Resultado da pesquisa (1)

Termo utilizado na pesquisa Marinho M.L

#1 - Ocurrence and risk factors associated with Mycoplasma agalactiae infection in dairy goat herds of Paraíba State, Brazil

Abstract in English:

Mycoplasmosis is a disease that may cause severe economical losses in goat and sheep herds, and it is associated with mastitis, polyarthritis, agalactia, conjunctivitis, pneumonia and reproductive failure. The objective of this study was to determine the occurrence of Mycoplasma agalactiae in milk samples and investigate the main risk factors associated with infection in goats from farms of the state of Paraíba, Brazil. For Mycoplasma agalactiae diagnosis, 251 milk samples were submitted to DNA extraction using a commercially available kit, following the manufacturer’s instructions and Polymerase Chain Reaction (PCR) was performed. In addition, questionnaires were applied to identify the main risk factors associated with contagious agalactia. Out of the two hundred fifty-one samples analyzed, 50 (19.9%, I.C. 15.1-25.4%) were PCR positive for M. agalactiae. In the risk factors analysis, some associations were observed for the following variables: size of the herd (P<0.001, OR=7.1, I.C. 2.4-20.6), replacement of farm animals (P<0.001, OR=4.7, I.C. 1.8-12.2) and participation of animals in fairs and exhibitions (P=0.029, OR=2.0, I.C.1.0-3.9). The results allowed confirming the occurrence of Mycoplasma agalactiae in milk samples of goats from Paraíba. Therefore, it is strictly necessary to monitor dairy goat flocks and to raise the awareness of farmers about the economic importance of the disease, since it causes severe economic losses for producers of the state. Identification of risk factors is essential for adoption of control measures and for the correction of the management factors in farms where there are animals with positive diagnosis, avoiding, so, pathogen dissemination.

Abstract in Portuguese:

As micoplasmoses ocasionam prejuízos econômicos nas criações de ovinos e caprinos, e estão associados com quadros de mastite, poliartrite, agalaxia, conjuntivite, pneumonia e falhas reprodutivas. Objetivou-se neste estudo determinar a ocorrência de Mycoplasma agalactiae em amostras de leite e investigar os principais fatores de risco associados à infecção em caprinos provenientes de propriedades rurais do estado da Paraíba, Brasil. Para o diagnóstico de Mycoplasma agalactiae, foram analisadas 251 amostras de leite, que foram submetidas à extração do DNA genômico usando um kit comercial, seguindo as recomendações do fabricante. Para diagnóstico da infecção utilizou-se a Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). Além disso, foram aplicados questionários para identificar os principais fatores de risco associados infecção à agalaxia contagiosa. Das 251 amostras analisadas, 50 (19,9%; I.C. 15,1-25,4%) foram positivas na PCR para M. agalactiae. Observaram-se na análise dos fatores de risco, algumas associações para as seguintes variáveis: tamanho do rebanho (P<0,001; OR 7,1), reposição de animais da propriedade (P<0,001; OR 4,7) e participação dos animais em feiras e exposições (P= 0,029; OR 2,0). Os resultados permitiram confirmar a ocorrência do Mycoplasma agalactiae em amostras de leite de caprinos da Paraíba. Portanto, é necessário o monitoramento dos rebanhos caprinos leiteiros e a conscientização dos produtores rurais para a importância econômica da doença, visto que a mesma acarreta severos prejuízos econômicos para os produtores do estado. A identificação dos fatores de risco são imprescindíveis para a adoção de medidas de controle e para a correção dos fatores de manejo em propriedades que tenham animais com diagnóstico positivo, evitando assim, a disseminação do patógeno.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV