Resultado da pesquisa (1)

Termo utilizado na pesquisa Nakamura A.A

#1 - Detection of natural occurrence of Tritrichomonas foetus in cats in Araçatuba, São Paulo, Brazil

Abstract in English:

The aim of this study was to investigate the occurrence of Tritrichomonas foetus in cats in the area surrounding the city of Araçatuba municipality, State of São Paulo, Brazil. Fecal samples from 129 cats were collected by rectal flush technique. It was compared two diagnosis methods, direct examination of feces and PCR. The presence of T. foetus DNA was verified using PCR by amplification of 347-bp fragment from the primers TFR3 and TFR4 and amplicons of positive cases were sequenced. Statistical analyses were performed investigating the associations between T. foetus infection with gender, age, breed, presence of diarrhea and/or history of diarrhea, previous treatment, lifestyle, origin, environment, and co-infection. T. foetus was observed in one sample (n=129) by direct microscopic examination of feces while PCR was positive in five samples (3.9%). Giardia species and Cryptosporidium species co-infection was also observed. Statistical analyses showed no significant associations between T. foetus infection and all listed factors, although most positive cats were asymptomatic and lived in multi-cat household. The isolates of T. foetus showed 100% identical sequences with other T. foetus isolates from cats around the world. So, the occurrence of T. foetus was confirmed in cats in Araçatuba city (Brazil). This parasite must be considered as a differential diagnosis in cats with diarrhea and also in asymptomatic carriers as source of infection in multi-cat environments.

Abstract in Portuguese:

O objetivo deste estudo foi investigar a ocorrência de Tritrichomonas foetus em gatos na região do município de Araçatuba, SP, Brasil. Foram coletadas amostras fecais de 129 gatos através da técnica de lavado retal. Dois métodos diagnósticos foram comparados, o exame direto das fezes e a PCR. A presença de DNA de T. foetus foi verificada por meio da PCR através da amplificação de 347 pares de bases a partir dos iniciadores específicos TFR3 e TFR4. Posteriormente, os resultados amplificados das amostras positivas foram sequenciadas. Também foi feita análise estatística a fim de investigar a correlação entre infecção por T. foetus e sexo, idade, raça, presença e/ou histórico de diarreia, tratamento prévio, coinfecção, estilo de vida, origem e tipo de ambiente. O protozoário pôde ser observado em uma amostra através do exame direto das fezes e à PCR foram detectadas cinco amostras positivas (3.9%). Foram detectadas coinfecções por Giardia spp. e Cryptosporidium spp. Não foram observadas correlações entre infecção por T. foetus e todos os fatores listados anteriormente, embora a maioria dos felinos positivos fossem assintomáticos e vivessem em ambientes multigatos. O resultado do sequenciamento genético dos isolados das amostras positivas mostrou 100% de similaridade com outros isolados de felinos no mundo. Assim, a ocorrência de T. foetus foi confirmada em gatos em Araçatuba, São Paulo, Brasil. Sendo assim, o parasito deve considerado como diagnóstico diferencial em gatos com diarreia assim como em portadores assintomáticos como fontes de infecção em ambientes multigatos.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV