. O diagnóstico de botulismo, com envolvimento das toxinas tipos C e D, foi coerente com as observações epidemiológicas e clínicas.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV