Resultado da pesquisa (46)

Termo utilizado na pesquisa Colodel E.M

#1 - Is it possible to integrate livestock into biodiversity conservation? Case study of sheep depredation by puma (Puma concolor)

Abstract in English:

In several parts of Latin America, the expansion of agriculture over the years has caused loss and reduction of wild fauna natural habitat. Recently, deaths of sheep and cattle have increased due to predation by large carnivores and the resulting retaliation by farmers on predators. Consequently, populations of these top predators have been reduced or have got even locally extinct, leading to imbalances on ecosystems, altered because of the carnivore effects on prey dinamics. The objective of this study is to analyse sheep depredation by puma (Puma concolor), in Central Brazil and in the Colombian Andes and point out preventive and mitigating measures that can be implemented in rural areas. From 2005 to 2014, we visited a ranch in Alto Paraguai, Mato Grosso, Brazil for diagnostic purposes and we compared the death of sheep from diseases and depredation attacks. In 2014, we visited a rural area in the central region of Departamento del Valle del Cauca, at 2814m of altitude in the Colombian Andes, to diagnose sheep predation, implement preventive measures, and evaluate their effectiveness. The results reveal that economic losses due to predation are critical on both studied regions and similar to losses by diseases in Mato Grosso state, Brazil. Thus, we recommend the integration of health management, preventive measures as well as mitigation of depredatory attacks at the local scale and we discuss potential sustainable measures that can be locally implemented by farmers. Furthermore, we recommend that public policies should incorporate scientific results on human-wildlife conflicts to be effective, considering both livestock management and biodiversity conservation.

Abstract in Portuguese:

Em diversas partes da América Latina, a perda e diminuição do habitat natural de animais silvestres ocorre em função do aumento das atividades agropecuárias. Nos últimos anos o número de mortes de animais de criação por depredação tem aumentado, bem como a consequente retaliação aos predadores. Como resultado destas ações, ocorre à extinção ou redução das populações destes predadores de topo, provocando perdas ecológicas. Esse estudo teve como objetivo apontar medidas preventivas e mitigatórias da depredação de ovinos por onça-parda (Puma concolor). Através da análise de dois estudos de casos de depredação no Centro-Oeste brasileiro e na região dos Andes Colombianos, levantamos soluções alternativas sustentáveis para que profissionais e criadores possam se prevenir desta ameaça ao rebanho ovino. Um estudo de caso foi realizado em fazenda no município de Alto Paraguai, Mato Grosso. Entre os anos 2005 e 2014 houve visitas na propriedade para diagnóstico de doenças e realizou-se estudo comparativo da quantidade de mortes por doenças com as mortes por depredação. No ano de 2010 ocorreu um ataque depredatório que resultou em morte de seis ovinos. Em 2014, realizou-se um estudo na região central do Departamento del Valle del Cauca, há 2814m de altitude nos Andes colombianos, para diagnosticar a depredação de gado na região e implementar medidas para prevenir sua ocorrência e avaliar sua eficácia. No total, foram implementadas medidas anti-depredação sobre oito propriedades, e entre elas, um curral com cerca elétrica para ovelhas foi implementada em uma fazenda no município de Tuluá. Os resultados mostram que as perdas econômicas por depredação são graves nas duas regiões estudadas e se equiparam a perdas por doenças no estudo de caso em Mato Grosso, Brasil. Portanto recomenda-se a combinação entre o manejo sanitário, métodos de prevenção e, se necessário, mitigação de ataques depredatório. Além disso, legisladores devem se associar a pesquisadores para traçar estratégias efetivas para esse sério problema na América Latina.


#2 - Hemolytic anemia in beef cattle in extensive system farming in Mato Grosso and Rondônia, 38(8):1475-1483

Abstract in English:

ABSTRACT.- Rondelli L.A.S., Becker M., Caldeira F.H.B., Ribeiro M., Furlan F.H., Colodel E.M., Pescador C.A. & Antoniassi N.A.B. 2018. [Hemolytic anemia in beef cattle in extensive system farming in Mato Grosso and Rondônia.] Anemia hemolítica em bovinos de corte em sistema de criação extensiva em Mato Grosso e Rondônia. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(8):1475-1483. Faculdade de Veterinária, Universidade Federal de Mato Grosso, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Boa Esperança, Cuiabá, MT 78060-900, Brazil. E-mail: naassi@gmail.com Cases of hemolytic anemia in beef cattle in na extensive breeding system in Mato Grosso and Rondônia have been monitored since 2008. The affected animals presented weakness, pale or icteric mucosas, blackened urine, prostration and anorexia. The outcome of these cases often is death, principally if the animals are forced to walk. Approximately 429 cattle died in these outbreaks andin some of these, mortality rates ranged from 0.26 to 50%. Research was carried out on the main infectious causes such as leptospirosis, babesiosis, trypanosomiasis, anaplasmosis and bacillary hemoglobinuria, as well as the possible toxic causes reported as etiology of hemolytic anemia in cattle through hematology, blood biochemistry, molecular and histopathological examinations. Any plant ready described in Brazil as cause of hemolytic anemia in animals from livestock interest was observed in thosefarms. Although the etiology of these cases is not yet known, clinical and pathological evidences of the disease suggested that it is caused by a toxic plant of hemolytic action, present in the affected properties, but not yet confirmed experimentally.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Rondelli L.A.S., Becker M., Caldeira F.H.B., Ribeiro M., Furlan F.H., Colodel E.M., Pescador C.A. & Antoniassi N.A.B. 2018. [Hemolytic anemia in beef cattle in extensive system farming in Mato Grosso and Rondônia.] Anemia hemolítica em bovinos de corte em sistema de criação extensiva em Mato Grosso e Rondônia. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(8):1475-1483. Faculdade de Veterinária, Universidade Federal de Mato Grosso, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Boa Esperança, Cuiabá, MT 78060-900, Brazil. E-mail: naassi@gmail.com Casos de anemia hemolítica em bovinos de corte em sistema de criação extensiva em Mato Grosso e Rondônia são acompanhados desde 2008. Os animais acometidos apresentam fraqueza, mucosas pálidas ou ictéricas, urina enegrecida, depressão e anorexia. Esse quadro muitas vezes evolui para morte, principalmente quando os animais são movimentados. Durante esse período aproximadamente 429 bovinos morreram em diferentes surtos eem alguns casos a mortalidade chegou a 50%. Foi realizada investigação para as principais causas infecciosas como leptospirose, babesiose, tripanossomíase, anaplasmose e hemoglobinúria bacilar, bem como para as possíveis causas toxicas relatadas como etiologia de anemia hemolítica em bovinos por meio de exames hematológicos, bioquímica sanguínea, moleculares e histopatológicos. Não se observou nas propriedades acometidas, nenhuma das plantas já descritas no Brasil como causadora de anemia hemolítica em animais de interesse pecuário no momento das investigações dos surtos. Apesar da etiologia desses casos ainda não ser conhecida, as evidências epidemiológicas, clínicas e patológicas da doença sugerem que a mesma seja causada por uma planta tóxica de ação hemolítica, presente nas propriedades acometidas, mas que ainda não foi confirmada experimentalmente.


#3 - Cutaneous neoplasms in dogs: 656 cases (2007-2014) from Cuiabá, MT

Abstract in English:

Canine cutaneous neoplasms present high and relevant prevalence throughout Brazil. Here we determine the frequency and epidemiological characteristics of canine cutaneous neoplasms in dogs diagnosed at the Laboratory of Veterinary Pathology of the Federal University of Mato Grosso (LPV-UFMT), Cuiabá, from 2007 to 2014. The necropsy and biopsy protocols from canine cutaneous neoplasms diagnosed at the LPV-UFMT were reviewed. Data regarding age, sex, breed of affected dogs, anatomical location, size, histomorphological diagnosis and biological behavior of the tumors were evaluated through a descriptive statistical analysis. In addition, the χ2 test was used for associations between biological behavior and mass size. Of the 3566 examinations performed, 656 (18.4%) were diagnosed as cutaneous tumors being adult and old dogs of Pit Bull, Boxer and Poodle races most affected. Among the diagnoses, 11 morphological patterns were the most prevalent, being mastocytoma, squamous cell carcinoma (SCC) and tumors of vascular origin most frequently reported. In relation to the anatomical site, the head was the most affected. Most of the benign tumors were less than 1cm in diameter and the malignant were 3 to 5cm. The increase of neoplasms in adults and old age dogs may be associated to the sum of damage caused by carcinogenic agents and the immunological impairment.

Abstract in Portuguese:

Os neoplasmas cutâneos em cães apresentam elevada e relevante prevalência em todo o Brasil. Sendo assim, objetivou-se determinar a frequência e algumas características epidemiológicas dos neoplasmas cutâneos em cães diagnosticados no Laboratório de Patologia da Universidade Federal de Mato Grosso (LPV-UFMT), Cuiabá, entre os anos de 2007 a 2014. Foram revisados os protocolos de necropsias e biopsias do LPV-UFMT, de cães com neoplasmas cutâneos. Dados referentes à idade, sexo, raça dos cães afetados, localização anatômica, tamanho, diagnóstico histomorfológico e comportamento biológico foram coletados e analisados através de uma análise estatística descritiva. Adicionalmente o teste χ2, foi utilizado para associações entre comportamento biológico e tamanho da massa. Dos 3566 exames realizados, 656 (18,4%) foram diagnosticados como tumores cutâneos sendo cães adultos e idosos das raças Pit Bull, Boxer e Poodle os mais acometidos. Dentre os 11 padrões morfológicos mais diagnosticados o mastocitoma, carcinoma de células escamosas (CCE) e os tumores de origem vascular foram os mais frequentemente relatados. Em relação ao sítio anatômico, a cabeça foi a mais acometida. A maioria dos tumores benignos apresentaram menos de 1cm de diâmetro e os malignos de 3 a 5cm. O aumento de neoplasmas em adultos e idosos pode estar relacionado ao somatório de danos causados por agentes carcinogênicos e o comprometimento imunológico.


#4 - Bone quality evaluation of experimental osteometabolic disease in Pantanal alligators (Caiman yacare) by High Resolution Computerized Microtomography (µCT)

Abstract in English:

Computerized microtomography is the gold standard examination for the evaluation of the three-dimensional bone structure. This experiment was developed to evaluate the structure and bone quality of Caiman yacare with metabolic bone disease using high resolution computerized microtomography (μCT). The animals were distributed into four groups: G1 - hyperphosphatemic diet with sun exposure deprivation (n=4), G2 - hyperphosphatemic diet with sun exposure (n=4), G3 - balanced diet with sun exposure deprivation (n=4), and G4 - balanced diet with exposure to sunlight (n=4). The parameters for the trabecular bone (Trabecular Number, Trabecular Thickness, Trabecular Separation, Bone Pattern Factor, Fractal Dimension, Euler Number, Structural Model Index, Degree of Anisotropy, Eigenvalues 1, 2 and 3, and Centroides X, Y and Z), and cortical bone (Number of Closed Pores, Volume of Closed Pores, Surface of Closed Pores, Closed Porosity, Volume of Open Pores, Open Porosity and Total Porosity). The overall results showed that the structure and bone quality of group G3 and G4 were better than those of groups G1 and G2, and that the diet factor influenced more than the sun exposure factor. The computerized microtomography allowed to evaluate the quality of the cortical and trabecular bones of the Pantanal alligator tibia with osteometabolic disease. The diet and sun exposure factors influenced individually the results of the μCT parameters between the groups, demonstrating the functional and structural complexity. Thus, these parameters can contribute to the interpretation of the mechanical behavior of bones and correlate them with the risk of lesions and fractures associated with osteometabolic diseases.

Abstract in Portuguese:

Microtomografia computadorizada é o exame padrão‑ouro para a avaliação da estrutura tridimensional do osso. Este estudo experimental foi desenvolvido para avaliar a estrutura e a qualidade óssea de jacarés-do-pantanal (Caiman yacare) com doença óssea metabólica utilizando a microtomografia computadorizada (µCT) de Alta Resolução. Os animais foram distribuídos em quatro grupos, G1 - dieta hiperfosfatêmica com privação de luz solar (n=4), G2 - dieta hiperfosfatêmica com exposição à luz solar (n=4), G3 - dieta balanceada com privação de luz solar (n=4) e G4 - dieta balanceada com exposição à luz solar (n=4). Avaliaram-se os parâmetros para o osso trabecular (Número de Trabéculas, Espessura Trabecular, Separação Trabecular, Fator do Padrão Ósseo, Dimensão Fractal, Número de Euler, Índice do Modelo Estrutural, Grau de Anisotropia, Autovalores 1, 2 e 3 e Centroides X, Y e Z) e osso cortical (Número de Poros Fechados, Volume dos Poros Fechados, Superfície de Poros Fechados, Porosidade Fechada, Volume de Poros Abertos, Porosidade Aberta e Porosidade Total). Os resultados gerais evidenciaram que a estrutura e a qualidade óssea dos grupos G3 e G4 foram superiores aos dos grupos G1 e G2, sendo que o fator dieta influenciou mais do que o fator exposição solar. A Microtomografia Computadorizada permitiu avaliar a qualidade dos ossos cortical e trabecular da tíbia de jacarés do pantanal com doença osteometabólica. Os fatores dieta e exposição solar influenciaram individualmente no resultado dos parâmetros do μCT entre os grupos, demonstrando a complexidade funcional e estrutural. Assim, esses parâmetros podem contribuir na interpretação do comportamento mecânico dos ossos e correlacioná-los com o risco de lesões e fraturas associadas às doenças osteometabólicas.


#5 - Clinical and histological aspects of localized and generalized canine demodicosis

Abstract in English:

Demodicosis is a skin condition caused by Demodex mite, frequently diagnosed in clinical routine. The purpose of this study was to compare the clinical and histological manifestations of localized and generalized demodicosis in dogs, relating the amount of mites and microscopic lesions. The study group was formed by 46 dogs, 28 with generalized demodicosis, and 18 with the localized form of the disease, all of them with positive skin scrapings. Macroscopic lesions data in dermatological form were noted, and skin samples were collected for microscopic study. The histopathological analysis was individually performed by three reviewers without intercommunication, being considered the result that more occurred. Alopecia, scaling, erythema, and crusting were the most common clinical lesions in both forms of the disease. Histological severe dermatitis occurred especially in dogs with localized and generalized disease that had concomitant pyoderma and Demodex sp. mites were visualized with intensity moderate and severe in the most dogs with both forms of the diseases. Perifolliculitis was the most evident microscopic follicular change in this study, followed by folliculitis and furunculosis wall, which had higher relative occurrence in dogs with localized demodicosis. According to the results obtained, the severity of histologic lesions does not necessarily correspond to the clinical presentation of the disease, in addition to the amount of mites that apparently is not indicative of localized or generalized clinical lesions, and cannot differentiate clinical disease by histopathology.

Abstract in Portuguese:

Demodicose é uma afecção cutânea causada pelo ácaro Demodex sp. diagnosticada com frequência na rotina clínica veterinária. Objetivou-se descrever as manifestações clínicas e histológicas de cães com demodicose nas formas localizada e generalizada, relacionando a quantidade de ácaros e os achados microscópicos ao quadro clínico. Foram estudados 46 cães, sendo 28 com demodicose generalizada e 18 com a forma localizada da doença, dos quais todos possuíam raspados de pele positivo. Destes caninos foram anotados dados de lesões macroscópicas em ficha dermatológica e coletaram-se amostras de pele para estudo microscópico. A análise histológica foi realizada por três avaliadores e os dados registrados sem comunicação entre os mesmos, sendo considerado o resultado que mais ocorreu. Alopecia, descamação, eritema e crostas foram lesões clínicas comuns às duas formas de apresentação da doença que mais ocorreram. Inflamação histológica dermal grave ocorreu especialmente nos cães com doença localizada e generalizada que possuíam piodermite concomitante e ácaros Demodex sp. foram visualizados com intensidade entre moderada e acentuada na maioria dos cães com ambas as formas da enfermidade. Perifoliculite foi a alteração folicular microscópica mais evidenciada nos caninos deste estudo, seguida por foliculite mural e furunculose que tiveram maior ocorrência relativa nos cães com demodicose localizada. De acordo com os resultados obtidos verificou-se que a gravidade das lesões histológicas não corresponde necessariamente à forma de apresentação clínica da enfermidade, além disso, a quantidade de ácaros não demonstrou ser indicativa de lesões clínicas localizadas ou generalizadas, bem como não é possível diferenciar a doença clínica através do exame histopatológico.


#6 - Ovine herpesvirus type 2 (OvHV-2) infection rate in sheep herds of the Federal District, Brazil, 37(7):657-661

Abstract in English:

ABSTRACT.- Eloi R.S.A., Marçola T.G., Paludo G.R., Araújo R.R., Colodel E.M., Lima E.M.M. & Castro M.B. 2017. [Ovine herpesvirus type 2 (OvHV-2) infection rate in sheep herds of the Federal District, Brazil.] Taxa de infecção pelo Herpesvírus ovino tipo 2 (OvHV-2) em rebanhos de ovinos no Distrito Federal. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):657-661. Laboratório de Patologia Veterinária, Hospital Veterinário, Universidade de Brasília, Via L4 Norte, Cx. Postal 4508, Brasília, DF 70910-970, Brazil. E-mail: mbcastro@unb.br Malignant catarrhal fever (MCF) is a disease caused by bovine infection with ovine herpesvirus type 2 (OvHV-2) and responsible for economic losses in different Brazilian regions. This paper describes the molecular detection of OvHV-2 by nested-PCR (nPCR) in nasal secretion/exfoliation samples and blood cell fraction (BCF) of sheep from 8 properties in the Federal District. Among the 188 nasal samples, 88 (41.5%) were positive to OvHV-2. Pregnant ewe presented no differences at the infection rate in comparison with parous females. Newly calved sheep showed higher OvHV-2 infection rate than female over 60 days of calving. Nasal samples allowed the detection of infected animals by nPCR with efficiency about twice than that in the blood cell fraction samples. In Brazil, epidemiological information about OvHV-2 infection in sheep flocks and factors involved in emergence of FCM outbreaks in cattle are still scarce. This study may provide support for elucidating some characteristics of the disease and for further epidemiological studies in the Federal District and other Brazilian States.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Eloi R.S.A., Marçola T.G., Paludo G.R., Araújo R.R., Colodel E.M., Lima E.M.M. & Castro M.B. 2017. [Ovine herpesvirus type 2 (OvHV-2) infection rate in sheep herds of the Federal District, Brazil.] Taxa de infecção pelo Herpesvírus ovino tipo 2 (OvHV-2) em rebanhos de ovinos no Distrito Federal. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):657-661. Laboratório de Patologia Veterinária, Hospital Veterinário, Universidade de Brasília, Via L4 Norte, Cx. Postal 4508, Brasília, DF 70910-970, Brazil. E-mail: mbcastro@unb.br A febre catarral maligna (FCM) é uma doença causada pela infecção de bovinos pelo herpesvírus ovino tipo 2 (OvHV-2), responsável por perdas econômicas em diferentes regiões do Brasil. Neste trabalho descreve-se a detecção molecular por nested-PCR (nPCR) do OvHV-2 em amostras de secreção/esfoliação nasal e fração celular sanguínea (FCS) de ovinos provenientes de 8 propriedades do Distrito Federal. Das 188 amostras nasais analisadas, 88 (41,5%) foram positivas. Ovelhas prenhes não apresentaram diferenças na taxa de infecção em comparação com fêmeas paridas. Fêmeas recém-paridas apresentaram taxa de infecção pelo OvHV-2 maior que em animais que pariram há mais de 60 dias. Amostras de secreção/esfoliação nasal permitiram a detecção por nPCR de animais infectados com uma eficiência aproximadamente duas vezes maior que em amostras de fração celular sanguínea. No Brasil, informações epidemiológicas sobre a infecção pelo OvHV-2 nos rebanhos ovinos e fatores envolvidos no surgimento de surtos de FCM em bovinos são escassos. Este estudo pode servir de subsídio para elucidar as características da enfermidade e para novos estudos sobre a epidemiologia da doença no Distrito Federal e em outros Estados do Brasil.


#7 - Sudden death associated with Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in cattle in the State of Mato Grosso, Brazil: importance and epidemiological aspects, 37(7):662-66

Abstract in English:

ABSTRACT.- Caldeira F.H.B., Dias G.B.G., Arruda F.P., Lourenço V.M., Bezerra K.S., Riet-Correa F. & Colodel E.M. 2017. Sudden death associated with Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in cattle in the State of Mato Grosso, Brazil: importance and epidemiological aspects. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):662-666. Departamento de Clínica Médica Veterinária, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78069-900, Brazil. E-mail: moleta@ufmt.br The aim of this study was to investigate the importance of an acute disease that was characterized by sudden death associated with exercise that affected cattle in the region of the Araguaia River, especially in the municipality of Torixoréu, southeastern Mato Grosso, Brazil. Between August and September 2013, eighty farms in the municipality were visited and the pastures of these farms were inspected. Epidemiological questionnaires were completed from 65 farms. A plant identified as Niedenzuella stannea (N. stannea) of the Malpighiaceae family was attributed to the cause of sudden death in cattle, what causes major economic losses. Sudden death reports have occurred since 1970, when livestock was introduced into the region, and sudden death reports still occur. Outbreaks were reported to occur from May to October, but mainly during the dry season between June and August. N. stannea was identified at 41 farms and was always found in near to rivers. The most effective plant control methods included plowing the pastures and fields followed by manual application of Tordon® (Picloram and 2.4D). The administration of 5g/kg of young leaves which were collected from a farm with a sudden death history in cattle also caused sudden death in a sheep. Thus, it is concluded that the sudden death of cattle in the region of the Araguaia River is caused by the consumption of N. stannea.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Caldeira F.H.B., Dias G.B.G., Arruda F.P., Lourenço V.M., Bezerra K.S., Riet-Correa F. & Colodel E.M. 2017. Sudden death associated with Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in cattle in the State of Mato Grosso, Brazil: importance and epidemiological aspects. [Morte súbita associada a Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) em bovinos no Estado de Mato Grosso: importância e investigação epidemiológica.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):662-666. Departamento de Clínica Médica Veterinária, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78069-900, Brazil. E-mail: moleta@ufmt.br O objetivo deste trabalho é relatar a investigação sobre uma enfermidade de caráter agudo, caracterizada por morte súbita associada ao exercício, que acomete bovinos na região de bacias hidrográficas do Rio Araguaia, especialmente no município de Torixoréu, sudeste do estado de Mato Grosso, Brasil. Entre agosto e setembro de 2013, foram visitadas e inspecionadas as pastagens em 80 propriedades rurais do município, e em 65 aplicado um questionário epidemiológico. Uma planta identificada como Niedenzuella stannea (Malpighiaceae), é incriminada como causadora de morte súbita em bovinos gerando grandes prejuízos econômicos. Relatos de morte súbita datam desde 1970, quando a pecuária começou a ser inserida na região, e ocorrem até os dias atuais. Surtos ocorreram em diferentes meses do ano, variando de maio a outubro, sendo a maior parte concentrada durante o período de seca, especialmente nos meses de junho a agosto. N. stannea foi identificada em 41 propriedades, sendo presente próxima aos leitos de rios. Os métodos de controle da planta relatados como mais eficazes foram o arar da pastagem e roça manual seguida da aplicação de Tordon® (Picloram e 2,4D). A administração para um ovino, de 5g/kg de folhas em brotação de N. stannea, coletadas em uma propriedade com histórico de morte súbita em bovinos, reproduziu o quadro de morte súbita. Conclui-se que as mortes súbitas em bovinos em áreas da bacia hidrográfica do rio Araguaia se devem ao consumo de N. stannea.


#8 - Experimental poisoning by Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in sheep, 37(7):681-685

Abstract in English:

ABSTRACT.- Caldeira F.H.B., Arruda F.P., Shenkel D.M., Marcolongo-Pereira C., Lee S.T., Cook D., Riet-Correa F. & Colodel E.M. 2017. [Experimental poisoning by Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in sheep.] Intoxicação experimental por Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) em ovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):681-685. Laboratório de Patologia Veterinária, Hospital Veterinário, Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário Cuiabá, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78069-900, Brasil. E-mail: flaviobcaldeira@gmail.com Niedenzuella stannea a sodium monofluoroacetate-containing plant cause sudden death in cattle in southern Mato Grosso State. This investigation describes the toxicity and clinical and pathological findings of experimental poisoning by N. stannea in sheep. Fruits, mature leaves and young leaves of the plant collected in properties near the margins of the Araguaia river basins with history of sudden death in cattle were used in the experiment. No clinical signs were observed in sheep ingesting doses between 10 and 40g/kg of mature leaves and 10g/kg of fruits. The animals had shown clinical signs when received young leaves of the plant orally in a single dose of 5, 10, 20g/kg, and death occurred in sheep receiving 30g/kg. The plant at the dose of 30g/kg of fresh leaves maintained its toxicity after being dried. The main clinical signs observed were anorexia, lethargy, dyspnea, tachycardia, and arrhythmia with a clinical course ranging 16-20 hours after the onset of clinical signs. In an hyperacute terminal phase the animals showed reluctance to move, frequent urination, engorged jugular, evident venous pulse, muscle tremor, sternal recumbence, lateral decubitus, and death. At necropsy engorgement of the atrium and large veins of the heart, and pulmonary edema were observed. Microscopically, the kidney had hydropic-vacuolar degeneration in the cytoplasm of the epithelial cells of the distal convoluted tubules. It is concluded that young leaves of N. stannea can cause intoxication in sheep and should be considered in the differential diagnosis of acute diseases or sudden death in sheep in regions where the plant exist.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Caldeira F.H.B., Arruda F.P., Shenkel D.M., Marcolongo-Pereira C., Lee S.T., Cook D., Riet-Correa F. & Colodel E.M. 2017. [Experimental poisoning by Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) in sheep.] Intoxicação experimental por Niedenzuella stannea (Malpighiaceae) em ovinos. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(7):681-685. Laboratório de Patologia Veterinária, Hospital Veterinário, Universidade Federal de Mato Grosso, Campus Universitário Cuiabá, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78069-900, Brasil. E-mail: flaviobcaldeira@gmail.com Niedenzuella stannea é uma planta que contém monofluoracetato de sódio e é incriminada como causa de morte súbita em bovinos na Região Sul do Estado de Mato Grosso. Este estudo descreve a toxidez e achados clínicos e patológicos da intoxicação experimental por N. stannea em ovinos. Foram utilizados no experimento, frutos, folhas maduras e folhas jovens de N. stannea coletadas em propriedades as margens de afluentes das bacias hidrográficas do Rio Araguaia onde havia histórico de morte súbita em bovinos. Folhas maduras em doses entre 10 e 40g/kg e frutos na dose de 10 g/kg não causaram alterações clínicas. Alterações clínicas foram observadas em ovinos que receberam a partir de 5g/kg de folhas jovens em dose única e a morte ocorreu nos que receberam a partir de 30g/kg. A toxicidade na dose de 30g/kg se manteve após a secagem da planta. Os principais sinais clínicos foram anorexia, apatia, dispneia, arritmia e taquicardia em evolução clínica que variou de 16 às 20h. Notou-se em uma fase terminal hiperaguda, com evolução de 13 a 20 min., relutância ao movimento, micção frequente, jugular ingurgitada, pulso venoso evidente, tremor muscular, decúbito esternal e decúbito lateral e morte. Na necropsia os principais achados foram ingurgitamento de grandes veias, das aurículas do coração e edema pulmonar. Microscopicamente a principal alteração ocorreu no rim e caracterizou-se por degeneração hidrópico-vacuolar no citoplasma de epitélio de túbulos contorcidos distais. Conclui-se que N. stannea na fase de brotação é tóxica para ovinos e que a intoxicação por esta planta deve ser incluída no diagnóstico diferencial das doenças com curso clínico hiperagudo ou morte súbita em ovinos em regiões onde a planta existe.


#9 - Cattle diseases in Mato Grosso diagnosed in the Veterinary Pathology Laboratory of UFMT (2005-2014), 37(5):432-440

Abstract in English:

ABSTRACT.- Rondelli L.A.S., Silva G.S., Bezerra K.S., Rondelli A.L.H., Lima S.R., Furlan F.H., Pescador C.A. & Colodel E.M. 2017. [Cattle diseases in Mato Grosso diagnosed in the Veterinary Pathology Laboratory of UFMT (2005-2014).] Doenças de bovinos no Estado de Mato Grosso diagnosticadas no Laboratório de Patologia Veterinária da UFMT (2005-2014). Pesquisa Veterinária Brasileira 37(5):432-440. Departamento de Clinica Médica Veterinária, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78060-900, Brazil. E-mail: leilane_go@hotmail.com A survey was conducted on files of the Veterinary Pathology Laboratory (LPV), Federal University of Mato Grosso (UFMT), about cattle disease recorded during the years 2005 to 2014. From a total of 1124 reviewed cases, 27.6% were samples obtained from autopsies performed by technicians of the LPV-UFMT, and 72.3% were samples sent to LPV-UFMT by field veterinarians. In 49.38% of cases (555/1124) the diagnosis of the disease was made by morphological analysis of lesions and/or through additional tests. Rabies was the major cause of death in cattle in this study (7.82%). Inflammatory and parasitic disease was the most prevalent category diagnosed with 27.49% of cases, followed by toxicoses and toxinfections (9.78%). The other categories were distributed in descending order, as neoplasms and tumor-like lesions (4%), degenerative diseases (3.02%), disorders caused by physical agents (2.84%), metabolic and nutritional disorders (1.42%), and other categories (0.71%).

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Rondelli L.A.S., Silva G.S., Bezerra K.S., Rondelli A.L.H., Lima S.R., Furlan F.H., Pescador C.A. & Colodel E.M. 2017. [Cattle diseases in Mato Grosso diagnosed in the Veterinary Pathology Laboratory of UFMT (2005-2014).] Doenças de bovinos no Estado de Mato Grosso diagnosticadas no Laboratório de Patologia Veterinária da UFMT (2005-2014). Pesquisa Veterinária Brasileira 37(5):432-440. Departamento de Clinica Médica Veterinária, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso, Av. Fernando Corrêa da Costa 2367, Bairro Boa Esperança, Cuiabá, MT 78060-900, Brazil. E-mail: leilane_go@hotmail.com Foi realizado um levantamento nos arquivos do Laboratório de Patologia Veterinária (LPV) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) das doenças de bovinos registradas entre os anos 2005 a 2014. Foram revisados 1124 casos. Destes, 27,6% foram amostras obtidas de necropsias realizadas por técnicos do LPV-UFMT e 72,3% foram amostras encaminhadas ao LPV-UFMT por veterinários de campo. Em 49,38% dos casos (555/1124) o diagnóstico da doença foi feito através da análise morfológica de lesões e/ou através de exames complementares. Raiva foi a principal causa de morte de bovinos neste estudo (7,82%). As doenças inflamatórias e parasitárias foram as mais prevalentes sendo diagnosticadas em 27,49% dos casos, seguida das doenças tóxicas e toxiinfecções com 9,78%. As demais categorias foram distribuídas em ordem decrescente em: neoplasmas e lesões tumoriformes (4%), doenças degenerativas (3,02%), distúrbios causados por agentes físicos (2,84%), distúrbios metabólicos e nutricionais (1,42%) e outras categorias (0,71%).


#10 - Transitional cell carcinoma of urinary bladder with metastasis in lumbar vertebrae and spinal cord compression in an ocelot (Leopardus pardalis), 35(1):75-79

Abstract in English:

ABSTRACT.- Nakagaki K.Y.R., Lima P.A., Utiumi K.U., Pires M.A.M., Zanatta R., Boabaid F.M., Colodel E.M. & Raymundo D.L. 2015. Transitional cell carcinoma of urinary bladder with metastasis in lumbar vertebrae and spinal cord compression in an ocelot (Leopardus pardalis. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):75-79. Setor de Patologia Veterinária, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Lavras, Cx. Postal 3037, Lavras, MG 37200-000, Brazil. E-mail: djeison.raymundo@dmv.ufla.br This paper reports a case of nonpapillary and infiltrative transitional cell carcinoma (TCC) of the urinary bladder with metastasis of lumbar vertebrae and spinal cord compression in an adult female ocelot (Leopardus pardalis), from the Mato Grosso state, Brazil. The ocelot had pelvic limb paralysis and skin ulcers in the posterior region of the body and was submitted to euthanasia procedure. At necropsy was observed a multilobulated and irregular shaped, yellowish to white nodule in the urinary bladder. The nodule had a soft consistency and arised from the mucosa of the urinary bladder extending throughout the muscular layers and the serosa. Nodules of similar appearance infiltrating the vertebral column the at L6 and L7 vertebrae with corresponding spinal canal invasion were also observed. The histological evaluation showed epithelial neoplastic proliferation in the urinary bladder with characteristics of nonpapillary and infiltrative TCC, with positive immunohistochemical staining for pancytokeratin, and strong immunostaining for cytokeratin of low molecular weight, and weak or absent labeling for high molecular weight cytokeratin. This is the first report of TCC of urinary bladder in ocelot in Brazil.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Nakagaki K.Y.R., Lima P.A., Utiumi K.U., Pires M.A.M., Zanatta R., Boabaid F.M., Colodel E.M. & Raymundo D.L. 2015. Transitional cell carcinoma of urinary bladder with metastasis in lumbar vertebrae and spinal cord compression in an ocelot (Leopardus pardalis. [Carcinoma de células de transição de bexiga urinária com metástase em vértebras lombares e compressão de medula espinhal em uma jaguatirica (Leopardus pardalis).] Pesquisa Veterinária Brasileira 35(1):75-79. Setor de Patologia Veterinária, Departamento de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Lavras, Cx. Postal 3037, Lavras, MG 37200-000, Brazil. E-mail: djeison.raymundo@dmv.ufla.br O presente trabalho relata um caso de carcinoma de células de transição (TCC) da bexiga urinária com metástase em vértebras lombares e compressão da medula espinhal em uma jaguatirica fêmea adulta (Leopardus pardalis), no estado do Mato Grosso. A jaguatirica manifestava paralisia de membros pélvicos e úlceras de decúbito na região posterior do corpo e foi submetida a eutanásia. Na necropsia observou-se um nódulo multilobulado e irregular, brancoamarelado na bexiga urinária, de consistência macia com origem na mucosa vesical e que se estendia às camadas musculares e à serosa. Nódulos de aspecto semelhante infiltrando as vértebras L6 e L7 e invasão do canal vertebral correspondente. No exame histológico foi observada proliferação neoplásica na bexiga urinária com com características de TCC não papilar e infiltrativo, com marcação imuno-histoquímica positiva para pancitoqueratina, forte marcação para citoqueratina de baixo peso molecular e fraca ou inexistente para citoqueratina de alto peso molecular. Este é o primeiro relato de TCC em bexiga urinária de jaguatirica no Brasil.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV