Resultado da pesquisa (4)

Termo utilizado na pesquisa impacto econômico

#1 - Economic losses due to Vernonia rubricaulis poisoning in cattle

Abstract in English:

Vernonia rubricaulis is a hepatotoxic plant found in the Pantanal biome. Under natural conditions, it is responsible for highly fatal poisonings in cattle. From January 1999 to December 2016, 33 outbreaks of V. rubricaulis poisoning were recorded, resulting in 1509 bovine deaths, of which 719 (47.6%) were adult females, 413 (27.4%) were adult males, 244 (16.2%) adult cattle with no information about sex and 133 (8.8%) calves. The coefficients of morbidity, mortality and lethality were respectively 2.79%, 2.77% and 99.24%. Most outbreaks occurred in properties containing up to 1,000 cattle, where the most significant economic impacts were also observed. Among the total recorded deaths, the total direct monetary loss was estimated at US$764,893.33, which represents an average of 3.05% of the total assets (US$25,090,683.51) of the herds involved in the outbreaks. The plant can cause more severe damage to properties with less than 500 cattle, and can reach 50% of the total value of the herd. In comparison to other methods, the methodology used in this study has an economic impact consistent with reality, not overestimating the losses. Toxic plants, such as V. rubricaulis, can cause significant economic losses in the extensive systemic livestock, and it is important decision-making and prophylactic management to avoid the occurrence of poisoning in the herds.

Abstract in Portuguese:

Vernonia rubricaulis é uma planta hepatotóxica encontrada no bioma Pantanal. Em condições naturais, é responsável por intoxicações altamente fatais em bovinos. De janeiro de 1999 a dezembro de 2016, foram registrados 33 surtos de intoxicação por V. rubricaulis em bovinos que resultaram em 1509 mortes, sendo 719 (47,6%) fêmeas adultas, 413 (27,4%) machos adultos, 244 (16,2%) bovinos adultos sem informação sobre o sexo e 133 (8,8%) bezerros. Os coeficientes de morbidade, mortalidade e letalidade foram respectivamente de 2,79%, 2,77% e 99,24%. A maioria dos surtos ocorreu em propriedades contendo até mil bovinos, onde também foram constatados os impactos econômicos mais significativos. Do total das mortes registradas, o prejuízo monetário direto total foi calculado em US$764.893,33, o que representa em média 3,05% do total do patrimônio (US$25.090.683,51) dos rebanhos envolvidos nos surtos. A planta pode causar prejuízos mais severos em propriedades com menos de 500 bovinos, podendo chegar a 50% do total do valor do rebanho. Em comparação aos outros métodos, a metodologia utilizada neste estudo afere um impacto econômico condizente com a realidade, não superestimando os prejuízos. Plantas tóxicas, como a V. rubricaulis, podem causar prejuízos econômicos significativos na pecuária extensiva, sendo importantes tomadas de decisões e manejos profiláticos para evitar a ocorrência de intoxicação nos rebanhos.


#2 - Economic impact of an outbreak of botulism in a cattle feedlot, 38(7):1365-1370

Abstract in English:

ABSTRACT.- Soares M.C., Gaspar A.O., Brumatti R.C., Gomes D.C., Neves D.A., Alcântara L.O.B., Leal P.V. & Lemos R.A.A. 2018. Economic impact of an outbreak of botulism in a cattle feedlot. [Impacto econômico de um surto de botulismo em confinamento de bovinos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1365-1370. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Avenida Senador Felinto Müller 2443, Jardim Parati, Campo Grande, MS 79070-900, Brazil. E-mail: marcelocezar@outlook.com Botulism is a febrile disease, fatal in most cases, which affects the muscles of locomotion, chewing, and swallowing, as well as the diaphragm and intercostal muscles, causing flaccid paralysis and respiratory arrest. In bovines, the etiology is due to the ingestion of neurotoxins types C and D formed by the bacterium Clostridium botulinum in an animal or vegetal substance, during decomposition. Vaccination is one of the most effective prophylactic means to prevent this disease. In this study, an outbreak of botulism was evaluated in a feedlot with 6,300 finishing cattle, wherein 25 died as a consequence of contracting this disease. The economic losses resulting from the deaths were analyzed, and economic analysis was conducted, involving the estimated cost of vaccination for the whole herd under risk, with the objective of evaluating whether this prophylactic practice is a viable action plan. The financial loss due to the deaths resulting from botulism in the case studied was found to be R$55,560.00, equivalent to 0.39% of the total monetary value of the herd. The cost of immunizing the entire herd under risk was 14.06% (for toxins exclusive to toxins C and D) and 22.22% (for polyvalent vaccines against clostridiosis) of the financial loss incurred as a consequence of the recorded deaths. It was concluded that botulism is a disease that can cause a significant economic impact on intensive livestock production systems, and that vaccination is an economically viable prophylactic action if performed with adequate sanitary planning.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Soares M.C., Gaspar A.O., Brumatti R.C., Gomes D.C., Neves D.A., Alcântara L.O.B., Leal P.V. & Lemos R.A.A. 2018. Economic impact of an outbreak of botulism in a cattle feedlot. [Impacto econômico de um surto de botulismo em confinamento de bovinos.] Pesquisa Veterinária Brasileira 38(7):1365-1370. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Avenida Senador Felinto Müller 2443, Jardim Parati, Campo Grande, MS 79070-900, Brazil. E-mail: marcelocezar@outlook.com O botulismo é uma doença afebril, fatal na maioria dos casos, que afeta os músculos da locomoção, mastigação, deglutição e também o diafragma e os músculos intercostais, causando paralisia flácida e parada respiratória. Nos bovinos a etiologia é devido à ingestão de neurotoxinas tipos C e D previamente formadas pela bactéria Clostridium botulinum em matéria animal ou vegetal em decomposição. A vacinação é um dos meios profiláticos mais eficazes para prevenir esta doença. Neste trabalho, estudou‑se um surto de botulismo em um confinamento com 6300 bovinos em terminação, no qual 25 morreram devido a esta doença. Foram analisadas as perdas econômicas em consequência das mortes, e por meio do percentual do prejuízo contabilizado, foi realizada uma análise econômica referente ao custo estimado da vacinação para todo do rebanho sob-risco com o objetivo de avaliar se esta prática profilática é um plano de ação viável. Como resultado, o prejuízo financeiro devido às mortes resultantes do botulismo no caso estudado foi de R$ 55.560,00 o equivalente a 0,39% do valor monetário total do rebanho. O custo da vacinação para imunizar todo o rebanho sob-risco foi equivalente a 14,06% (para vacinas exclusivas para toxinas C e D) e 22,22% (para vacinas polivalentes contra clostridioses) relativo ao prejuízo financeiro em consequência dos óbitos registrados. Concluiu-se que o botulismo é uma doença que pode provocar impacto econômico significativo em sistemas de corte intensivos em bovinos, e que, a vacinação é um meio profilático economicamente viável se for realizada por meio de um planejamento sanitário adequado.


#3 - Economic impact of retained placenta in dairy cows

Abstract in English:

Approximately 75% of diseases in dairy cows occur in the first month after parturition and these problems have their origin associated with the immune system and food consumption two to three weeks before parturition. Diseases related to the reproductive tract, such as retained placenta, can affect reproductive efficiency as well as milk production. The effects of diseases on the physiological processes of animals become economic impacts that can be measured. The objective of this study was to evaluate the economic impact of retained placenta on a herd of 900 lactating cows. The diagnosis of placental retention was defined as presence of the placenta 24 hours postpartum. A database was used in the study, from which the following information was extracted: placenta presence 24 hours after calving, year of calving, calving season, and number of semen doses per gestation. In order to calculate the economic impact, the direct costs (treatment, labor, reduction of milk production and milk discharge during the treatment period) and indirect costs (increase in the service period, increase in the number of semen doses and increase of the risk of disposal). The average values ​​related to the costs were obtained from the veterinarian responsible for the property with reference to the year 2009 for the calculations to be carried out. The total cost per occurrence of placenta retention in primiparous cows in the rainy and dry season was US$51.8 and in multiparous cows was US$70.6 and US$87.9 in times of drought and rain, respectively. Retention of placenta presented a cost for the property in the evaluated period of US$8,878.0 or 19,666 liters of milk. Retention of placenta presented a significant economic impact on milk production under the conditions evaluated.

Abstract in Portuguese:

Aproximadamente 75% das doenças em vacas leiteiras acontecem no primeiro mês após o parto e esses problemas têm sua origem associada ao sistema imune e ao consumo de alimentos duas a três semanas antes do parto. Doenças relacionadas ao trato reprodutivo como, por exemplo, retenção de placenta pode afetar a eficiência reprodutiva assim como a produção de leite. Os efeitos das doenças nos processos fisiológicos dos animais se transformam em impactos econômicos passíveis de serem mensurados. Objetivou-se avaliar o impacto econômico da retenção de placenta em um rebanho composto de 900 vacas em lactação. O diagnóstico de retenção de placenta foi definido como presença da placenta 24 horas após o parto. Foi utilizado um banco de dados no estudo, do qual foram extraídas as seguintes informações: ano de parição, época de parição, ordem de lactação, presença da placenta 24 horas após o parto, e número de doses de sêmen por gestação. Para cálculo do impacto econômico foram considerados os custos diretos (tratamento, mão de obra, redução da produção de leite e descarte de leite durante o período de tratamento) e indiretos (aumento do período de serviço, aumento do número de doses de sêmen e aumento do risco de descarte). Os valores médios relacionados aos custos foram obtidos junto ao veterinário responsável pela propriedade com referência ao ano de 2009 para que os cálculos fossem realizados. O custo total por ocorrência de retenção de placenta em vacas primíparas no período de chuva e seca foi de US$51,8 e em vacas multíparas foi de US$70,6 e US$87,9 nas épocas de seca e de chuvas, respectivamente. A retenção de placenta apresentou custo para a propriedade no período avaliado de US$8.878,0 ou 19.666 litros de leite. A retenção de placenta apresentou impacto econômico importante na propriedade leiteira nas condições avaliadas.


#4 - Major health problems and their economic impact on beef cattle under two different feedlot systems in Brazil, 36(9):837-843

Abstract in English:

ABSTRACT.- Malafaia P., Granato T.A.L., Costa R.M., Souza V.C., Costa D.F.A. & Tokarnia C.H. 2016. Major health problems and their economic impact on beef cattle under two different feedlot systems in Brazil. Pesquisa Veterinária Brasileira 36(9):837-843. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br This study aimed to describe the diagnosis of health problems and to evaluate the cost of their treatment for cattle raised in feedlots to be slaughtered or to be sold as sires for cow-calf systems. Bovine respiratory disease and digestive disorders were the main problems diagnosed in the feedlot for slaughter; the cost for treatment was high, accounting for 9.7 to 20.9 kg of live weight (LW) or the equivalent of 7 to 15% of total LW gained over the days on feed. Due to the high intake of starch-rich concentrate, rumen and fecal pH was lower, whilst rumen osmolarity and blood lactate were higher in cattle fed for slaughter. Cattle affected by digestive disorders spent on average four additional days in the feedlot. Diseases and cost of treatments were associated with lower average daily gain and considerable economic losses. Health problems commonly observed in the feedlots for slaughter were not observed in the feedlots for males to be sold as sires. The most likely reason for this observation was the more careful nutrition and prophylactic health management in sire production systems, which produce animals of much higher selling price. Results from this study suggest that health problems found in feedlots for slaughter may not only reduce animal productivity and profitability, but also the welfare of the animals. The systemic understaffing of livestock cattle workers and veterinarians in large feedlots in Brazil results in under reporting of diseases and lack to understand epidemiological context and disease prevention.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Malafaia P., Granato T.A.L., Costa R.M., Souza V.C., Costa D.F.A. & Tokarnia C.H. 2016. Major health problems and their economic impact on beef cattle under two different feedlot systems in Brazil. [Principais problemas sanitários e seu impacto econômico em bovinos de corte criados em diferentes tipos de confinamento no Brasil.] Pesquisa Veterinária Brasileira 36(9):837-843. Departamento de Nutrição Animal e Pastagem, Instituto de Zootecnia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ 23890-000, Brazil. E-mail: malafaia_ufrrj@yahoo.com.br No presente estudo coletou-se e se interpretou dados sobre os principais problemas sanitários, bem como a respeito dos custos com os tratamentos de bovinos de corte confinados em dois sistemas diferentes: o tradicional, isto é, aquele que objetiva produzir animais prontos para o abate e o sistema de produção de touros destinados à venda destes como reprodutores. A porcentagem de bovinos confinados para o abate e que adquiriram problemas sanitários foi consideravelmente maior do que nos sistemas que os confinam para a venda como futuros reprodutores. As pneumonias e os transtornos digestórios foram os principais problemas diagnosticados no confinamento para o abate e os custos com os tratamentos foram elevados e, em média, representaram entre 9,7 e 20,9 kg de peso vivo ou o equivalente de 7 a 15% das arrobas ganhas durante o período confinado. O crescimento exagerado e a aglutinação (paraqueratose) das papilas ruminais foram os principais achados macroscópicos nos rúmens dos bovinos confinados para o abate. Devido à maior ingestão de grãos, o pH ruminal e fecal foi sempre menor, enquanto que a osmolaridade ruminal e o lactato sanguíneo foi sempre maior nos animais confinados para o abate. O tempo de permanência no confinamento foi maior, em média 4 dias, para os animais que adquiriram qualquer problema digestório. Isso, aliado ao fato de também terem os menores ganhos de peso diários, pode resultar em um considerável prejuízo. Os ganhos de peso diários foram similares para os animais confinados (que ingeriram mais de 85% de concentrados) para o abate e para os que foram confinados para a venda como reprodutores, que consumiram cerca de 50% de concentrados em sua dieta.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV