Resultado da pesquisa (1)

Termo utilizado na pesquisa Echenique J.Z

#1 - Epidemiological study of rabies in cattle in southern Brazil: spatial and temporal distribution from 2008 to 2017, 39(7):460-468

Abstract in English:

Rabies affects several domestic species, causing significant economic losses due to the death of animals in characteristic areas of the southern region of Rio Grande do Sul. In this context, this work aimed to study the epidemiology of rabies outbreaks observed in cattle from January 2008 to December 2017, through its space and time distribution in the southern region of Rio Grande do Sul. We performed an observational and ecological retrospective through the analysis of data recorded in necropsy protocols performed in cattle at the "Laboratório Regional de Diagnóstico" of the "Universidade Federal de Pelotas" (LRD UFPel). A descriptive data analysis aimed at evaluating the distribution of cases over time. The statistical analysis was performed with Gretl statistical software 1.9.12 (GNU Regression, Econometric, and Time-series Library). To the existence of stationarity was verified with the Dickey-Fuller test, considering a value of p<0.05. From January 2008 to December 2017, 1418 bovine diagnostic materials were received at the LRD-UFPel, and 160 outbreaks of rabies were confirmed in 160 farms located in the 24 municipalities of the LRD-UFPel area of influence. We observed 591 cattle out of a total of 25,886 infected with the virus. We conclude that rabies does not exhibit seasonality in the study region, with a tendency to decrease in frequency in the next years. The disease has an epidemic characteristic in most of the analyzed months (2012 2014), remaining endemic in the remaining period (2011, 2015 and 2016) with sporadic episodes of epidemics in these years. We also observed that as the incidence of the disease increased in the animals and in the properties, there was a geographical spread of the virus for the majority (54.16%) of the municipalities in the area of influence of the LRD-UFPel.

Abstract in Portuguese:

A raiva afeta várias espécies domésticas, causando perdas econômicas significativas pela morte de animais em áreas bem características da região Sul do Rio Grande do Sul. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi estudar a epidemiologia dos surtos de raiva observados em bovinos de janeiro de 2008 a dezembro de 2017, por meio de sua distribuição no espaço e no tempo na região sul do Rio Grande do Sul. Foi realizado um estudo observacional e ecológico retrospectivo, por meio da análise de dados registrados nos protocolos de necropsias realizadas em bovinos no Laboratório Regional de Diagnóstico da Universidade Federal de Pelotas (LRD-UFPel). Foi feita análise descritiva dos dados para avaliar a distribuição dos casos ao longo do tempo. Para a análise temporal foi utilizado o software estatístico Gretl 1.9.12 (GNU Regression, Econometricand Time-series Library). Para verificar a existência da estacionariedade utilizou-se o teste de Dickey-Fuller aumentado, considerando um valor de p<0,05. No período de janeiro de 2008 a dezembro de 2017, foram recebidos no LRD-UFPel 1418 materiais de bovinos para diagnóstico, sendo confirmados 160 surtos de raiva em 160 propriedades situadas nos 24 municípios da área de influência do LRD-UFPel. O número de animais infectados pelo vírus foi de 591 bovinos de um total de 25.886. O presente estudo permitiu concluir que a raiva não tem sazonalidade na região do estudo, tendo tendência de queda na frequência nos próximos anos. A doença tem característica epidêmica na maioria dos meses analisados (2012-2014), mantendo se endêmica no período restante (2011, 2015 e 2016) com episódios esporádicos de epidemias nestes anos. Observou se ainda, que na medida em que aumentou a incidência da doença nos animais e nas propriedades, houve disseminação geográfica do vírus para a maioria (54,16%) dos municípios da área de influência do LRD-UFPel.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV