Resultado da pesquisa (2)

Termo utilizado na pesquisa Oliveira R.L.

#1 - Clinical and post mortem examination of white worm lizards (Amphisbaena alba) in the State of Paraíba, Northeastern Brazil: morphological, pathological and radiographic findings of a secretive species

Abstract in English:

Amphisbenians are limbless reptiles that belong to the order Squamata. Due to their fossorial and secrevie habits, little is known about their morphology, ecology and pathological conditions that may affect them. In this manuscript, we present a brief guide for identification of normal structures as well as traumatic injuries on radiography and necropsy of Amphisbaena alba. From April to September 2019, three cases of A. alba with suspected trauma were referred to the Veterinary Hospital of the Federal University of Paraíba (UFPB). In the clinical evaluation, traumatic injuries were observed, and support therapy was instituted, but they did not resist and died shortly after. Bone fractures and organ ruptures, in addition to specific structures of this species were identified on radiography. A systematic necropsy was performed of all amphisbaenians in order to evaluate external and internal structures, not only to identify lesions but also to investigate the morphological aspects of amphisbenids. Macroscopically, multiple organ fractures and ruptures observed in radiographs were confirmed, in addition to the presence of the cestodes Semenoviella amphisbaenae in the large intestine. Histologically, it was possible to identify normal characteristics and microscopic lesions in the tissues. This is the first study to incorporate morphological, clinical, and pathological aspects of A. alba. This manuscript brings essential information for wildlife veterinarians and pathologists who may have to treat or perform a necropsy on these unique reptiles.

Abstract in Portuguese:

Anfisbenas são répteis desprovidos de membros que pertencem a ordem Squamata. Devido a seus hábitos fossoriais e reclusos, pouco se conhece sobre sua morfologia, ecologia e condições patológicas que possam afetá-las. Neste artigo, um guia sucinto para a necropsia, identificação de tecidos e órgãos e lesões encontradas em Amphisbaena alba, é apresentado. Durante março e dezembro de 2019, três casos de A. alba com suspeita de trauma foram encaminhados ao Hospital Veterinário da Universidade Federal da Paraíba. Na avaliação clínica foram observadas lesões traumáticas e instituído um suporte terapêutico, porém não resistiram e morreram em seguida. Foram realizadas projeções radiográficas onde identificaram fraturas e ruptura de órgãos, além de identificar estruturas específicas dessa espécie. Uma avaliação completa de estruturas externas e internas foi conduzida para investigar aspectos morfológicos dos anfisbenídeos. Macroscopicamente foram confirmadas múltiplas fraturas e rupturas de órgãos observadas anteriormente nas radiografias, além disso evidenciou no intestino grosso presença de parasitos anoplocéfalos denominados Semenoviella amphisbaenae. Na histologia foi possível identificar características normais e lesões microscópicas nos tecidos. Esse é o primeiro estudo a incorporar aspectos morfológicos, clínicos e patológicos de A. alba. Esse manuscrito traz informações essenciais para clínicos e patologistas de animais selvagens que podem se deparar com casos clínicos ou de necropsia de Amphisbaena alba.


#2 - Comparative hematological analysis of Morada Nova and Santa Inês ewes in all reproductive stages, 37(4):408-414

Abstract in English:

ABSTRACT.- Bezerra L.R., Oliveira W.D.C., Silva T.P.D., Torreão J.N.C., Marques C.A.T., Araújo M.J. & Oliveira R.L. 2017. Comparative hematological analysis of Morada Nova and Santa Inês ewes in all reproductive stages. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(4):408-414. Departamento de Zootecnia, Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, PI 64 900-000, Brazil. E-mail: tairon.mvet@gmail.com Hematologic analysis provides reliable information on the health status of animals. It is an important variable in the assessment of adaptive and productive capacity of breeds under unfavorable environmental conditions. It is an assessment that combined with other genetic and environmental factors and management can become useful for the future sustainability of mainstream agriculture in a hot environment. Adaptive capacity is affected by some factors such as breed, pregnancy and lactation. Therefore, hematological profile is an important indicator of animal health and production. The objective of this study was to perform the comparative hematological analysis of Santa Inês and Morada Nova breeds (native ewes from Brazil) in all different reproductive stages. Twenty Santa Ines and 20 Morada Nova sheep distributed in a completely randomized design in a split-plot arrangement over time were used. To obtain blood counts, blood samples were collected by jugular venipuncture every 14 days, always in the morning, before the animals were released into the pasture. The Morada Nova breed had higher hemoglobin and total leukocyte count than Santa Inês breed. Regarding the influence of pregnancy and puerperium on the eritrogram, there was an increment in red blood cell, hemoglobin and packed cell volume of both breeds in middle pregnancy. However, had a reduction in late pregnancy. There were a reestablishment of the blood cell counts during the puerperium period. It was verified an increase on neutrophil: lymphocyte ratio indicated that ewes in the late pregnancy, postpartum and puerperium were under stress conditions compared to others reproductive stages. The total plasma proteins also increased during this period to compensate for the high nutritional requirements of the fetus, and these levels remained high until the end of the puerperal phase, when the lambs were weaned. The pregnancy and puerperium influenced all erythrocyte indices and changed the total leukocyte count.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Bezerra L.R., Oliveira W.D.C., Silva T.P.D., Torreão J.N.C., Marques C.A.T., Araújo M.J. & Oliveira R.L. 2017. Comparative hematological analysis of Morada Nova and Santa Inês ewes in all reproductive stages. [Análise hematológica comparativa de ovelhas Morada Nova e Santa Inês em todos os estágios reprodutivos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 37(4):408-414. Departamento de Zootecnia, Universidade Federal do Piauí, Bom Jesus, PI 64 900-000, Brazil. E-mail: tairon.mvet@gmail.com A análise hematológica fornece informação confiável sobre a saúde dos animais. É uma variável importante na avaliação da capacidade adaptativa e produtiva das raças sob condições ambientais desfavoráveis. É uma avaliação que aliada a outros fatores genéticos, ambientais e de manejo pode se tornar cada vez mais útil para a sustentabilidade futura da agricultura convencional em um ambiente quente. A capacidade adaptativa é afetada por alguns fatores como raça, gestação e lactação. Portanto, o perfil hematológico é um indicador importante da saúde e produção animal. O objetivo deste estudo foi realizar a análise hematológica comparativa de ovelhas Morada Nova e Santa Inês (ovelhas nativas do Brasil) em todos os estágios reprodutivos. Foram utilizadas 20 ovelhas Santa Inês e 20 Morada Nova distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas e medidas repetidas no tempo. Para a análise do sangue, foram coletadas amostras por venopunção jugular a cada 14 dias, sempre colhidas pela manhã, antes que os animais fossem soltos no pasto. A raça Morada Nova apresentou maior teor de hemoglobina e contagem total de leucócitos que a raça Santa Inês. Em relação à influência da gestação e do puerpério sobre o eritrograma, observou-se que houve um incremento dos valores da contagem dos eritrócitos, hematócrito e hemoglobina até o terço médio da gestação, reduzindo no final da gestação e restabelecendo novamente no período puerperal. Foi verificado um aumento na relação neutrófilo/linfócito indicando que ovelhas no final da gestação, no pós-parto e puerpério estavam sob condição de estresse comparado com os outros estágios reprodutivos. As proteínas plasmáticas totais também aumentaram durante o período gestacional para compensar os altos requisitos nutricionais do feto, e estes níveis permaneceram elevados até ao final da fase de puerpério quando os cordeiros foram desmamados. A gestação e o puerpério influenciaram todos os índices eritrocitários com alteração da contagem total de leucócitos.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV