Resultado da pesquisa (46)

Termo utilizado na pesquisa São Paulo

#1 - Morphology and biometry of the reproductive organs of adult males of Trachemys scripta elegans reared in São Paulo state, Brazil

Abstract in English:

Trachemys scripta elegans is an American underwater chelonian illegally marketed in Brazilian pet shops. When abandoned in nature, it compromises native species, threatening local biodiversity. However, little is known about the body development and structure of its reproductive tract. The objective of the present study was to investigate the morphology and biometry of testis, epididymis and penis, as well as the biometry of the body and secondary sexual characters in this species. Twenty-seven adult males were used aiming to contribute to preservation actions in captivity, population control, and scientific research, as well as to interspecific comparisons. Sex identification by the third claw length was effective, and the specimens presented harmonious and positive body development between mass, carapace, plastron, and height, with unimodal tendency and higher frequency of maximum carapace length at 15cm. The testes and epididymides presented biometric similarity between the antimeres and anatomical and histological structure similar to that of other species of chelonians and mammals, except for the type of epithelium. The findings suggest that there is conserved morphology between slider turtles and homology in relation to mammals. Histological similarity to the reproductive organs of other amniotes, including humans, may give rise to scientific and comparative studies, essential for the establishment of conservation strategies in reptiles.

Abstract in Portuguese:

Trachemys scripta elegans é um quelônio subaquático americano ilegalmente comercializado em pet shops brasileiros. Ao ser abandonado na natureza, compromete as espécies nativas, ameaçando à biodiversidade local. No entanto, pouco se conhece sobre o desenvolvimento corporal e a estrutura do seu aparelho reprodutor. O objetivo do presente trabalho foi investigar a morfologia e a biometria dos testículos, epidídimos e pênis, a biometria corporal e dos caracteres sexuais secundários. Foram utilizados 27 machos adultos desta espécie, visando contribuir com ações de preservação em cativeiro, controle populacional e pesquisas científicas, além de comparações interespecíficas. A identificação sexual pelo comprimento da terceira garra foi efetiva e os espécimes apresentaram desenvolvimento corporal harmônico e positivo entre massa, carapaça, plastrão e altura, com tendência unimodal e maior frequência de comprimento máximo de carapaça em 15,0cm. Testículos e epidídimos apresentaram semelhança biométrica entre os antímeros e estrutura anatômica e histológica semelhantes à de outras espécies de quelônios e mamíferos, excetuando-se pelo tipo de epitélio. Os achados sugerem haver morfologia conservada entre os cágados e homologia em relação aos mamíferos. A semelhança histológica com os órgãos reprodutivos de outros amniotas, incluindo os humanos, pode dar ensejo a estudos científicos e comparativos, essenciais para estabelecimento de estratégias de conservação em répteis.


#2 - Detection of avian metapneumovirus subtype A from wild birds in the State of São Paulo, Brazil

Abstract in English:

The present study investigated the circulation of avian metapneumovirus (aMPV) in wild birds in Brazil. To do so, 131 samples from 366 oropharyngeal or cloacal swabs collected from 18 species of birds were tested individually or in pools by RT-PCR. Samples detected by RT-PCR were selected for DNA sequencing. Thirteen (9.9%) samples were detected by the RT-PCR targeting the N gene and four out of 13 samples were sequenced. Sequencing results showed a high identity with the aMPV subtype A. Our results confirm the circulation of the aMPV subtype A in wild birds in Brazil even five years after its last detection.

Abstract in Portuguese:

O presente estudo investigou a circulação de metapneumovírus aviário em aves silvestres no Brasil. Para tanto, 131 amostras de 366 suabes orofaringeanos ou cloacais coletados de 18 espécies de aves foram testadas individualmente ou na forma de pools por RT-PCR. As amostras detectadas por RT‑PCR foram selecionadas para sequenciamento. Treze (9,9%) das amostras foram detectadas por RT-PCR tendo o gene N como alvo; destas, quatro foram sequenciadas com sucesso. Resultados do sequenciamento mostraram alta identidade com o aMPV de subtipo A. Nossos resultados confirmam a circulação de aMPV subtipo A em aves silvestres no Brasil mesmo cinco anos após sua última detecção.


#3 - Seroepidemiological study of feline coronavirus (FCoV) infection in domiciled cats from Botucatu, São Paulo, Brazil

Abstract in English:

Feline coronavirus (FCoV) is responsible for causing one of the most important infectious diseases of domestic and wild felids, the feline infectious peritonitis (FIP), which is an immune-mediated, systemic, progressive and fatal disease. FCoV is highly contagious, and infection is common in domestic feline populations worldwide. The present study aimed to determine the seropositivity of FCoV infection and its associated epidemiological variables (risk factors) in domiciled cats in Botucatu, São Paulo, Brazil. Whole blood samples (0.5-1mL) were collected from 151 cats, and sera were extracted by centrifugation. These sera were tested by an commercial enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) for the detection of IgG anti-FCoV antibodies. The assessed risk factors were age range, breed, gender, reproductive status, outdoor access and rearing mode (living alone or in a group). The seropositivity was 64.2% (97/151). There was no statistical significance for risk factors related to breed, gender or rearing mode. There were significant differences in seropositivity (p-values ≤0.05) for age range (p=0.0157), reproductive status (p=0.0074) and outdoor access (p=0.0001). This study verified a wide dissemination of FCoV in the studied population, with a higher than expected seropositivity for indoor cats. Among the risk factors, age range, reproductive status and outdoor access presented statistically significant differences, thus helping to establish an epidemiological profile of this population.

Abstract in Portuguese:

O coronavírus felino (FCoV) é responsável por causar uma das mais importantes doenças infecciosas que acometem os felinos domésticos e selvagens, a peritonite infecciosa felina (PIF), que é uma enfermidade imunomediada, sistêmica, progressiva e fatal. O FCoV é altamente contagioso e a infecção é comum nas populações de felinos domésticos por todo o mundo. O presente estudo objetivou determinar a soropositividade da infecção pelo FCoV e correlacionar variáveis epidemiológicas (fatores de risco) de gatos domiciliados de Botucatu, São Paulo, Brasil. Amostras de sangue total (0,5 a 1mL) foram colhidas de 151 gatos e os soros foram obtidos após centrifugação. Estes soros foram testados por um teste commercial de ELISA para detecção de anticorpos IgG anti-FCoV. Os fatores de risco avaliados foram faixa etária, raça, gênero, condição reprodutiva, acesso à rua e modo de criação (viver solitário ou em grupo). Observou-se uma soropositividade de 64,2% (97/151). Não houve significância estatística para os fatores de risco relacionados à raça, gênero e modo de criação. Houve significância estatística quanto a soropositividade (p-values ≤0,05) para os fatores de risco faixa etária (p=0,0157), condição reprodutiva (p=0,0074) e acesso à rua (p=0,0001). Através do presente estudo verificou-se que o FCoV está amplamente disseminado na população estudada, onde a soropositividade encontrada foi maior do que a esperada para gatos domiciliados. Dentre os fatores de risco, faixa etária, condição reprodutiva e acesso à rua apresentaram diferenças estatisticamente significativas, contribuindo assim, para se estabelecer um perfil epidemiológico desta população.


#4 - Canine cutaneous mast cell tumors: retrospective study of cases attended by the oncology service at the Veterinary Hospital of FCAV-Unesp, Jaboticabal, from 2005 to 2015, 38(9):1808-1817

Abstract in English:

ABSTRACT.- Souza A.C.F., Pascoli A.L., Ferreira M.G.P.A., Reis Filho N.P., Silva I.C.R., Santos R.R., Faro A.M. & De Nardi A.B. 2018. [Canine cutaneous mast cell tumors: retrospective study of cases attended by the oncology service at the Veterinary Hospital of FCAV-Unesp, Jaboticabal, from 2005 to 2015.] Mastocitoma cutâneo canino: estudo retrospectivo dos casos atendidos pelo serviço de oncologia do Hospital Veterinário da FCAV-Unesp, Campus Jaboticabal, de 2005 a 2015. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(9):1808-1817. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinária, Universidade Estadual Paulista, Campus Jaboticabal, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castelane, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: anacarolina@ciave.com.br This study analyzed the cases of cutaneous mastocytomas in dogs seen at the Governador Laudo Natel Veterinary Hospital of the College of Agrarian and Veterinary Sciences (FCAV), Unesp, in Jaboticabal, from 2005 to 2015. The objective was to determine the occurrence of this neoplasm regarding breed, sex, and age, the most affected body parts and observed neoplastic characteristics; the most widely used diagnosis methods, the main histological grades and recommended treatments, to evaluate size changes in relation to lymph nodes, recurrence rate, metastasis and to verify possible associations between the evaluated variables. The clinical files of 192 patients were evaluated. The most affected dogs were of mixed breed (n=46, 23.96%), followed by Boxer (n=40, 20.83%) and Pitbull (n=27, 14.06%). Most of the dogs were females (n=107, 55.7%), aged between 7 and 11 years old (n=120, 62.5%). Thirty-two patients had (16.7%) tumors located in the pelvic limb, followed by thoracic limbs (10.4% n=20). Sixty-five animals had ulcerated nodules (33.9%), of which 96 had firm consistency (50%). Seventy-six animals had multiple nodules (39.6%), and 39.1% of the sample (n=75) had nodules larger than three centimeters. The most used diagnosis method was fine needle aspiration together with histopathology (HT), totaling 39.8% of nodules (n=66), followed by HT in 37.3% of the patients (n=62). Regarding the histological variables, 18 patients had grade I (11.8%), 112 grade II (73.7%), and 22 grade III (14.5%) classified according to Patnaik et al. (1984). According to the classification of Kiupel et al. (2011), 37 cases were classified as high grade (35.2%) and 68 as low grade (64.8%). Statistical association was observed when the presence of solitary/multiple nodules and the histological grade were evaluated according to Patnaik et al. (1984) (P=0.008) and Kiupel et al. (2011) (P=0.004). The nodules with worse prognostic feature were more frequent in animals diagnosed with multiple nodules, regardless of the histological classification used. The presence of multiple nodules in stage II or IV (p<0.001) and recurrence of the disease (p=0.001) was also observed. Regarding the histological classification of Kiupel et al. (2011), there was a statistical association between histological grade and tumor size (p=0.001), consistency (p=0.028) and nodule growth rate (p<0.001), lymph node enlargement (p<0.001) and the treatment used (p=0.002). Nodules larger than three centimeters (56.8% n=21) and fast growing (52.9% n=36%) were more frequent in high-grade tumors. Lymph node enlargement (80.6% n=25) and chemotherapeutic treatment (83.3% n=5) were also associated with patients with this histological grade. According to the classification of Patnaik et al. (1984), breed and sex differed proportionally between the histological groups (p=0.008 and 0.040 respectively), and lymph node enlargement and rapid tumor growth were also associated with histological grade (p=0.002 and 0.001). Almost half of the patients (47.4%) underwent surgical and chemotherapeutic treatment (n=91) while only surgical procedure was performed in 31.3% (n=60) of the patients. Sixty-one animals (31.8%) had enlarged regional lymph nodes (31.8%), and 71.9% of the nodes evaluated had rapid growth. The clinical evolution time of the tumor was less than or equal to one year in 158 patients (82.3%), followed by 1 to 2 years in 25 patients (13%). There were 66 cases (40.5%) of recurrence and 16 (8.3%) of distant metastasis. With this study, it can be concluded that dogs with mixed breed are the most affected by cutaneous mastocytoma in Jaboticabal city, followed by Boxer dogs, with ages varying between 7 and 11 years, with no sexual predisposition observed. It was also concluded that nodules were predominantly non-ulcerated, solitary and smaller than 3 centimeters, that the majority of patients presented grade II mastocytoma according to Patnaik et al. (1984) and low grade according to Kiupel et al. (2011), not being observed in most of them recurrence, lymph node or distance metastasis. The most commonly used diagnosis was fine-needle aspiration associated with histopathology, and in relation to location, nodules were found predominantly in pelvic and thoracic limbs, followed by head and neck. The consistency of the nodules was both firm and soft, and half of the patients underwent the associated surgical procedure of antineoplastic chemotherapy.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Souza A.C.F., Pascoli A.L., Ferreira M.G.P.A., Reis Filho N.P., Silva I.C.R., Santos R.R., Faro A.M. & De Nardi A.B. 2018. [Canine cutaneous mast cell tumors: retrospective study of cases attended by the oncology service at the Veterinary Hospital of FCAV-Unesp, Jaboticabal, from 2005 to 2015.] Mastocitoma cutâneo canino: estudo retrospectivo dos casos atendidos pelo serviço de oncologia do Hospital Veterinário da FCAV-Unesp, Campus Jaboticabal, de 2005 a 2015. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(9):1808-1817. Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinária, Universidade Estadual Paulista, Campus Jaboticabal, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castelane, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: anacarolina@ciave.com.br Este estudo teve como objetivo analisar os casos de mastocitomas cutâneos em cães atendidos no Hospital Veterinário Governador Laudo Natel da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV) Unesp Câmpus Jaboticabal, no período de 2005 a 2015, além de avaliar a ocorrência dessa neoplasia em relação à raça, sexo e idade; determinar as regiões corpóreas mais acometidas e as características neoplásicas observadas, assim como, os métodos de diagnóstico mais utilizados no setor, estabelecer os principais graus histológicos diagnosticados e os tratamentos preconizados, verificar alterações de tamanho em relação aos linfonodos, à taxa de recidiva, metástase e possíveis associações entre as variáveis consideradas. Foram avaliados 192 prontuários clínicos de pacientes e observou-se que os cães sem raça definida (SRD) (n=46, 23,96%) foram os mais acometidos, seguidos por cães da raça Boxer (n=40, 20,83%) e Pit bull (n=27, 14,06%). A maioria dos cães eram fêmeas (n=107, 55,7%), e com idade de 7 a 11 anos (n=120, 62,5%). Do total, 32 pacientes apresentaram (16,7%) tumores localizados em membro pélvico, seguidos por nódulos em membro torácico (10,4%, n=20). Sessenta e cinco animais possuíam nódulos ulcerados (33,9%), sendo 96 nódulos de consistência firme (50%). Setenta e seis animais apresentavam múltiplos nódulos (39,6%) e aqueles acima de três centímetros perfaziam 39,1% da amostra (n=75). O método mais utilizado para o diagnóstico foi a punção aspirativa por agulha fina associado à histopatologia (HT), totalizando 39,8% dos nódulos (n=66), seguido pela HT com 37,3% (n=62). Em relação às variáveis histológicas, 18 pacientes apresentaram grau I (11,8%), 112 com grau II (73,7%) e 22 com grau III (14,5%) de acordo com Patnaik et al. (1984). Segundo a classificação de Kiupel et al. (2011), 37 casos foram classificados como de alto grau (35,2%) e 68 como sendo de baixo grau (64,8%). Foi observada associação estatística quando se avaliou a presença de nódulos solitários/múltiplos e o grau histológico, segundo Patnaik et al. (1984) (p=0,008) e Kiupel et al. (2011) (p=0,004), sendo que nódulos com piores características prognósticas eram mais frequentes nos animais diagnosticados com múltiplos nódulos, independente da classificação histológica empregada. Também foi observada a associação entre a presença de nódulos múltiplos com estadio II ou IV (p<0,001) e com a presença de recidiva (p=0,001). Em relação à classificação histológica de Kiupel et al. (2011) foi possível observar associação estatística entre o grau histológico e o tamanho do tumor (p=0,001), a consistência (p=0,028) e a velocidade de crescimento do nódulo (p<0,001); aumento de linfonodo (p<0,001) e o tratamento empregado (p=0,002). Nódulos com tamanho superior a três centímetros (56,8%, n=21) e de crescimento rápido (52,9%, n=36%), eram mais frequentes nos tumores de alto grau. Aumento de linfonodo (80,6%, n=25) e tratamento quimioterápico (83,3%, n=5) também estavam associados a pacientes com alto grau histológico. Em relação à classificação de Patnaik et al. (1984), as variáveis raça e sexo diferiram proporcionalmente entre os grupos histológicos (p=0,008 e 0,040 respectivamente), sendo que o aumento do linfonodo e o crescimento rápido do tumor também tiveram associação com o grau histológico (p=0,002 e 0,001). Quase a metade dos pacientes (47,4%) foi submetidas ao tratamento cirúrgico e quimioterápico (n=91), sendo que em 31,3% (n=60) dos pacientes realizou-se apenas o procedimento cirúrgico. Sessenta e um animais (31,8%) apresentaram aumento de tamanho em linfonodos regionais (31,8%), sendo que 71,9% dos nódulos avaliados tiveram crescimento rápido. O tempo de evolução clínica do tumor foi menor ou igual a um ano, em 158 pacientes (82,3%), seguido por 25 pacientes (13%) com evolução de 1 a 2 anos. Foram observados 66 casos (40,5%) de recidiva e 16 (8,3%) de metástase à distância. Com este estudo, pode-se concluir que cães sem raça definida são os mais acometidos pelo mastocitoma cutâneo, na região de Jaboticabal, seguido por cães da raça Boxer, com idade variando entre 7 e 11 anos, não sendo observada predileção sexual; os nódulos encontrados eram predominantemente não ulcerados, solitários e menores que três centímetros; a maioria dos pacientes apresentou mastocitoma grau II, segundo Patnaik et al. (1984) e baixo grau segundo Kiupel et al. (2011); não se observou recidiva, em sua maioria, nem metástase em linfonodos e/ou a distância; o diagnóstico mais utilizado foi a punção aspirativa por agulha fina associada à histopatologia; a localização dos nódulos era mais prevalente nos membros pélvicos e torácicos, seguido por cabeça e pescoço. A consistência dos nódulos era de apresentação firme ou macia; e a metade dos pacientes foi submetida ao procedimento cirúrgico associado à quimioterapia antineoplásica.


#5 - Gastrointestinal and pulmonary nematodes in calves naturally infected in the cities of Botucatu and Manduri, in the Brazilian state of São Paulo, 38(7):1286-1292

Abstract in English:

ABSTRACT.- Cezaro M.C., Neves J.H., Cury J.R.L.M., Dalanezi F.M., Oliveira R.M., Ferreira J.C.P., Neto V.A.K. & Schmidt E.M.S. 2018. Gastrointestinal and pulmonary nematodes in calves naturally infected in the cities of Botucatu and Manduri, in the Brazilian state of São Paulo. [Nematódeos gastrintestinais e pulmonares em bezerros naturalmente infectados nos municípios de Botucatu e Manduri, estado de São Paulo.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1286-1292. Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Rua Prof. Walter Mauricio Correa s/n, Bairro Unesp, Campus de Botucatu, Cx. Postal 560, Botucatu, SP 18618-681, Brazil. E-mail: bethschmidt@fmvz.unesp.br This study aimed to determine the occurrence of gastrointestinal and pulmonary parasites in calves and to evaluate seasonal and age patterns in parasitism. For this, we used 140 clinically healthy crossbreed calves (two to 12 months old) that belonged to two private farms in the municipalities of Botucatu (n=53) and Manduri (n=87), São Paulo state, Brazil. The calves were monitored for 12 months (from September 2014 to August 2015). Fecal samples were collected directly from the rectum every three months. Fecal egg counts were determined using the modified McMaster technique with a sensitivity of 50 eggs per gram of feces (EPG). Coproculture was performed on pooled samples to identify Strongylida infective larvae. First-stage larvae of Dictyocaulus viviparus were extracted by a modified Baermann method. The data showed non-normal distribution (Shapiro-Wilk) and the nonparametric Kruskall-Wallis test was employed to evaluate the EPG data by seasons and age groups. Dunn’s post-test was used for multiple comparisons (P<0.05). The calves from Manduri farm showed significantly higher fecal egg counts (P<0.0001) in the winter when compared to other seasons. At Botucatu farm, young calves (2-3 months old) showed significantly higher EPG than old calves (8-12 months) (P=0.01). The prevalence and overall mean of animals positive for Strongylida type-eggs were 81.1% and 340 in Botucatu, respectively, versus 83.9% and 854 in Manduri, respectively. Furthermore, we found Strongyloides spp., Moniezia spp., and Trichuris spp. eggs and Eimeria spp. oocysts. The prevalent genera in all coprocultures in decreasing order were: Cooperia spp., Haemonchus spp., Oesophagostomum spp., and Trichostrongylus spp. First-stage larvae of Dictyocaulus viviparus were found only in Botucatu farm samples throughout the year, except in spring.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Cezaro M.C., Neves J.H., Cury J.R.L.M., Dalanezi F.M., Oliveira R.M., Ferreira J.C.P., Neto V.A.K. & Schmidt E.M.S. 2018. Gastrointestinal and pulmonary nematodes in calves naturally infected in the cities of Botucatu and Manduri, in the Brazilian state of São Paulo. [Nematódeos gastrintestinais e pulmonares em bezerros naturalmente infectados nos municípios de Botucatu e Manduri, estado de São Paulo.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1286-1292. Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista, Rua Prof. Walter Mauricio Correa s/n, Bairro Unesp, Campus de Botucatu, Cx. Postal 560, Botucatu, SP 18618-681, Brazil. E-mail: bethschmidt@fmvz.unesp.br O objetivo deste estudo foi investigar os parasitas gastrintestinais e pulmonares que acometem bezerros bem como a possível influência de fatores climáticos e da idade no parasitismo. Para isso, durante um período de 12 meses (setembro de 2014 a agosto de 2015), amostras de fezes foram coletadas a cada três meses diretamente da ampola retal de 140 bezerros mestiços (dois a 12 meses de idade), clinicamente saudáveis, pertencentes a duas propriedades leiteiras localizadas nos municípios de Botucatu (n=53) e Manduri (n=87), estado de São Paulo. Realizou-se a contagem de ovos por grama de fezes pela técnica de McMaster modificada com sensibilidade de 50 ovos por grama de fezes (OPG). Coproculturas foram realizadas em pool de amostras para a obtenção das larvas infectantes (L3). Larvas de primeiro estágio de Dictyocaulus viviparus foram recuperadas pela modificação da técnica de Baermann. Os dados não se apresentaram normalmente distribuídos (Shapiro-Wilk), e o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis foi utilizado para avaliar os dados de OPG em relação às estações do ano e faixa etária. Para comparações múltiplas, empregou-se o pós-teste de Dunn. Foi verificado que em Manduri, no inverno, houve um aumento significativo (P<0,0001) na contagem de OPG em comparação as demais estações do ano. Em Botucatu, os animais com dois a três meses de idade apresentaram maiores contagens de OPG quando comparados aos animais de oito a 12 meses de idade (P=0,01). A prevalência e a média global de animais positivos para ovos do tipo Strongylida, em Botucatu, foi de 81,1% e 340, respectivamente, e em Manduri foi de 83,9% e 854, respectivamente. Em adição, de maneira geral, foram encontrados ovos de Strongyloides spp., Moniezia spp., Trichuris spp. e oocistos de Eimeria spp. Foram recuperadas, em ordem de prevalência, larvas infectantes de Cooperia spp., Haemonchus spp., Oesophagostomum spp. e Trichostrongylus spp. Larvas de D. viviparus foram recuperadas somente na propriedade de Botucatu durante todo o ano, com exceção da primavera.


#6 - Consecutive outbreaks caused by Eimeria zuernii in calves on a rural property located in the municipality of São João da Boa Vista, State of São Paulo, Brazil

Abstract in English:

We report consecutive outbreaks (August 2015 and 2016) of disease caused by Eimeria zuernii in Canchim and Nelore calves about 45 days of age on a rural property in the municipality of São João da Boa Vista, state of São Paulo, Brazil. The first outbreak infected 78 calves (32 Nelore and 46 Canchim) between 35 and 55 days of age. The second outbreak infected 66 calves (36 Nelore and 47 Canchim) between 30 and 45 days of age. Some calves had bloody diarrhea and were dehydrated. Feces were collected from all animals (cows and calves) for coproparasitological examination and quantification of parasite eggs and oocysts per gram. The consecutive outbreaks in the 30 to 55 day-old calves occurred during the dry season (August). These outbreaks were caused by a high degree of infection by E. zuernii. Clinical signs (bloody diarrhea) and mortality of the calves triggered by eimeriosis/dehydration occurred in 8.3 and 1.4% of the herd in 2015 and 2016, respectively. These results highlight the importance of conducting field studies to better understand the parasitic dynamics of E. zuernii in calves younger than three months. Identifying the sources of infection, such as the water ingested by the animals, is also necessary, so that practical husbanddry can be recommended and adopted by the producers, to reduce the damage caused by outbreaks of Eimeria spp. in cattle herds.

Abstract in Portuguese:

O presente trabalho tem como objetivo relatar surtos consecutivos (Agosto de 2015 e 2016) ocasionado por Eimeria zuernii em bezerros de corte, Canchim e Nelore, com aproximadamente 45 dias de vida, em uma propriedade rural localizada no município de São João da Boa Vista, estado de São Paulo. O primeiro surto foi diagnosticado em um lote composto por 78 bezerros, entre 35 e 55 dias de idade. Dos 78 bezerros, 32 eram Nelore e os outros 46 Canchim. Já o segundo, ocorreu em um novo lote de 66 bezerros (sendo 36 Nelore e 47 Canchim), com idade entre 30 e 45 dias. Alguns animais apresentaram diarreia sanguinolenta e desidratação. Colheitas de fezes de todos os animais (vacas e bezerros) foram realizadas para realização de exame coproparasitológico e quantificação de ovos e oocistos por grama (OPG e OoPG) de fezes de parasitos. Com base nos resultados encontrados neste estudo, é possível afirmar que os surtos consecutivos em bezerros de corte entre 30 e 55 dias de idade, na época seca do ano (agosto), foram desencadeados pelo elevado grau de infecção destes animais por E. zuernii. Analisando os dois anos em que os surtos ocorreram, a presença de sinais clínicos (diarreia sanguinolenta) e a mortalidade de bezerros desencadeada pela eimeriose/desidratação, aconteceram em 8,3% 1,4% do rebanho, respectivamente. Estes resultados destacam a importância em se realizar pesquisas de campo, com o objetivo de se melhor entender a dinâmica de parasitismo de E. zuernii e E. bovis em bezerros com idade inferior a três meses, em função dos motivos já discutidos neste estudo. Além disso, é necessário que se investigue as possíveis fontes de infecção, como a água ingerida pelos animais, para que condutas práticas possam ser adotadas/recomendadas aos proprietários, diminuindo desta maneira os prejuízos ocasionados por surtos de Eimeria spp em rebanhos bovinos.


#7 - Detection of natural occurrence of Tritrichomonas foetus in cats in Araçatuba, São Paulo, Brazil

Abstract in English:

The aim of this study was to investigate the occurrence of Tritrichomonas foetus in cats in the area surrounding the city of Araçatuba municipality, State of São Paulo, Brazil. Fecal samples from 129 cats were collected by rectal flush technique. It was compared two diagnosis methods, direct examination of feces and PCR. The presence of T. foetus DNA was verified using PCR by amplification of 347-bp fragment from the primers TFR3 and TFR4 and amplicons of positive cases were sequenced. Statistical analyses were performed investigating the associations between T. foetus infection with gender, age, breed, presence of diarrhea and/or history of diarrhea, previous treatment, lifestyle, origin, environment, and co-infection. T. foetus was observed in one sample (n=129) by direct microscopic examination of feces while PCR was positive in five samples (3.9%). Giardia species and Cryptosporidium species co-infection was also observed. Statistical analyses showed no significant associations between T. foetus infection and all listed factors, although most positive cats were asymptomatic and lived in multi-cat household. The isolates of T. foetus showed 100% identical sequences with other T. foetus isolates from cats around the world. So, the occurrence of T. foetus was confirmed in cats in Araçatuba city (Brazil). This parasite must be considered as a differential diagnosis in cats with diarrhea and also in asymptomatic carriers as source of infection in multi-cat environments.

Abstract in Portuguese:

O objetivo deste estudo foi investigar a ocorrência de Tritrichomonas foetus em gatos na região do município de Araçatuba, SP, Brasil. Foram coletadas amostras fecais de 129 gatos através da técnica de lavado retal. Dois métodos diagnósticos foram comparados, o exame direto das fezes e a PCR. A presença de DNA de T. foetus foi verificada por meio da PCR através da amplificação de 347 pares de bases a partir dos iniciadores específicos TFR3 e TFR4. Posteriormente, os resultados amplificados das amostras positivas foram sequenciadas. Também foi feita análise estatística a fim de investigar a correlação entre infecção por T. foetus e sexo, idade, raça, presença e/ou histórico de diarreia, tratamento prévio, coinfecção, estilo de vida, origem e tipo de ambiente. O protozoário pôde ser observado em uma amostra através do exame direto das fezes e à PCR foram detectadas cinco amostras positivas (3.9%). Foram detectadas coinfecções por Giardia spp. e Cryptosporidium spp. Não foram observadas correlações entre infecção por T. foetus e todos os fatores listados anteriormente, embora a maioria dos felinos positivos fossem assintomáticos e vivessem em ambientes multigatos. O resultado do sequenciamento genético dos isolados das amostras positivas mostrou 100% de similaridade com outros isolados de felinos no mundo. Assim, a ocorrência de T. foetus foi confirmada em gatos em Araçatuba, São Paulo, Brasil. Sendo assim, o parasito deve considerado como diagnóstico diferencial em gatos com diarreia assim como em portadores assintomáticos como fontes de infecção em ambientes multigatos.


#8 - Stray dogs in urban fragments: relation between population’s perception of their presence and socio-demographic factors

Abstract in English:

Stray dogs are associated with environment and public health impacts. São Paulo is a city with approximately 2.5 million owned dogs and until the time of writing no studies describing the distribution of the stray dog population have been conducted in this city. Therefore, no scientific support for intervention plans is available. The objective of this study was to evaluate the association of local sociodemographic and environmental factors with the population perception of presence of stray dogs in urban fragments of São Paulo city. A convenience sample of six urban fragments was selected. In-depth interviews were performe, using a systematic random sample of households in each study area, between October/2010 and January/2011 to identify socio-demographic factors of interest and determine the population’s perception of stray dogs. Additionally, the presence of stray dogs was estimated by photographic mark-recapture method. The degree of human-dog proximity and environmental factors such as waste handling were associated to the sighting of stray dogs. Stray dogs were observed in two of the six study areas, agreeing with the greater population perception of this issue on those areas. Intervention in these factors and encouragement of responsible ownership are two potential solutions for management and reduction of problems associated with the presence of stray dogs.

Abstract in Portuguese:

A presença de cães errantes está associada a impactos no meio ambiente e na saúde pública. São Paulo é uma cidade com aproximadamente 2.5 milhões de cães domiciliados e até o presente momento, não foram desenvolvidos estudos que descrevam a distribuição da população errante na cidade. Desta forma, não há suporte científico para planejar intervenções. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre os fatores sociodemográficos e ambientais da população local com a frequência com que relataram a visualização de cães errantes em fragmentos urbanos da cidade de São Paulo. Foi definida uma amostra de conveniência composta por seis fragmentos urbanos, onde um questionário foi aplicado em uma amostra sistemática dos domicílios de cada área de estudo. Este questionário, aplicado entre outubro de 2010 e janeiro de 2011, determinou os fatores socio-econômicos de interesse e a percepção da presença de cães errantes pela população. Também foi estimada a presença de cães pelo método de marcação e recaptura fotográfica. Foi possível estabelecer uma relação entre a visualização de cães errantes pela população local e o grau de proximidade com cães e o manejo de resíduos do domicílio. Cães errantes foram observados em duas das seis áreas trabalhadas, em concordância com a maior percepção da sua presença pela população local. Intervenções nestes fatores e incentivo a guarda responsável são duas ações com potencial de contribuir para redução dos problemas causados pela presença de cães errantes.


#9 - Detection of bluetongue virus in Brazilian cervids in São Paulo state

Abstract in English:

Viral hemorrhagic diseases in cervids occur worldwide and include epizootic hemorrhagic disease (EHD), bluetongue (BT), and adenoviral hemorrhagic disease (AHD). Since gross lesions in all three hemorrhagic diseases are identical (hemorrhagic enteropathy, pulmonary edema, systemic petechial and suffusion hemorrhages), it is necessary to use accurate techniques for a definitive etiologic diagnosis. Archival material (paraffin blocks) at the Department of Veterinary Pathology of FCAV – Unesp was reviewed for lesions of hemorrhagic disease and 42 captive and free-living Brazilian deer were selected to include in this study. Paraffin-embedded tissues were evaluated using immunohistochemistry and tested negative for adenovirus. Using real time RT-PCR, EHD virus was not detected in paraffin-embedded tissues in any of the cases evaluated. The same technique was used for detection of BT virus and seven positive animals (16,66%) were confirmed after agarose 4% gel electrophoresis and gene sequencing. The main macroscopic changes observed in the positive animals were hemorrhagic intestinal contents, reddish mucous membrane of the gastrointestinal tract, ulcers on tongue and petechiae in various organs. Microscopic changes observed were lymphocytic inflammatory infiltrate in liver, kidney and lungs, hemorrhage, and congestion in various organs. All positive cases were from captive animals, three females (two young and one adult), and four young males. This study demonstrates that the bluetongue virus is involved in hemorrhagic disease outbreaks of deer in Brazil.

Abstract in Portuguese:

Doenças hemorrágicas virais em cervídeos ocorrem no mundo todo e incluem a doença epizoótica hemorrágica (DEH), língua azul (LA), e doença hemorrágica por adenovírus (DHA). Uma vez que as lesões nas três doenças hemorrágicas são idênticas (enteropatia hemorrágica, edema pulmonar, petéquias sistêmicas e sufusões hemorrágicas), é necessário utilizar técnicas precisas para um diagnóstico etiológico definitivo. Material de arquivo (blocos de parafina) do Departamento de Patologia Veterinária da FCAV - Unesp foi revisado para lesões de doenças hemorrágicas e 42 cervídeos brasileiros de cativeiro e de vida livre foram selecionados e incluídos neste estudo. Tecidos embebidos em parafina foram avaliados usando imunohistoquímica e foram negativos para adenovírus. Usando o RT-PCR em tempo real, o vírus da DEH não foi detectado nos tecidos de nenhum dos casos avaliados. A mesma técnica foi utilizada para detecção do vírus da LA e sete animais positivos (16,66%) foram confirmados após eletroforese em gel de agarose a 4% e sequenciamento genético. As principais alterações macroscópicas observadas nos animais positivos foram conteúdo intestinal hemorrágico, mucosa do trato gastrointestinal avermelhada, úlceras na língua e petéquias em vários órgãos. As alterações microscópicas observadas foram infiltrado inflamatório linfocítico em fígado, rins e pulmões, e hemorragia e congestão em vários órgãos. Todos os casos positivos foram de animais de cativeiro, três fêmeas (dois jovens e um adulto), e quatro jovens do sexo masculino. Este estudo demonstra que o vírus da lingual azul está envolvido nos surtos de doença hemorrágica em veados no Brasil.


#10 - Detection of coronavirus in diarrhea samples from water buffaloes (Bubalus bubalis) raised in the State of São Paulo, Brazil, 37(8):802-804

Abstract in English:

ABSTRACT.- Rossi R.S., Gaeta N.C., Gregori F. & Gregory L. 2017. [Detection of coronavirus in diarrhea samples from water buffaloes (Bubalus bubalis) raised in the State of São Paulo, Brazil.] Detecção de coronavírus em amostras de fezes diarreicas de búfalos (Bubalus bubalis) criados no Estado de São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(8):802-804. Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Professor Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: lgregory@usp.br Neonatal diarrhea can be a consequence of bacterial, endoparasite and viral infections. Although virus involved in diarrhea is frequently studied in cattle herds, there is lack of studies in Brazilian buffalo herds. The aim of this study was evaluate the presence of rotavirus and coronavirus in diarrhea samples of buffaloes (Bubalus buballis) raised on eight farms in Pariquera-açu, Registro, Pirassununga, Dourado, São João da Boa Vista e Congonhas, State of São Paulo, Brazil. We collected 40 diarrhea samples from water buffalo calves. While coronavirus was detected using nested polymerase chain reaction, rotavirus was detected using Polyacrylamide Gel Electrophoresis (PAGE) with silver stain. Rotavirus was not detected, while two samples (2/40, 5.0%) were positive for coronavirus. Although we did not detect rotavirus, a low percentage of coronavirus was observed; possible interference of these viruses in the development of diarrhea should not be discarded. Considering the lack of literature about diarrhea in water buffalo calves, particularly the one related with coronavirus, our results encourage new studies to enhance buffalo health in our country.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Rossi R.S., Gaeta N.C., Gregori F. & Gregory L. 2017. [Detection of coronavirus in diarrhea samples from water buffaloes (Bubalus bubalis) raised in the State of São Paulo, Brazil.] Detecção de coronavírus em amostras de fezes diarreicas de búfalos (Bubalus bubalis) criados no Estado de São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 37(8):802-804. Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Professor Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: lgregory@usp.br A diarreia neonatal pode ser consequência de infecções bacterianas, endoparasitarárias e virais. Enquanto esses agentes virais são extensamente estudados nos rebanhos bovinos, faltam informações sobre a importância destes para os rebanhos bubalinos brasileiros. O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de rotavírus e coronavírus em amostras de fezes diarreicas de búfalos (Bubalus buballis) criados em oito propriedades localizadas em Pariquera-açu, Registro, Pirassununga, Dourado, São João da Boa Vista e Congonhas, Estado de São Paulo. Foram coletadas 40 amostras de fezes diarreicas de bezerros búfalos (Bubalus bubalis). A detecção de coronavírus foi realizada pela nested-PCR, enquanto que a detecção de rotavírus foi realizada pela Eletroforese em Gel de Poliacrilamida (PAGE) com coloração com nitrato de prata. Enquanto rotavírus não foi identificado, duas amostras (2/40, 5,0%) foram positivas para coronavírus. Embora no presente trabalho tenha havido baixa detecção de coronavírus e a ausência de rotavírus nos rebanhos estudados, a possível interferência desses vírus no desenvolvimento dos quadros diarreicos não deve ser descartada. Considerando o escasso material encontrado na literatura a respeito da diarreia em bezerros búfalos, principalmente aquele relativo ao coronavírus, nossos resultados são um incentivo para que novos estudos sejam realizados para impulsionar o desenvolvimento da bubalinocultura em nosso país.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV