Resultado da pesquisa (4)

Termo utilizado na pesquisa Samara S.I

#1 - Schooling and volume of production have association with the risk perception of milk producers in the use of veterinary products, 34(10):981-989

Abstract in English:

ABSTRACT.- Borsanelli A.C., Samara S.I., Ferraudo A.S. & Dutra I.S. 2014. [Schooling and volume of production have association with the risk perception of milk producers in the use of veterinary products.] Escolaridade e volume de produção têm associação com a percepção de risco de produtores de leite no uso de produtos veterinários. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(10):981-989. Departamento de Apoio, Produção e Saúde Animal, Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba, Universidade Estadual Paulista, Rua Clóvis Pestana 793, Cx. Postal 533, Jardim Dona Amélia, Araçatuba, SP 16050-680, Brazil. E-mail: isdutra@fmva.unesp.br The present study aimed to evaluate the correspondence between socioeconomic factors of 171 milk producers (schooling, daily production volume and time in activity), of 96 counties in the state of São Paulo, and the risk perception in the use of veterinary products through individual interview and multiple correspondence analysis. Producers with low schooling tend to milk animals treated with acaricides, not to discard the milk of cows treated for mastitis, to receive no bonus for the quality of milk and not to use personal protective equipment (PPE). In contrast, producers with higher education tend to declare that they discard milk from cows treated for mastitis, to receive bonus for milk quality, to participate in training and use PPE. Producers with less than 50 liters of milk per day tend to declare that they do not observe the lack period of veterinary products, and when mentioned the lack period of two products more incorrectly answered, use vermifuge in lactating animals and do not receive bonus for milk quality. Producers with more than 500 liters of milk per day tend to declare they observe the lack period of veterinary products, to answer correctly the lack period of two products, to receive bonus for quality, to participate in training and to use PPE. It was possible to evidence that within the selected variables there are categories or groups of milk producers for whom the sanitary hazard is more visible and others for whom the hazard is less visible. In this context, it is necessary and urgent the execution of contemporary sanitary programs in rural units of milk production, the update of services of technical assistance and rural extension (public and private), with different approach and complementary to the currentand the development of effective sanitary education actions.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Borsanelli A.C., Samara S.I., Ferraudo A.S. & Dutra I.S. 2014. [Schooling and volume of production have association with the risk perception of milk producers in the use of veterinary products.] Escolaridade e volume de produção têm associação com a percepção de risco de produtores de leite no uso de produtos veterinários. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(10):981-989. Departamento de Apoio, Produção e Saúde Animal, Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba, Universidade Estadual Paulista, Rua Clóvis Pestana 793, Cx. Postal 533, Jardim Dona Amélia, Araçatuba, SP 16050-680, Brazil. E-mail: isdutra@fmva.unesp.br O presente estudo teve por objetivo avaliar a correspondência entre fatores socioeconômicos de 171 produtores de leite (escolaridade, volume de produção diária e tempo na atividade) de 96 municípios do Estado de São Paulo, e a percepção de risco no uso de produtos veterinários, por meio de entrevista individual e da análise de correspondência múltipla. Produtores com grau de escolaridade fundamental tendem a ordenhar animais tratados com carrapaticidas, não descartar o leite de vacas em tratamento para mastite, não receber bonificação por qualidade e não usar EPIs. Já produtores com grau de instrução superior tendem a declarar que descartam o leite de vacas em tratamento para a mastite, a receber bonificação por qualidade, a participar de treinamento e a usar EPIs. Produtores com menos de 50 litros de leite diários tendem a declarar que não observam o período de carência dos produtos veterinários e são os que mais responderam incorretamente o período de carência de dois produtos empregados na propriedade, vermifugam animais em lactação e não recebem bonificação por qualidade. Produtores com mais de 500 litros de leite diários tendem a declarar que observam o período de carência dos produtos veterinários, tendem a responder corretamente o período de carência de dois produtos, a receber bonificação por qualidade, a participar de treinamento e a usar EPIs. Foi possível evidenciar que dentro das variáveis selecionadas há categorias ou grupos de produtores de leite para os quais o perigo sanitário é mais visível e outros para os quais o perigo é menos visível. Nesse contexto, é necessário e urgente a execução de programas sanitários contemporâneos nas unidades rurais de produção de leite, a atualização dos serviços de assistência técnica e extensão rural (pública e privada), com enfoque distinto e complementar ao atual e o desenvolvimento de ações efetivas de educação sanitária.


#2 - Strategy for eradication of outbreaks of Aujeszky’s Disease in pigs in the São Paulo state, 32(11):1121-1126

Abstract in English:

ABSTRACT.- Oliveira L.G., Oliveira M.E.F., Alexandrino B. & Samara S.I. 2012. [Strategy for eradication of outbreaks of Aujeszky’s Disease in pigs in the São Paulo state.] Estratégia para erradicação de focos da Doença de Aujeszky em suínos no Estado de São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(11):1121-1126. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Jaboticabal, SP14884-900, Brazil. E-mail: luis.guilherme@cda.sp.gov.br This study aimed to evaluate strategies for eradication of Aujeszky Disease (AD) virus infection after outbreaks in swine production systems in Sao Paulo state. Two outbreaks were identified in Cerqueira César county. The first outbreak coursed with seropositive pigs (outbreak 1), and the other with pigs presenting clinical signs (outbreak 2). In order to eradicate the infection, two sanitary strategies were tested: (1) eradication of animals with positive serology and (2) by gradual depopulation, with a follow up of 12 months. The serology eradication was used in outbreak 1, and included the identification, isolation and slaughter of positive animals; followed by vaccination of negative animals and replacement with pigs from farms free of the disease. At the beginning, 68% of pigs were positive, and at the end it declined to 51%. In outbreak 2, gradual depopulation was used, and all animals were sent to sanitary slaughter, until facilities were completely empty. Afterwards, animals free of the disease were used for repopulation. It was seen that the last strategy was more effective because eradicated the infection.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Oliveira L.G., Oliveira M.E.F., Alexandrino B. & Samara S.I. 2012. [Strategy for eradication of outbreaks of Aujeszky’s Disease in pigs in the São Paulo state.] Estratégia para erradicação de focos da Doença de Aujeszky em suínos no Estado de São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(11):1121-1126. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Via de acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Jaboticabal, SP14884-900, Brazil. E-mail: luis.guilherme@cda.sp.gov.br Este trabalho teve como objetivo a avaliação de duas estratégias para erradicação de focos da doença de Aujeszky (DA) em suínos criados comercialmente no estado de São Paulo. Foram identificados dois focos da enfermidade, no município de Cerqueira César, um apresentando somente animais sororreagentes (Foco 1) e outro, casos clínicos da doença (Foco 2). Foram avaliadas duas estratégias de erradicação, uma por eliminação dos sororreagentes e outra por despovoamento gradual, com acompanhamento durante 12 meses. A erradicação por eliminação dos sororreagentes foi aplicada no Foco 1 e compreendeu na identificação por exame sorológico, isolamento e abate dos positivos; vacinação dos negativos e reposição no plantel com animais provenientes de propriedade livre. No início dos trabalhos, 68% do plantel era positivo e ao final 51%. No Foco 2 utilizou-se o despovoamento gradual, onde todos os animais foram enviados ao abate sanitário, realizado vazio sanitário nas instalações, seguido pelo repovoamento com animais livres. Esta última estratégia, nas condições desse trabalho, mostrou-se a mais eficaz, pois erradicou a DA.


#3 - Molecular characterization of group A bovine rotavirus in southeastern and central-western Brazil, 32(3):237-242

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva F.D.F., Gregori F., Gonçalves A.C.S., Samara S.I. & Buzinaro M.G. 2012. Molecular characterization of group A bovine rotavirus in southeastern and central-western Brazil. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(3):237-242. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: vete_fer@yahoo.com.br Rotavirus is an important cause of neonatal diarrhea in humans and several animal species, including calves. A study was conducted to examine 792 fecal samples collected from calves among 65 dairy and beef herds distributed in two of Brazil’s major livestock producing regions, aiming to detect the occurrence of rotavirus and perform a molecular characterization of the rotavirus according to G and P genotypes in these regions. A total of 40 (5.05%) samples tested positive for rotavirus by the polyacrylamide gel electrophoresis (PAGE) technique. The molecular characterization was performed by multiplex semi-nested RT-PCR reactions, which indicated that the associations of genotypes circulating in herds in Brazil’s southeastern region were G6P[11], G10P[11], G[-]P[5] + [11], G[-]P[6] in the state of São Paulo and G6P[11], G8P[5], G11P[11], G10P[11] in the state of Minas Gerais. In the central-western region, the genotypes G6P[5] + [11], G6P[5], G8P[-], G6P[11], G [-] P[1], G[-] P[11], and G[-] P[5] were detected in the state of Goiás, while the genotypes G6P[5], G8[P11], G6[P11], G8[P1], G8[P5], G6[P1] were circulating in herds in the state of Mato Grosso do Sul. The genotypic diversity of bovine rotavirus found in each region under study underlines the importance of characterizing the circulating samples in order to devise the most effective prophylactic measures.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva F.D.F., Gregori F., Gonçalves A.C.S., Samara S.I. & Buzinaro M.G. 2012. [Molecular characterization of group A bovine rotavirus in southeastern and central-western Brazil.] Caracterização molecular de rotavírus bovino do Grupo A nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(3):237-242. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: vete_fer@yahoo.com.br Rotavírus é uma importante causa de diarreia neonatal em humanos e várias espécies animais, incluindo bezerros. Foi realizado um estudo a partir de 792 amostras fecais colhidas de bezerros, provenientes de 65 rebanhos de leite e corte distribuídos em duas das maiores regiões produtoras no Brasil, com o objetivo de se detectar a ocorrência de rotavírus e realizar a sua caracterização molecular quanto aos genotipos G e P nestas regiões. Um total de 40 (5,05%) de amostras testadas foram positivas para rotavírus pela técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida (PAGE). A caracterização molecular foi realizada através de reações do tipo Multiplex semi-nested RT-PCR demonstrando que as associações de genotipos circulantes em rebanhos da região Sudeste foram G6P[11], G10[P11], G[-]P[5]+[11], G[-]P[6] no Estado de São Paulo e G6P[11], G8P[5], G11P[11], G10P[11] no Estado de Minas Gerais. Na região Centro-Oeste, foram detectados no Estado de Goiás os genotipos G6P[5]+[11], G6P[5], G8P[-], G6P[11], G[-]P[1], G[-]P[11], G[-]P[5] enquanto os genotipos G6P[5], G8[P11], G6[P11], G8[P1], G8[P5], G6[P1] eram circulantes em rebanhos do Estado do Mato Grosso do Sul. A diversidade genotípica de rotavírus bovino encontrada em cada região estudada justifica a importância da caracterização das amostras circulantes para medidas profiláticas mais efetivas.


#4 - Occurrence of persistently infected animals with bovine viral diarrhoea virus in cattle herds from the states of Minas Gerais and São Paulo, Brazil, 30(11):933-939

Abstract in English:

ABSTRACT.- Dias F.C., Médici K.C., Alexandrino B., Medeiros A.S.R., Alfieri A.A. & Samara S.I. 2010. [Occurrence of persistently infected animals with bovine viral diarrhoea virus in cattle herds from the states of Minas Gerais and São Paulo, Brazil.] Ocorrência de animais persistentemente infectados pelo vírus da diarréia viral bovina em rebanhos bovinos nos Estados de Minas Gerais e São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 30(11):933-939. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Vila Industrial, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: fabiocadi@yahoo.com.br The research on persistently infected (PI) animals with bovine viral diarrhoea virus (BVDV) was conducted in 26 cattle herds, which were not BVDV vaccinated, located in the states of Minas Gerais and São Paulo, Brazil. Using a sampling strategy, five samples of blood were collected from 6 to 12-month-old calves of each herd, and the blood sera were tested by virusneutralization test (VN) to BVDV-1 and BVDV-2. The herds that had at least three out of five samples reacting to one of the genotypes of BVDV and antibody titers greater than 128 were selected to PI animals research. In three of the herds that matched the before-mentioned criteria, paired blood samples were collected from all its individuals considering a collection interval of 30 days. The blood sera of these samples were VN tested against BVDV-1 and BVDV-2. In samples not reacting to at least one of the BVDV genotypes and also in those collected from calves of less than six months of age, virus research was undertaken by reverse transcription polymerase chain reaction (RT-PCR). From the examined herds, two PI animals were detected in paired samples obtained from a herd located in the state of Minas Gerais.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Dias F.C., Médici K.C., Alexandrino B., Medeiros A.S.R., Alfieri A.A. & Samara S.I. 2010. [Occurrence of persistently infected animals with bovine viral diarrhoea virus in cattle herds from the states of Minas Gerais and São Paulo, Brazil.] Ocorrência de animais persistentemente infectados pelo vírus da diarréia viral bovina em rebanhos bovinos nos Estados de Minas Gerais e São Paulo. Pesquisa Veterinária Brasileira 30(11):933-939. Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Reprodução Animal, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane s/n, Vila Industrial, Jaboticabal, SP 14884-900, Brazil. E-mail: fabiocadi@yahoo.com.br A pesquisa de animais persistentemente infectados (PI) pelo vírus da diarréia viral bovina (BVDV) foi realizada em 26 rebanhos bovinos, não vacinados contra o BVDV, localizados nos Estados de Minas Gerais e São Paulo, Brasil. Utilizando uma estratégia de amostragem, de cada rebanho foram obtidas cinco amostras de sangue de bezerros, entre 6 e 12 meses de idade, e os soros sanguíneos foram submetidos ao teste de virusneutralização (VN) para o BVDV-1 e o BVDV-2. Os rebanhos que apresentaram pelo menos três das cinco amostras reagentes a um dos genótipos do BVDV, e com títulos de anticorpos superiores a 128, foram selecionados para a pesquisa de animais PI. Em três rebanhos que apresentaram tal condição, foram colhidas amostras pareadas de sangue de todos os bovinos do rebanho, com intervalo de 30 dias entre as colheitas, e o soro sanguíneo foi submetido ao teste de VN para o BVDV-1 e o BVDV-2. Nas amostras não reagentes a pelo menos um dos genótipos do BVDV e naquelas provenientes de bovinos com menos de seis meses de idade, realizou-se a pesquisa do BVDV pela reação em cadeia da polimerase precedida pela transcrição reversa (RT-PCR). Dos rebanhos analisados, foram detectados dois animais PI a partir de amostras obtidas nas colheitas pareadas provenientes de um rebanho localizado no Estado de Minas Gerais.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV