Resultado da pesquisa (1)

Termo utilizado na pesquisa Biihrer D.A

#1 - Serological survey of bluetongue virus in sheep from Minas Gerais

Abstract in English:

Bluetongue is an infectious, non-contagious disease that affects domestic and wild ruminants, caused by a virus from the Orbivirus genus, Reoviridae family, transmitted by arthropod vectors of the Culicoides genus. This paper aims to be the first serological survey of bluetongue in sheep from the Meso-regions of Campo das Vertentes and South and Southeast of Minas Gerais. Samples were collected from sheep from different properties. The serum samples were submitted to Agar Gel Immunodiffusion (AGID) and competitive Enzyme-Linked Immunosorbent Assay (cELISA). 303 serum samples were submitted to AGID and cELISA. In these samples, 164 (54.13%) were positive in the AGID technique, and 171 (56.44%) positive in the cELISA technique, with an almost perfect agreement between the techniques (kappa index = 0.887). In all visited properties, positive animals have been found in the herd. Animals acquired from properties of the studied mesoregions were more likely to be positive in IDGA and cELISA tests than animals acquired from properties in other regions of Brazil (p<0.001). These results suggest that bluetongue virus (BTV) is widespread in the mesoregions of Campo das Vertentes and South and Southeast of Minas Gerais.

Abstract in Portuguese:

A língua azul (LA) é uma doença infecciosa, não contagiosa, que acomete ruminantes domésticos e silvestres, causada por um vírus do gênero Orbivirus da família Reoviridae, transmitida por vetores artrópodes do gênero Culicoides. O presente estudo representa o primeiro trabalho a realizar um inquérito sorológico da língua azul em rebanhos ovinos nas Mesorregiões de Campo das Vertentes e Sul e Sudoeste de Minas Gerais. Foram coletadas amostras de soro de ovinos de diferentes propriedades. As amostras de soro foram submetidas aos testes de imunodifusão em gel de ágar (IDGA) e ensaio de imunoadsorção enzimática por competição (cELISA). Ao todo 303 amostras de soro foram submetidas ao IDGA e cELISA. Dessas amostras, 164 (54,13%) foram positivas na técnica de IDGA e 171 (56,44%) positivas na técnica de cELISA, havendo concordância quase perfeita entre as técnicas (índice kappa = 0,887). Em todas as propriedades visitadas, foram encontrados animais positivos no rebanho. Animais adquiridos de propriedades das Mesorregiões estudadas, tiveram mais chances de serem positivos nos testes de IDGA e cELISA do que animais adquiridos de propriedades de outras Regiões do Brasil (p<0,001). Esses resultados sugerem que o vírus da língua azul encontra-se disseminado em ovinos nas Mesorregiões de Campo das Vertentes e Sul e Sudoeste de Minas Gerais.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV