Resultado da pesquisa (3)

Termo utilizado na pesquisa reproductive organs

#1 - Morphology and biometry of the reproductive organs of adult males of Trachemys scripta elegans reared in São Paulo state, Brazil

Abstract in English:

Trachemys scripta elegans is an American underwater chelonian illegally marketed in Brazilian pet shops. When abandoned in nature, it compromises native species, threatening local biodiversity. However, little is known about the body development and structure of its reproductive tract. The objective of the present study was to investigate the morphology and biometry of testis, epididymis and penis, as well as the biometry of the body and secondary sexual characters in this species. Twenty-seven adult males were used aiming to contribute to preservation actions in captivity, population control, and scientific research, as well as to interspecific comparisons. Sex identification by the third claw length was effective, and the specimens presented harmonious and positive body development between mass, carapace, plastron, and height, with unimodal tendency and higher frequency of maximum carapace length at 15cm. The testes and epididymides presented biometric similarity between the antimeres and anatomical and histological structure similar to that of other species of chelonians and mammals, except for the type of epithelium. The findings suggest that there is conserved morphology between slider turtles and homology in relation to mammals. Histological similarity to the reproductive organs of other amniotes, including humans, may give rise to scientific and comparative studies, essential for the establishment of conservation strategies in reptiles.

Abstract in Portuguese:

Trachemys scripta elegans é um quelônio subaquático americano ilegalmente comercializado em pet shops brasileiros. Ao ser abandonado na natureza, compromete as espécies nativas, ameaçando à biodiversidade local. No entanto, pouco se conhece sobre o desenvolvimento corporal e a estrutura do seu aparelho reprodutor. O objetivo do presente trabalho foi investigar a morfologia e a biometria dos testículos, epidídimos e pênis, a biometria corporal e dos caracteres sexuais secundários. Foram utilizados 27 machos adultos desta espécie, visando contribuir com ações de preservação em cativeiro, controle populacional e pesquisas científicas, além de comparações interespecíficas. A identificação sexual pelo comprimento da terceira garra foi efetiva e os espécimes apresentaram desenvolvimento corporal harmônico e positivo entre massa, carapaça, plastrão e altura, com tendência unimodal e maior frequência de comprimento máximo de carapaça em 15,0cm. Testículos e epidídimos apresentaram semelhança biométrica entre os antímeros e estrutura anatômica e histológica semelhantes à de outras espécies de quelônios e mamíferos, excetuando-se pelo tipo de epitélio. Os achados sugerem haver morfologia conservada entre os cágados e homologia em relação aos mamíferos. A semelhança histológica com os órgãos reprodutivos de outros amniotas, incluindo os humanos, pode dar ensejo a estudos científicos e comparativos, essenciais para estabelecimento de estratégias de conservação em répteis.


#2 - Anatomical and structural parameters of reproductive organs of crossbred rams native from the state of Paraíba, Brazil, with and without scrotal bipartition: study of the scrotal skin and spermatic cord, 34(7):709-715

Abstract in English:

ABSTRACT.- Tolentino M.L.D.L., Oliveira L.H., Sousa O.B., Machado Júnior A.A.N., Assis Neto A.C., Carvalho M.A.M. & Menezes D.J.A. 2014 [Anatomical and structural parameters of reproductive organs of crossbred rams native from the state of Paraíba, Brazil, with and without scrotal bipartition: study of the scrotal skin and spermatic cord.] Parâmetros anátomo-estruturais de órgãos reprodutivos de ovinos sem raça definida (SRD) nativos do estado da Paraíba, com e sem bipartição escrotal: estudo de pele escrotal e funículo espermático. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(7):709-715. Área de Morfofisiología, Unidade Acadêmica de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Campina Grande, Av. Universitária s/n, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: mikaeltolentino@gmail.com Forty-two crossbred rams were used, divided according to their scrotal configuration. Twelve of these animals were used to investigate the testicular biometry and scrotal skin histology. The other animals were used to study the spermatic cord. The animals were placed in a group of 21 animals without scrotal bipartition (GEI) and another with scrotal bipartition (GEII) which did not reach 50% of the length of the scrotum’s longitudinal axis. In each group, scrotal skin fragments from six rams and spermatic cord fragments from 5 others were collected, processed by routine histological tests and analyzed with a microscope. In 10 rams latex was injected into the testicular artery to obtain vascular molds and the artery length. Comparison of groups GEI and GEII showed no significant statistical differences (p<0.05) between scrotal thickness (epidermis and dermis), histological constituency of the scrotal skin, number of sudoriferous glands per area, scrotal bipartition length or testicular biometric parameters. However, the total length of the testicular arteries of GEI was greater than of GEII (p<0.05). It was concluded from the morphological parameters analyzed that scrotal bipartition in rams did not influence the skin structure, scrotal bipartition or testicular biometry when compared with animals that did not present this characteristic. Further studies should be carried out to elucidate the appearance of this characteristic in rams and whether it is desirable or not for improved production of these animals in warm climate regions.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Tolentino M.L.D.L., Oliveira L.H., Sousa O.B., Machado Júnior A.A.N., Assis Neto A.C., Carvalho M.A.M. & Menezes D.J.A. 2014 [Anatomical and structural parameters of reproductive organs of crossbred rams native from the state of Paraíba, Brazil, with and without scrotal bipartition: study of the scrotal skin and spermatic cord.] Parâmetros anátomo-estruturais de órgãos reprodutivos de ovinos sem raça definida (SRD) nativos do estado da Paraíba, com e sem bipartição escrotal: estudo de pele escrotal e funículo espermático. Pesquisa Veterinária Brasileira 34(7):709-715. Área de Morfofisiología, Unidade Acadêmica de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Campina Grande, Av. Universitária s/n, Patos, PB 58700-970, Brazil. E-mail: mikaeltolentino@gmail.com Foram utilizados 42 ovinos sem raça definida, divididos segundo a configuração escrotal. Destes animais, 12 foram utilizados na investigação da biometria testicular e histologia da pele escrotal. Os demais foram destinados ao estudo do funículo espermático. Os animais foram agrupados em um grupo de 21 animais sem bipartição escrotal (GEI) e 21 com bipartição escrotal, (GEII), esta não atingindo 50% do comprimento do eixo longitudinal do escroto. Em cada grupo, em 6 animais foram coletados fragmentos da pele do escroto e em 5 do funículo espermáticos, e processados em rotina histológica e analisados em microscopia de luz; e em 10 foram injetados látex na artéria testicular para obtenção de moldes vasculares e obtenção do comprimento da artéria. Quando comparados os grupos GEI e GEII, não foram encontradas diferenças estatísticas significativas (p<0,05) entre a espessura do escroto (epiderme e derme), constituição histológica da pele escrotal, número de glândulas sudoríparas por área, comprimento do funículo espermático ou parâmetros biométricos testiculares. Entretanto, o comprimento total das artérias testiculares do GEI foi maior do que o GEII (p<0,05). Concluiu-se, com base nos parâmetros morfológicos analisados, que a bipartição escrotal em ovinos não influenciou na estrutura da pele, funículo ou biometria testicular quando comparado aos animais que não apresentavam esta característica. Outros estudos merecem atenção para desmistificar o porquê do aparecimento dessa característica em ovinos e se esta característica é ou não desejável para melhoria na produção desses animais em regiões de clima quente.


#3 - Detection of Toxoplasma gondii in the reproductive organs of rams in Brazil, 33(8):989-991

Abstract in English:

ABSTRACT.- Bezerra M.J.G., Cruz J.A.L.O., Kung E.S., Melo R.P.B., Gomes A.L.V., Moraes E.P.B.X., Pinheiro Junior J.W. & Mota R.A. 2013. [Detection of Toxoplasma gondii in the reproductive organs of rams in Brazil.] Detecção de Toxoplasma gondii em órgãos do sistema reprodutivo de carneiros no Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(8):989-991. Laboratório de Doenças Infectocontagiosas dos Animais Domésticos, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: rinaldo.mota@hotmail.com The aim of the study was to detect genomic DNA of Toxoplasma gondii in testicle and epididymis samples from rams sold in abattoirs in the state of Pernambuco, Northeast Brazil. Fifty (50) blood serum samples were collected, as well as 50 testicle and epididymis samples. Indirect Immunofluorescence (IIF) was used during screening of the rams. The Polymerase Chain Reaction (PCR) was used with animals that were positive in serology. Our results confirmed that 24% (12/50) of the rams were positive in IIF. Genomic DNA was detected in the epididymis at 8.3% (1/12) of the animals. The molecular identity of the amplified products was confirmed through sequencing. This paper reports the first occurrence of T. gondii DNA in the reproductive organs of naturally infected rams in Brazil.

Abstract in Portuguese:

RESUMO.- Bezerra M.J.G., Cruz J.A.L.O., Kung E.S., Melo R.P.B., Gomes A.L.V., Moraes E.P.B.X., Pinheiro Junior J.W. & Mota R.A. 2013. [Detection of Toxoplasma gondii in the reproductive organs of rams in Brazil.] Detecção de Toxoplasma gondii em órgãos do sistema reprodutivo de carneiros no Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira 33(8):989-991. Laboratório de Doenças Infectocontagiosas dos Animais Domésticos, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros s/n, Recife, PE 52171-900, Brazil. E-mail: rinaldo.mota@hotmail.com Objetivou-se com esse estudo detectar o DNA genômico de T. gondii em amostras de testículo e epidídimo de ovinos comercializados em abatedouros do Estado de Pernambuco Região Nordeste do Brasil. Foram coletadas 50 amostras de soro sanguíneo, 50 amostras de testículos e 50 de epidídimos. Para a triagem dos animais foi utilizada a técnica de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e posteriormente empregou-se a Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) nos animais positivos na sorologia. Observou-se 24% (12/50) dos animais positivos na RIFI e o DNA genômico foi detectado no epidídimo em 8,3% (1/12) das amostras. A identidade molecular dos produtos amplificados foi confirmada por sequenciamento. Relata-se a primeira ocorrência da presença do DNA de T. gondii em órgãos do sistema reprodutivo de carneiros naturalmente infectados no Brasil.


Colégio Brasileiro de Patologia Animal SciELO Brasil CAPES CNPQ UNB UFRRJ CFMV
-->