Resultado da pesquisa (1)

Termo utilizado na pesquisa Bento M.F

#1 - Ozonized solutions favor the repair of experimentally induced skin wounds in rats

Abstract in English:

This study aimed to evaluate and compare the effects of ozonized solutions on tissue wound repair in rats. Treatments consisted of ozonized water (GA), 0.9% sodium chloride (GCL), ozonized oil (GO), and 0.2% allantoin cream (GAL). The morphometric evaluation showed that wounds of the GA group presented a higher degree of retraction (p<0.05) at three and eight days of treatment (37.96 and 84.81%, respectively). Picrosirius red staining showed that groups GA and GO presented higher deposition (p<0.05) of type I collagen at 15 and 22 days of treatment, respectively. The neovascularization was higher in wounds of group GO on days 3, 8, and 15 (p<0.05), with higher VEGF immunostaining. (p<0.05). Thus, ozonized water enhances wound retraction and assists in the maturation and remodeling phase, while ozonized oil promotes higher neovascularization during tissue repair and higher deposition of type I collagen from the third week of treatment.

Abstract in Portuguese:

O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar os efeitos de soluções ozonizadas sobre o reparo tecidual de feridas em ratos. Foram realizados os tratamentos: água ozonizada (GA), cloreto de sódio 0,9% (GCL), óleo ozonizado (GO) e creme de alantoína 0,2% (GAL). À avaliação morfométrica, as feridas do grupo GA apresentaram maior grau de retração (p<0,05) aos três e oito dias de tratamento (37,96% e 84,81%, respectivamente). A coloração de picrosirius red mostrou que os grupos GA e GO apresentaram maior deposição (p<0,05) de colágeno do tipo I aos 15 e aos 22 dias de tratamento, respectivamente. Já a variável neovascularização foi maior (p<0,05) nas feridas do grupo GO nos dias três, oito e 15, o que fora ratificado à imunoistoquímica, com maior imunomarcação de VEGF nas feridas do grupo GO (p<0,05). Conclui-se que a água ozonizada potencializa a retração da ferida e auxilia na fase de maturação e remodelamento, enquanto o óleo ozonizado promove maior neovascularização durante o reparo tecidual e maior deposição de colágeno do tipo I a partir da terceira semana de tratamento.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV