Resultado da pesquisa (2)

Termo utilizado na pesquisa Vieira V.P

#1 - Not all abscesses in small ruminants are caused by Corynebacterium pseudotuberculosis, 38(10):1902-1908

Abstract in English:

ABSTRACT.- Silva R.M.M., Cerqueira R.B., Vieira V.P., Ribas J.R.L., Nascimento K.A., Pimentel L.A., Pedroso P.M.O. & Macêdo J.T.S.A. 2018. [Not all abscesses in small ruminants are caused by Corynebacterium pseudotuberculosis.] Nem todo abscesso em pequenos ruminantes é causado por Corynebacterium pseudotuberculosis. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(10):1902-1908. Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade de Brasília, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Via L4 Norte s/n, Brasília, DF 70910-970, Brazil. E-mail: jtsam_targino@yahoo.com.br The study aimed to determine the prevalence and distribution of abscessed lesions, etiologic agent identification and assessment of histological lesions in sheep and goats slaughtered in a slaughter plant refrigerator with Federal Inspection Service in the State of Bahia. The amount of 153 samples of viscera and lymph nodes with abscesses of 1.148 slaughtered animals were collected. The highest prevalence in sheep was in males, aged 12 months, as in liver (21.2%) and prescapular lymph nodes (20.3%) the main affected organs. The prevalence in goats in male, aged 30 months and in retropharyngeal (25%) and prescapular lymph nodes (25%). The following microorganisms were isolated from the samples: Corynebacterium pseudotuberculosis 33.33%, Escherichia coli 19.61%, Proteus mirabilis 9.80%, Pseudomonas aeruginosa 7.19%, Trueperella pyogenes 5.22%, Streptococcus spp. 5.22% and Staphylococcus aureus 4.57%. The macroscopic and histological lesions of abscesses collected presented no difference between isolated microorganisms.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Silva R.M.M., Cerqueira R.B., Vieira V.P., Ribas J.R.L., Nascimento K.A., Pimentel L.A., Pedroso P.M.O. & Macêdo J.T.S.A. 2018. [Not all abscesses in small ruminants are caused by Corynebacterium pseudotuberculosis.] Nem todo abscesso em pequenos ruminantes é causado por Corynebacterium pseudotuberculosis. Pesquisa Veterinária Brasileira 38(10):1902-1908. Laboratório de Patologia Veterinária, Universidade de Brasília, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Via L4 Norte s/n, Brasília, DF 70910-970, Brazil. E-mail: jtsam_targino@yahoo.com.br O presente estudo objetivou determinar a prevalência e distribuição de lesões abscedativas, identificação do agente etiológico e avaliação das lesões histológicas em caprinos e ovinos abatidos em um matadouro-frigorífico com Serviço de Inspeção Federal do estado da Bahia. Foram coletadas 153 amostras de vísceras e linfonodos com abscessos de 1.148 animais abatidos. A maior prevalência na espécie ovina foi em macho, com faixa etária de 12 meses, sendo os principais órgãos acometidos fígado (21,2%) e linfonodo pré-escapular (20,3%). Na espécie caprina, a prevalência maior foi em macho, com faixa etária de 30 meses, sendo os linfonodos retro faríngeo (25%) e pré-escapular os mais acometidos (25%). Isolou-se os seguintes micro-organismos das amostras: Corynebacterium pseudotuberculosis em 33,33%, Escherichia coli (19,61%), Proteus mirabilis (9,80%), Pseudomonas aeruginosa (7,19%), Trueperella pyogenes (5,22%), Streptococcus spp. (5,22%) e Staphylococcus aureus (4,57%). As lesões macroscópicas e histológicas dos abscessos coletados não apresentaram diferenças entre micro-organismos isolados.


#2 - Miticidal efficacy of an emulsion containing 10% neem (Azadirachtaindica) oil for control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits, 32(12):1253-1256

Abstract in English:

ABSTRACT.- Fernandes J.I., Verocai G.G., Ribeiro F.A., Melo R.M.P.S., Correia T.R.,Veiga C.C.P., Vieira V.P.C. & Scott F.B. 2012. [Miticidal efficacy of an emulsion containing 10% neem (Azadirachtaindica) oil for control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits.] Eficácia acaricida de uma emulsão contendo 10% de óleo de Nim (Azadirachta indica) no controle de Psoroptes ovis em coelhos naturalmente infestados. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(12):1253-1256. Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal do Pará, BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68740-970.Brazil. E-mail: vetjulio@yahoo.com.br The objective of the present study was to evaluate the efficacy of an emulsion containing 10% of neem (Azadirachta indica) oil on the control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits. Twelve rabbits were randomly divided in two groups of six animals. The control group remained without treatment; while animals in the other group were treated with the 10% neem extract formulation by spraying both ears daily for seven consecutive days. The animals were evaluated daily for the presence of adverse effects. Material from ears all animals was collected on days +3, +7, +14, +21, +28 and +35, and evaluated for the presence of living mites. Animals from control group presented mites in both ears along all days of observation. The treated group presented an efficacy of 41.7% on day +3 and 100% from day +7 to +35. The product containing 10% neem oil has demonstrated to be effective for the treatment of psoroptic mange on rabbits. However, treated animals presented dermatological reaction such as alopecia and hyperemia at the site of application, varying from low to medium severity.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Fernandes J.I., Verocai G.G., Ribeiro F.A., Melo R.M.P.S., Correia T.R.,Veiga C.C.P., Vieira V.P.C. & Scott F.B. 2012. [Miticidal efficacy of an emulsion containing 10% neem (Azadirachtaindica) oil for control of Psoroptes ovis in naturally infested rabbits.] Eficácia acaricida de uma emulsão contendo 10% de óleo de Nim (Azadirachta indica) no controle de Psoroptes ovis em coelhos naturalmente infestados. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(12):1253-1256. Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal do Pará, BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68740-970.Brazil. E-mail: vetjulio@yahoo.com.br O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia de uma emulsão contendo 10% de óleo de nim, Azadirachta indica, no controle de Psoroptes ovis em coelhos naturalmente infestados. Foram utilizados 12 coelhos separados aleatoriamente em dois grupos de seis animais cada. O grupo controle permaneceu sem tratamento, enquanto que o grupo tratado recebeu a formulação em teste, contendo 10% de Nim, borrifando ambos os condutos auditivos, uma vez ao dia, por sete dias consecutivos. Os animais foram avaliados diariamente para observação de possíveis efeitos adversos do produto. Nos dias +3, +7, +14,+21, +28 e +35 foi coletado material de todos os animais para avaliação da presença de ácaros vivos. Os coelhos do grupo controle apresentavam ácaros em ambos os condutos auditivos em todos os dias de observação. O grupo tratado apresentou eficácia de 41,7% no dia +3 e 100% a partir do dia +7 até o dia +35. O produto demonstrou ser eficaz no tratamento da sarna psoróptica em coelhos. Entretanto, todos os animais tratados apresentaram reações dermatológicas, tais como alopecia e hiperemia no local de aplicação do produto, variando de baixa a média severidade.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV