Resultado da pesquisa (9)

Termo utilizado na pesquisa deficiências minerais

#1 - Jürgen Döbereiner: a life dedicated to science

Abstract in English:

Dr. Jürgen Döbereiner was born in Germany, on the 1st of November 1923, and lived in Brazil for 68 years during which time he developed a range of scientific projects in veterinary pathology and related disciplines. His main interests were the identification of new poisonous plants and mineral deficiencies and the causes of “cara inchada” (“swollen face” a periodontal disease) and botulism in livestock. This research has resulted in the improved health and saving of hundreds of thousands of animals, mainly cattle, annually, and is consequently of enormous economic value to the country. This contribution remains largely under appreciated. He was also involved in organizing diagnostic methods for identifying infectious diseases such as African swine fever and glanders in horses. One of his other major achievements has been the foundation and editing of specialized scientific journals for the documentation of veterinary science research results. At the beginning of his career in the 1950s, he and colleagues from the Institute for Animal Biology (IBA) were struggling to find a national scientific journal where research results from veterinary medicine could be published with practical application to the Brazilian reality. In consequence, the team founded “Arquivos do Instituto de Biologia Animal” and published three volumes (1959‑1961). He then founded and edited “Pesquisa Agropecuária Brasileira” (The Brazilian Journal of Agricultural Research”) that included a veterinary section. A series of veterinary volumes were published (1966-1976). Finally, in 1978 he helped create the Brazilian College of Veterinary Pathology (CBPA) that published “Pesquisa Veterinária Brasileira” (The Brazilian Journal of Veterinary Research) from 1981. The main goal was to communicate the most relevant disease problems of Brazilian livestock, in particular pathology and related subjects such as epidemiology, clinical study series and laboratory diagnosis to field veterinarians and academics. Dr. Jürgen Döbereiner was president of CBPA (1978-2018) and chief editor of “Pesquisa Veterinária Brasileira” (1981-2018). He passed away on the 16th of October, 2018, at the age of 94 at his home in Seropédica/RJ, Brazil.

Abstract in Portuguese:

Dr. Jürgen Döbereiner nasceu na Alemanha em 1 de novembro de 1923, durante 68 anos viveu no Brasil e desenvolveu trabalhos científicos no campo da patologia veterinária latu sensu. Sua contribuição científica de destaque foi em temas como plantas tóxicas de interesse pecuário, deficiências minerais em animais de produção, cara inchada (doença periodontal) dos ruminantes, botulismo e diagnóstico de doenças infecciosas. Estas pesquisas resultaram na melhoria da saúde e de centenas de milhares de animais, principalmente bovinos e, consequentemente, foram de enorme valor econômico para o país. Esta contribuição ainda permanece em grande parte subestimada. De grande destaque para a ciência brasileira foi ainda a sua atuação profissional na documentação científica de resultados de pesquisa. No início de sua carreira na década de 1950, Dr. Döbereiner e outros pesquisadores do Instituto de Biologia Animal (IBA) detectaram a necessidade de um periódico científico nacional para publicar resultados de pesquisas com aplicação pratica à realidade brasileira. Dessa iniciativa surgiram os Arquivos do Instituto de Biologia Animal, que publicou três fascículos (1959-1961), em seguida o Dr. Jürgen Döbereiner participou na fundação da revista Pesquisa Agropecuária Brasileira que publicou a Série Veterinária (1966-1976) e finalmente em 1978, houve a fundação do Colégio Brasileiro de Patologia Animal (CBPA) que publica desde 1981 a revista Pesquisa Veterinária Brasileira. Este periódico científico foi criado para apresentar à comunidade, principalmente veterinários de campo e professores, os principais problemas de saúde em animais de produção no Brasil, ou seja, patologia em seu sentido amplo, envolvendo as áreas de epidemiologia, clínica e diagnóstico laboratorial. Dr. Jürgen Döbereiner, que foi presidente do CBPA (1978-2018) e Editor-Chefe da revista Pesquisa Veterinária Brasileira (1981-2018), faleceu em casa, em 16 de outubro de 2018, aos 94 anos, no município de Seropédica/RJ.


#2 - Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil, 35(5):409-416

Abstract in English:

ABSTRACT.- Bomjardim H.A., Oliveira C.M.C., Silveira J.A.S., Silva N.S., Duarte M.D., Faial K.C.F., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2015. [Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil.] Deficiências minerais em vacas em lactação da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(5):409-416. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br A study of mineral deficiencies was performed in lactating cows from dairy herds belonging to 13 farms of Rondon do Pará, state of Pará, Brazil. We determined the levels of phosphorus (P) in the bone and levels of copper (Cu), cobalt (Co), selenium (Se) and zinc (Zn) in the liver of 47 dairy cows in lactation 2. The samples were collected by means of biopsies taken on the top third of the 12th rib of the right side and the caudal edge of the caudate liver lobe, respectively. The herds were composed of crossbred (Holstein x Zebu) cattle, kept in extensive production system on Brachiaria brizantha cv. Marandu pasture and received mineral supplementation. The mineral mixture on 12 farms were commercial type, called “full” and the owners added a quantity of salt above the manufacturer’s recommendations on ten farms. The mineral mixtures were provided in troughs without covering on seven farms and on other eight, providing of the mineral mix was not performed daily. On 11 farms there were clinical histories consistent with mineral deficiencies in livestock, and placenta retention and osteophagia were the most frequently reported ones. The results of chemical analysis showed deficiency of P on five farms, of Co on three farms, of Se on nine farms and of Zn on ten farms. It is concluded that the mineral supplementation performed on the farms do not supply the daily demands of P, Se and Co, based on the estimated daily consumption of 30g of NaCl per animal; the little adequate or inadequate troughs for proper supplementation, as well as inconstant supply of mineral mixtures contribute to the deficiency of one or more minerals.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Bomjardim H.A., Oliveira C.M.C., Silveira J.A.S., Silva N.S., Duarte M.D., Faial K.C.F., Brito M.F. & Barbosa J.D. 2015. [Mineral deficiencies in lactating cows from the dairy basin of Rondon do Pará, Brazil.] Deficiências minerais em vacas em lactação da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Pesquisa Veterinária Brasileira 35(5):409-416. Faculdade de Medicina Veterinária, Instituto de Medicina Veterinária, Campus de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Rodovia BR-316 Km 61, Castanhal, PA 68741-740, Brazil. E-mail: diomedes@ufpa.br Realizou-se um estudo das deficiências minerais em vacas em lactação de rebanhos leiteiros pertencentes a 13 propriedades da bacia leiteira do município de Rondon do Pará, estado do Pará. Foram determinados os níveis de fósforo (P) no osso, e os níveis de cobre (Cu), cobalto (Co), selênio (Se) e zinco (Zn) no fígado de 47 vacas leiteiras no 2º terço da lactação. Estas amostras foram coletadas por meio de biópsias realizadas no terço superior da 12ª costela do lado direito e no bordo caudal do lobo caudado do fígado, respectivamente. Os rebanhos eram formados por animais mestiços (Holandes x Zebu), mantidos em sistema de produção extensivo em pastos de Brachiaria brizantha cv Marandu e recebiam suplementação mineral. A mistura mineral em 12 propriedades era do tipo comercial, dita “completa”, acrescida de quantidades de NaCl acima do recomendado pelos fabricantes em dez propriedades. Em sete propriedades as misturas minerais eram fornecidas em cochos sem cobertura e em oito, o fornecimento da mistura mineral não era realizado diariamente. Em 11 propriedades, havia históricos clínicos condizentes com deficiências minerais nos rebanhos. Nessas fazendas a retenção de placenta e a osteofagia foram as alterações mais relatadas. Após as análises minerais observou-se deficiência de P em cinco propriedades, de Co em três propriedades, de Se em nove propriedades e de Zn em dez propriedades. Conclui-se que ocorre a deficiência de P, Co, Se e Zn; a suplementação mineral realizada na maioria das propriedades não atendeu as exigências diárias de P, Se e Co, baseadas no consumo estimado de 30 g de NaCl/animal/dia; os cochos pouco adequados ou inadequados para a suplementação, assim como o fornecimento inconstante das misturas minerais possivelmente contribuíram para a deficiência de um ou mais minerais.


#3 - Erroneous interpretations regarding mineral deficiencies and supplementation of cattle in Brazil, 34(3):244-249

Abstract in English:

ABSTRACT.- Malafaia P., Costa R.M., Brito M.F., Peixoto P.V., Barbosa J.D., Tokarnia C.H. & Döbereiner J. 2014. [Erroneous interpretations regarding mineral deficiencies and supplementation of cattle in Brazil.] Equívocos arraigados no meio pecuário sobre deficiências e suplementação minerais em bovinos no Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(3):244-249. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465 Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br The economic importance of mineral deficiencies in cattle and their supplementation for animal health and production is well established. But in spite of the existing knowledge and conscience of professionals on this subject in Brazil, there are numerous erroneous interpretations and superstitions on mineral supplementation for cattle, together with indiscriminate commercialization of mineral mixtures; the latter, thoroughly accepted and applied in the rural area, causes considerable economic losses to the cattle industry. In this article of general interest we discuss, one by one, the most important misunderstandings and superstitions regarding this subject.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Malafaia P., Costa R.M., Brito M.F., Peixoto P.V., Barbosa J.D., Tokarnia C.H. & Döbereiner J. 2014. [Erroneous interpretations regarding mineral deficiencies and supplementation of cattle in Brazil.] Equívocos arraigados no meio pecuário sobre deficiências e suplementação minerais em bovinos no Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(3):244-249. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465 Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br Está bem estabelecida a importância que as deficiências e a suplementação minerais exercem na sanidade, produtividade e economicidade da atividade pecuária brasileira. Apesar de os conhecimentos sobre este assunto no meio acadêmico no Brasil serem sólidos, há numerosos equívocos e crendices sobre a suplementação mineral, aliados à comercialização indiscriminada de suplementos minerais, amplamente aceitos e aplicados no meio rural, o que causa consideráveis prejuízos ao setor pecuário. Neste artigo de interesse geral são discutidos, um por um, as mais importantes interpretações errôneas a respeito desse tema.


#4 - Milk production, composition and body condition score of lactating goats receiving two types of mineral mixtures, 34(2):119-122

Abstract in English:

ABSTRACT.- Malafaia P., Cruz P.B. & Silva V.P. 2014. [Milk production, composition and body condition score of lactating goats receiving two types of mineral mixtures.] Produção e composição do leite e escore corporal de cabras lactantes submetidas à suplementação mineral comercial e seletiva. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(2):119-122. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br Comparison of milk production and composition, body condition score and the cost of commercial or selective mineral supplementation was made using two groups of 16 lactating goats during 164 days. No significant difference in milk production between treatments was found. There was no effect of the type of mineral supplement on the composition of milk fat, protein and lactose as well as on the somatic cell count (SCC). The average of daily intake of the commercial supplement was 1.76 times greater than the supplement containing only sodium chloride associated with copper sulfate. The use of the selective mineral mixture based on clinical-nutritional examination of the animals led to a reduction of about 7 times the amount spent by mineral supplementation of this goat herd.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Malafaia P., Cruz P.B. & Silva V.P. 2014. [Milk production, composition and body condition score of lactating goats receiving two types of mineral mixtures.] Produção e composição do leite e escore corporal de cabras lactantes submetidas à suplementação mineral comercial e seletiva. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(2):119-122. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br A comparação da produção e composição do leite, do escore corporal e dos custos com a suplementação mineral comercial e seletiva foi feita utilizando-se dois grupos de 16 cabras lactantes por 164 dias. Não houve diferenças significativas na produção de leite dos animais que ingeriram os dois tipos de suplementos minerais. Não houve efeito do tipo de suplementação mineral em relação a composição do leite em gordura, proteína e lactose bem como na contagem de células somáticas (CCS). O consumo médio diário do suplemento comercial foi 1,76 vezes maior do que o suplemento contendo apenas cloreto de sódio associado ao sulfato de cobre. A utilização da mistura mineral seletiva, formulada com base no exame clínico-nutricional dos animais, gerou uma redução de aproximadamente 7 vezes o custo com a suplementação mineral do rebanho caprino.


#5 - Reproduction performance of beef cattle cows given three different types of mineral supplements, 23(3):125-130

Abstract in English:

ABSTRACT.- Peixoto P.V., Malafaia P., Miranda L.V., Canella C.F.C., Canella Filho, C.F.C. & Villas Boas F.V. 2003. [Reproduction performance of beef cattle cows given three different types of mineral supplements.] Eficiência reprodutiva de matrizes bovinas de corte submetidas a três diferentes tipos de suplementação mineral. Pesquisa Veterinária Brasileira 23(3):125-130. Depto Nutrição Animal e Pastagem, Inst. Zootecnia, UFRRJ, Km 47, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. E-mail: pvpeixoto@uol.com.br The reproduction performance of about 1,200 beef cows, raised on pasture and given three different mineral supplements, was evaluated during 5 years in Cássia county, Minas Gerais, Brazil. The cows were divided into three groups: For one group (A) a comercial mineral mixture was used in 1997 and 1998; for the second group (B) common salt and dicalcium phosphate 1:1 was offered in 1999; and the third group (C) received only common salt during the sarne year. ln 2000 and 2001, ali the cows received exclusively common salt. There was no decrease in i:eproduction efficiency when only common salt was given; on the contrary, the reproduction performance of the inseminated e pregnant cows, thát was respectively 92.5 and 78.2 % (1997) and 92.2 and 80.5 % (1998), increased to 94.5 and 85.7 % (2000) and 96.7 and 89.7 % (2001). The decrease of reproduction performance of the cattle in 1999 was probably due to the severe drought during this year. The authors emphasize the importance of a selective mineral supplementation, i.e. to supplement cattle with mineral mixtures including only the elements which the animais can not obtain from the pasture. Theselective mineral supplementation requires the assistance of professionals with training and experience in clinics, pathology and nutrition of ruminants. These professionals should be able to accompany and evaluate the nutritional condition of a herd when a selective mineral mixture is used. Selective mineral supplementation could represent a two or threefold economy of the total cost of conventional supplementation with "complete" mineral mixtures. The authors discuss ifthe improvement of the reproduction performance of the cattle used in this fiel d experiment was due to a better management of the herd or to possible antagonism between the minerais.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Peixoto P.V., Malafaia P., Miranda L.V., Canella C.F.C., Canella Filho, C.F.C. & Villas Boas F.V. 2003. [Reproduction performance of beef cattle cows given three different types of mineral supplements.] Eficiência reprodutiva de matrizes bovinas de corte submetidas a três diferentes tipos de suplementação mineral. Pesquisa Veterinária Brasileira 23(3):125-130. Depto Nutrição Animal e Pastagem, Inst. Zootecnia, UFRRJ, Km 47, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. E-mail: pvpeixoto@uol.com.br Em uma fazenda do município de Cássia, Minas Gerais, o desempenho reprodutivo de aproximadamente 1200 matrizes bovinas de corte, criadas a campo, foi avaliado frente a três diferentes tipos de suplementação mineral, durante cinco anos. Enquanto que a mistura A (sal mineral comercial) foi oferecida nos anos de 1997 e 1998, a mistura B (cloreto de sódio 50% e fosfato bicálcico 50%) foi disponibilizada, em 1999, para as matrizes mantidas em um dos setores da fazenda e a mistura C (apenas cloreto de sódio), foi oferecida, neste mesmo ano, para os lotes cria dos em outros dois setores. Nos anos de 2000 e 2001, a mistura C foi ofertada a todas matrizes. Não houve queda na eficiência reprodutiva pela suplementação exclusiva com cloreto de sódio, pelo contrário, as percentagens de matrizes inseminadas e matrizes prenhes, que eram, respectivamente, de 92,5 e 78,2 (1997) e 92,2 e 80,5 (1998) alcançaram níveis de 94,5 e 85,7 (2000) e 96,7 e 89,7 (2001). A redução nos índices de matrizes inseminadas e de prenhez verificadas no ano de 1999 foi atribuída à baixa precipitação pluviométrica registrada naquele ano. Os autores ressalvam, porém, que a suplementação seletiva, isto é, aquela baseada na exclusiva administração do (s) mineral (is) que está (ão) faltando em uma determinada fazenda, só deve ser implantada mediante avaliação e acompanhamento clínico-nutricional do rebanho, o que exige apoio de profissional com adequados conhecimentos sobre nutrição, deficiências minerais e clínica de ruminantes. Por outro lado, a suplementação seletiva, pode representar uma despesa 2 a 3 vezes menor do que a verificada com a "mineralização" convencional do rebanho. Discute-se se a melhoria dos índices reprodutivos deveu-se à adequação do manejo ou à cessação de possível antagonismo entre os minerais.


#6 - Deficiências minerais em animais de fazenda, principalmente bovinos em regime de campo, 20(3):127-138

Abstract in English:

NO ABSTRACT

Abstract in Portuguese:

SEM RESUMO


#7 - Mineral deficiencies and imbalances in cattle and sheep - a review of Brazilian studies made between 1987 and 1998, 19(2):47-62

Abstract in English:

ABSTRACT.- Tokarnia C.H., Döbereiner J., Moraes S.S. & Peixoto P.V. 1999. [Mineral deficiencies and imbalances in cattle and sheep - a review of Brazilian studies made between 1987 and 1998.] Deficiências e desequilíbrios minerais em bovinos e ovinos - revisão dos estudos realizados no Brasil de 1987 a 1998. Pesquisa Veterinária Brasileira 19(2):47-62. Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. This review follows on from two previous ones on the subject covering the periods from 1943 to 1976 and 1976 to 1987. They are ali based on the chemical analyses of liver or other animal tissues or fluids and/or experimentation, complemented or not by analyses of pasture and soil samples. They do not include studies based only on chemical analyses of plant and soil samples. Regarding macroelements, noteworthy are the studies on phosphorus deficiency, the most important mineral deficiency shown previusly. Copper and cobalt deficiencies were the most frequent microelement deficiencies. There were several reports on copper poisoning in sheep. Subclinical deficiency of zinc was frequentlyverified. Subclinical manganese deficiency was rarely recognized and to the contrary, elevated values of this element occasionaly were found. There was little data on selenium, so its importance in Brazil remains unclear; nutritional miopathy was diagnosed for the first time in calves, but only once. Low iron values were found in the liver samples of cattle affected by enzootic hematuria. This is easily explained by the continuous loss of blood leading to severe anemia. High iron values were found in the liver samples from some areas; sometimes associated with low copper values. Among the investigations made during the last decade, special mention should be made of two diseases in which the etiology has not yet been established. These are "ronca" (snoring disease) and "doença do peito inchado" (brisket disease), both of which have a chronic course in adult cattle. In "ronca", liver copper is very low and iron particularly high. Presumably the Iatter is caused by poor utilization dueto the copper deficiency. In "doença do peito inchado", the liver values for manganese and cobalt were low and those for iron very high. In this case, the high iron probably comes from the severe liver congestion caused by the chronic cardiac insufficiency seen in this disease. Mention also should be made of "morte súbita". (sudden death) in cattle in the State of Rio Grande do Sul. In this case, liver copper levels were extremely low and no poisonous plant could be blamed. Congenital hypomyelinogenesis in calves was diagnosed in the sarne area. The mineral deficiencies diagnosed during the period of this review are shown on a map, together with the respective bibliographic references.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Tokarnia C.H., Döbereiner J., Moraes S.S. & Peixoto P.V. 1999. [Mineral deficiencies and imbalances in cattle and sheep - a review of Brazilian studies made between 1987 and 1998.] Deficiências e desequilíbrios minerais em bovinos e ovinos - revisão dos estudos realizados no Brasil de 1987 a 1998. Pesquisa Veterinária Brasileira 19(2):47-62. Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. É apresentada uma revisão dos estudos realizados no Brasil sobre distúrbios no metabolismo mineral em bovinos, sobretudo deficiências minerais, no período de 1987-1998. Esta revisão foi feita em continuação de duas revisões prévias sobre o assunto, que abrangeram os períodos de 1943-1976 e 1976-1987. Nessas revisões são omitidos os estudos realizados apenas através de dosagens químicas de amostras de pastagem e de solo, sendo referidos aqueles baseados em análises de amostras de fígado ou outros tecidos ou fluidos dos animais e/ou experimentação, complementados ou não por análises químicas de pastagem e de solo. Em relação aos macroelementos, destacam-se os estudos sobre a deficiência de fósforo, já estabelecida anteriormente como a deficiência mineral mais importante no Brasil. Valores baixos de ferro em amostras de fígado foram constatados em bovinos afetados pela hematúria enzoótica, o que é compreensível, já que os animais apresentam marcada anemia devido a perda contínua de sangue. Destacaram-se, por outro lado, os valores elevados de ferro em diversas regiões; em algumas delas foi demonstrado que os níveis desse elemento estavam associados a valores baixos de cobre. As deficiências de cobre e cobalto foram as mais frequentes entre as de microelementos. Diversas ocorrências de intoxicação por cobre em ovinos foram comunicadas. A deficiência subclínica de zinco tem sido verificada com bastante frequência. A deficiência subclínica de manganês foi raramente constatada; ao contrário, houve verificações de valores elevados deste elemento. Em relação ao selênio, os dados continuam escassos, insuficientes para se saber qual a importância da deficiência desse elemento em bovinos e ovinos no Brasil; a miopatia nutricional em bezerros foi diagnosticada uma única vez. Entre os estudos realizados neste último período devem ser mencionados, especialmente, aqueles que abordam duas doenças cuja etiologia ainda não foi estabelecida, vulgarmente conhecidas como "ronca" e "doença do peito inchado", ambas de evolução crônica, afetando bovinos adultos. Na enfermidade conhecida como "ronca", os valores hepáticos de cobre são muito baixos e os de ferro extremamente altos; deve-se considerar a hipótese de que os níveis hepáticos de ferro estão muito elevados em decorrência da sua não-utilização em função da deficiência de cobre. Na "doença do peito inchado", os valores hepáticos de manganês e de cobalto são baixos e os de ferro são muito elevados; é possível que as alterações nos níveis hepáticos de ferro sejam apenas o reflexo do acúmulo de sangue no fígado, uma vez que essa enfermidade é caracterizada por insuficiência cardíaca crônica que cursa com acentuada congestão hepática. Ainda deve ser destaca da, no Rio Grande do Sul, a ocorrência de "morte súbita" em bovinos, cujos valores hepáticos para cobre foram muito baixos; nenhuma planta tóxica pode ser responsabilizada por essas ocorrências. Nesta mesma área, a hipomielinogênese congênita em bovinos foi diagnosticada. A ocorrência das deficiências minerais diagnosticadas durante o período correspondente a esta revisão foram lançadas em um mapa, com as respectivas referências bibliográficas.


#8 - Microelement deficiencies and imbalances in cattle and sheep in some regions of Brazil, 19(1):19-33

Abstract in English:

ABSTRACT.- Moraes S.S., Tokarnia C.H. & Döbereiner J. 1999. [Microelement deficiencies and imbalances in cattle and sheep in some regions of Brazil.] Deficiências e desequilíbrios de microelementos em bovinos e ovinos em algumas regiões do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 19(1):19-33. Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ, Km 47, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. Further results are given of studies on mineral deficiencies in cattle and sheep carried out by the authors over the last 25 years, and which began in the early fifties. The studies consisted in obtaining case histories of diseases possibly caused by mineral deficiencies, in fiel d observations and clinical examinations of cattle and sheep affected by these diseases, in the performance of postmortem examinations with collectlon of material for histopathological examinations and chemical analyses of liver samples for copper, cobalt, zinc, mangnese, selenium and iron. In order to include also subclinical mineral deficiencies, which do not cause characteristic manifestations, liver samples of animals that succumbed to other diseases, mainly plant poisoning, were collected for chemical arlalyses. For interpretation the analytical data were evaluated always together with the case history and the clinic-pathological picture of the animals. Copper deficiency was diagnosed in the counties of Barra do Bugres (Mato Grosso), Parintins (Amazonas) and Carolina (Maranhão), in northeastern Minas Gerais, in the southern part of the State of Rio de Janeiro and in the counties of ltaqui and Uruguaiana (Rio Grande do Sul)_ Low copper values were also found in cattle affected by "ronca" [snoaring disease], of yet not established etiology, in the county of Aquidauana (Mato Grosso do Sul) Cobalt deficiency was diagnosed in the counties of Barra do Bugres and Diamantina (Mato Grosso), Boa Vista (Roraima), Manaus and ltacoatiara (Amazonas), in northeastern Minas Gerais and in in the counties of Luiz Antonio (São Paulo) and Seropédica (Rio de Janeiro). Low cobalt values were also found in cattle affected by the "doença do peito inchado" [swollen brisquet disease], of yet not established etiology in the eastern part of the State of Santa Catarina. Low values indicating zinc deficiency were obtained in the county of Seropédica (Rio de Janeiro). Low manganese values were verified in northeastern Minas Gerais and in animals affected by the "doença do peito inchado" High values of manganese were obtained in the counties of Cacequi, Itaqui and Uruguaiana (Rio Grande do Sul). Low selenium values were obtained from the samples collected in Mato Grosso do Sul in the counties of Corumbá and Aquidauana. High values of selenium were obtained in the county of Boa Vista (Roraima). The iron values were high in many samples from all States, especially in those samples where copper values were low; in animals affected by "ronca" and "doença do peito inchado" these were particularly high. Low iron values were found in cattle with enzootic hematuria.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Moraes S.S., Tokarnia C.H. & Döbereiner J. 1999. [Microelement deficiencies and imbalances in cattle and sheep in some regions of Brazil.] Deficiências e desequilíbrios de microelementos em bovinos e ovinos em algumas regiões do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 19(1):19-33. Projeto Sanidade Animal Embrapa/UFRRJ, Km 47, Seropédica, RJ 23851-970, Brazil. O presente trabalho constitui uma continuação da publicação dos resultados dos estudos sobre deficiências minerais em bovinos e ovinos obtidos nos últimos 25 anos e que vem sendo realizados pelos autores desde a década de 50. Esses estudos consistiram na obtenção de históricos de doenças possivelmente causadas por deficiências minerais, observações de campo e exames clínicos de bovinos e ovinos afetados por essas doenças, realização de necropsias com coleta de material para exames histopatológicos e dosagens químicas de cobre, cobalto, zinco, manganês, selênio e ferro em amostras de fígado. Para alcançar também as deficiências minerais mais leves, que não provocam quadros clínico-patológicos característicos, foram coletadas amostras de fígado para análises de microelementos também no decurso do estudo de doenças de outra natureza, sobretudo das causadas por plantas tóxicas. Na interpretação, os dados analíticos foram avaliados sempre em contexto com o histórico e o quadro clínico-patológico dos animais. Deficiência de cobre foi revelada nos municípios de Barra do Bugres (Mato Grosso), Parintins (Amazonas) e Carolina (Maranhão), no nordeste de Minas Gerais, na parte sul do Estado do Rio de janeiro, e nos municípios de ltaquí e Uruguaiana (Rio Grande do Sul). Valores baixos de cobre foram encontrados também em bovinos afetados pela doença conhecida por "ronca", de etiologia ainda não esclarecida, no município de Aquidauana (Mato Grosso do Sul). Deficiência de cobalto foi diagnosticada nos municípios de Barra dos Bugres e Diamantina (Mato Grosso), Boa Vista (Roraima), Manaus e Itacoatiara (Amazonas), no nordeste de Minas Gerais e nos municípios de Luiz Antonio (São Paulo) e Seropédica (Rio de janeiro). Valores baixos de cobalto também foram encontrados em bovinos afetados pela "doença do peito inchado", de etiologia ainda não esclarecida, que ocorre no leste de Santa Catarina. Valores de zinco indicando deficiência foram verificados no município de Seropédica (Rio de janeiro). Valores baixos de manganês foram encontrados no nordeste de Minas Gerais e em bovinos afetados pela "doença do peito inchado". Valores altos de manganês foram obtidos nos municípios de Cacequí, ltaquí e Uruguaiana (Rio Grande do Sul). Valores baixos de selênio foram verificados em amostras coletadas em Mato Grosso do Sul nos municípios de Corumbá e Aquidauana. Valores elevados de selênio foram obtidos no município de Boa Vista (Roraima). Os valores de ferro obtidos em grande parte das amostras de todos os Estados são elevados, sobretudo naquelas com baixos valores de cobre; nos animais afetados pelo "ronca" e pela "doença do peito inchado", os valores de ferro são particularmente altos. Valores baixos de ferro foram constatados em bovinos afetados pela hematúria enzoótica.


#9 - Evaluation of zinc, manganese and iron levels in liver samples of cattle and sheep from various regions of Brazil, 18(3/4):107-110

Abstract in English:

ABSTRACT.- Moraes S.S. 1998. [Evaluation of zinc, manganese and iron levels in liver samples of cattle and sheep from various regions of Brazil.] Avaliação das concentrações de zinco, manganês e ferro no fígado de bovinos e ovinos de várias regiões do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 18(3/4):107-110. Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte, Embrapa, Cx. Postal 154, Campo Grande, MS 79002-970, Brazil. To complement studies on diseases of cattle and sheep possibly caused by mineral deficiencies, liver samples collected· in several regions of Brazil and which had been analysed for copper and cobalt were now analysed for zinc, manganese and iron. In most regions the levels of zinc were only sporadically low. Only in the States of Ceará and Piauí a greater number of samples had low levels of this mineral, suggesting the occurrence of zinc deficiency, but subclinically, as case histories and clinical pathological studies did not indicate the occurrence of this deficiency. Also the values for manganese were sporadically Iower than those considered normal. Only in the States of Rio de Janeiro (southern part), Espírito Santo (northern part), Ceará (Serra da Ibiapaba) and Amapá, there was a greater incidence of low values of manganese; the sarne reasons mentioned for zinc indicate that deficiency of manganese in these regions occurs subclinically.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Moraes S.S. 1998. [Evaluation of zinc, manganese and iron levels in liver samples of cattle and sheep from various regions of Brazil.] Avaliação das concentrações de zinco, manganês e ferro no figado de bovinos e ovinos de várias regiões do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 18(3/4):107-110. Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte, Embrapa, Cx. Postal 154, Campo Grande, MS 79002-970, Brazil. Complementando estudos realizados sobre doenças de bovinos e ovinos possivelmente causadas por deficiências minerais, as amostras de fígado coletadas em diversas regiões do Brasil, que tinham sido analisadas somente para cobre e cobalto, foram agora analisadas para zinco, manganês e ferro. Na maioria das regiões, os valores de zinco só esporadicamente estiveram abaixo do nível considerado normal. Somente dos Estados do Ceará e do Piauí, número maior de amostras apresentou teores baixos para este mineral, sugerindo a ocorrência de deficiência de zinco, mas sob a forma sub-clínica, pois os históricos e estudos clínico-patológicos não indicavam a ocorrência desta deficiência. Os valores de manganês também só esporadicamente estiveram abaixo do nível considerado normal. Somente nas amostras dos Estados do Rio de Janeiro (Sul), do Espírito Santo (Norte), do Ceará (Serra da lbiapaba) e do Amapá, havia uma incidência maior de valores baixos de manganês; os mesmos motivos apontados acima para o zinco, indicam que a deficiência de manganês nestas regiões deve ocorrer sob forma sub-clínica.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV