Resultado da pesquisa (2)

Termo utilizado na pesquisa Silva F.M.O

#1 - Development of the central nervous system in guinea pig (Cavia porcellus, Rodentia, Caviidae), 36(8):753-760

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva F.M.O., Alcantara D., Carvalho R.C., Favaron P.O., Santos A.C., Viana D.C. & Miglino M.A. 2016. Development of the central nervous system in guinea pig (Cavia porcellus, Rodentia, Caviidae). Pesquisa Veterinária Brasileira 36(8):753-760. Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: fernanda_fmos@hotmail.com This study describes the development of the central nervous system in guinea pigs from 12th day post conception (dpc) until birth. Totally, 41 embryos and fetuses were analyzed macroscopically and by means of light and electron microscopy. The neural tube closure was observed at day 14 and the development of the spinal cord and differentiation of the primitive central nervous system vesicles was on 20th dpc. Histologically, undifferentiated brain tissue was observed as a mass of mesenchymal tissue between 18th and 20th dpc, and at 25th dpc the tissue within the medullary canal had higher density. On day 30 the brain tissue was differentiated on day 30 and the spinal cord filling throughout the spinal canal, period from which it was possible to observe cerebral and cerebellar stratums. At day 45 intumescences were visualized and cerebral hemispheres were divided, with a clear division between white and gray matter in brain and cerebellum. Median sulcus of the dorsal spinal cord and the cauda equina were only evident on day 50. There were no significant structural differences in fetuses of 50 and 60 dpc, and animals at term were all lissencephalic. In conclusion, morphological studies of the nervous system in guinea pig can provide important information for clinical studies in humans, due to its high degree of neurological maturity in relation to its short gestation period, what can provide a good tool for neurological studies.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva F.M.O., Alcantara D., Carvalho R.C., Favaron P.O., Santos A.C., Viana D.C. & Miglino M.A. 2016. Development of the central nervous system in guinea pig (Cavia porcellus, Rodentia, Caviidae). [Desenvolvimento do sistema nervoso central em guinea pig (Cavia porcellus, Rodentia, Caviidae).] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(8):753-760. Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Dr. Orlando Marques de Paiva 87, Cidade Universitária, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: fernanda_fmos@hotmail.com Este estudo descreve o desenvolvimento do sistema nervoso central em guinea pig do 12º dia pós-concepção (dpc) até ao nascimento. No total, 41 embriões e fetos foram analisados macroscopicamente e por microscopia de luz e eletrônica. O fechamento do tubo neural foi observado no dia 14 e o desenvolvimento da medula espinhal e diferenciação das vesículas primitivas do sistema nervoso central foram observados no dia 20. Histologicamente, o tecido cerebral indiferenciado foi observado como uma massa de tecido mesenquimal entre os dias 18 e 20 e no 25º dia o tecido no interior do canal medular apresentou maior densidade. No dia 30 o tecido cerebral apresentou-se diferenciado, período no qual a medula espinhal preenchia todo o canal vertebral e foi possível observar os estratos cerebral e cerebelar. No dia 45 as intumescências cervical e lombar foram visualizadas e os hemisférios cerebrais estavam divididos, com uma clara distinção entre substância branca e cinzenta no cérebro e cerebelo. O sulco mediano dorsal da medula espinhal e a cauda equina foram evidentes apenas no dia 50. Não houve diferenças estruturais significativas em fetos de 50 e 60 dpc e animais a termo eram todos lisencefálicos. Estudos morfológicos do sistema nervoso em guinea pig podem fornecer informações importantes para estudos clínicos em seres humanos devido ao alto grau de maturidade neurológica em relação ao seu período de gestação curto, fato que servir como excelente ferramenta em estudos neurológicos.


#2 - Histological and comparative analysis of lingual papillae of the deer Mazama americana and Mazama gouzoubira by light and scanning electron microscopy, 32(10):1061-1066

Abstract in English:

ABSTRACT.- Kokubun H.S., Esper G.V.Z., Franciolli A.L.R., Silva F.M.O., Rici R.E.G. & Miglino M.A. 2012. [Histological and comparative analysis of lingual papillae of the deer Mazama americana and Mazama gouzoubira by light and scanning electron microscopy.] Estudo histológico e comparativo das papilas linguais dos cervídeos Mazama americana e Mazama gouzoubira por microscopia de luz e eletrônica de varredura. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(10):1061-1066. Setor de Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres, Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Orlando Marques de Paiva 87, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: greyson@usp.br The type of feeding is dependent on the environment in which the animal lives, fact that’s responsible for changes in morphology such as stratification, level of keratinization and functionality. Among the functional morphological structures of the tongue the papillae are worth mentioning due to their close relation to the diet. Two Cervidae species were used, five Mazama gouazoubira and two Mazama americana. Their tongues were divided into three parts, apex, body and root, and comparatively analyzed by light and scanning electron microscopy. The filiform, fungiform and vallate papillae were present in the two species’ tongue and presented the same distribution, differing only in the quantity of vallate papillae on the root of the tongue, fact that might be related to the diet. Moreover, their distribution resembles that of other herbivore species.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Kokubun H.S., Esper G.V.Z., Franciolli A.L.R., Silva F.M.O., Rici R.E.G. & Miglino M.A. 2012. [Histological and comparative analysis of lingual papillae of the deer Mazama americana and Mazama gouzoubira by light and scanning electron microscopy.] Estudo histológico e comparativo das papilas linguais dos cervídeos Mazama americana e Mazama gouzoubira por microscopia de luz e eletrônica de varredura. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(10):1061-1066. Setor de Anatomia dos Animais Domésticos e Silvestres, Departamento de Cirurgia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, Av. Prof. Orlando Marques de Paiva 87, São Paulo, SP 05508-270, Brazil. E-mail: greyson@usp.br O tipo de alimentação depende do ambiente em que o animal se encontra, sendo este um fator responsável pela alteração da morfologia, como a estratificação e o nível de queratinização da língua, e a funcionalidade da mesma. Dentre as estruturas morfológicas funcionais da língua, as papilas vêm merecendo destaque devido a sua estreita relação com a dieta. Foram utilizadas duas espécies de cervídeos: cinco Mazama gouazoubira e duas Mazama americana, dividindo-se a língua em três partes: ápice, corpo e raiz. Analisou comparativamente a língua de duas espécies por meio de microscopia de luz e eletrônica de varredura. As papilas filiforme, fungiforme e valada apresentaram na língua das duas espécies estudadas, e com a mesma distribuição, mudando apenas a quantidade e formato de papilas filiformes no ápice lingual e a quantidade e disposição das papilas valadas na raiz da língua, fator este que pode ser ligado à dieta dos animais. . Além disto, sua distribuição é semelhante à de outras espécies de herbívoros.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV